NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Bagueira vive dilema e Câmara pode ajudá-lo

Paulo Bagueira (SDD), secretário Executivo de Niterói e presidente da Câmara Municipal licenciado, terá uma semana agitada. Na iminência de ser convocado e ter que escolher se ocupará uma cadeira de deputado estadual da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj), Bagueira pode receber uma boa notícia de seus antigos colegas vereadores. Isto porque a Câmara de Niterói vota nesta quarta-feira (26), em segunda discussão, um Projeto de Emenda à Lei Orgânica do município que, se aprovada, fará com que seja possível que um vereador se licencie, mesmo que ocupe um cargo na Mesa Diretora do Legislativo municipal, para assumir cargos em outro âmbito Legislativo, desde que neste seja suplente, sem abrir mão de nenhum cargo já empossado.

E é exatamente esta a situação de Bagueira. O político niteroiense, que até o início deste ano era presidente da Câmara e chegou a assumir a prefeitura de Niterói enquanto Rodrigo Neves (PDT) estava preso, participou das eleições do ano passado concorrendo ao cargo de deputado estadual, ficando como segundo suplente de sua coligação. Acontece que dois deputados de sua coligação, e o primeiro suplente da mesma, estão presos. Com isto, Bagueira será convocado para o Legislativo Estadual.

Por nota, a assessoria de imprensa da Alerj informou que “ao longo desta semana, o político será convocado”. No entanto, a Casa Legislativa não soube precisar um dia para a publicação.

Uma vez convocado, Bagueira terá o prazo de 30 dias regimentais para tomar posse como deputado estadual. Se isto acontecesse sem a existência do Projeto de Emenda à Lei Orgânica de Niterói, que será votada nesta quarta na Câmara e, provavelmente, será aprovada em segunda discussão, Bagueira teria que abrir mão de seu mandato como vereador e da presidência da própria Casa Legislativa. Com a mudança na legislação, e ele precisará apenas abrir mão de sua secretaria na prefeitura.

A assessoria de Paulo Bagueira (SDD) informou à reportagem que “ao ser convocado, irá estudar suas possibilidades e tomará uma decisão”. 

Scroll To Top