Assine o fluminense

Bolsonaro diz que pretende 'varrer' a oposição

Declaração foi feita em meio a preocupação com a prévia das eleições na Argentina

Presidente Jair Messias Bolsonaro

Valter Campanato/Agência Brasil

Em visita para inaugurar uma escola em Paranaíba, no Piauí, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) declarou, na tarde desta quarta (14), que irá “varrer” a oposição nas próximas eleições. Bolsonaro também de demonstrou preocupado, mais uma vez, com a prévia das eleições na Argentina. Segundo ele, “bandidos de esquerda” estão voltando ao poder no país vizinho.

“Nas próximas eleições, vamos varrer essa turma vermelha no Brasil. Já que a Venezuela está bom, vamos mandar essa cambada para lá. Quem quiser ir um pouquinho mais para o Norte, vai até Cuba”, declarou o presidente na oportunidade.

No que diz respeito a Argentina, Bolsonaro lamentou a vitória da chapa encabeçada por Alberto Fernández e vice-liderada por Cristina Kirchner nas eleições primárias do país, por 47% a 32%, contra o atual presidente Mauricio Macri, aliado declarado de Bolsonaro. O presidente brasileiro afirmou que os argentinos estão mergulhando “no caos”.

“Olha o que está acontecendo com a Argentina agora. A Argentina está mergulhando no caos. A Argentina começa a trilhar o rumo da Venezuela porque, nas primárias, bandidos de esquerda começam a voltar ao poder”, disse Bolsonaro.

Apesar das lamentações sobre as eleições no país vizinho, Bolsonaro também destacou em discurdo o acordo entre o Mercosul e a União Europeia. Segundo ele, a quebra de barreiras é importante para a economia brasileira.

“Agora não terá mais barreira para importar as frutas produzidas no Brasil. A fruticultura aqui de Parnaíba, Piauí, será pujante”, destacou.

 
Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top