Assine o fluminense

Eleições: 2º turno em Niterói

Rodrigo Neves e Felipe Peixoto se enfrentam pela preferência do eleitor

Rodrigo Neves e Felipe Peixoto vão ao segundo turno

Foto: Divulgação

A exemplo do que aconteceu nas eleições municipais de 2012, Rodrigo Neves (PV) e Felipe Peixoto (PSB) se enfrentarão no segundo turno em Niterói. O prefeito somou 109.531 votos válidos (47,98%), contra 70.065 (30,69) de Peixoto. Em terceiro lugar ficou Flávio Serafini (Psol) com 47.069 votos (20,62%) e Dani Bornia (PSTU) com 1,6 mil votos (0,71%). O segundo turno das eleições será no dia 30 de outubro.

O prefeito Rodrigo Neves : “Eu to muito animado. Primeiro eu quero agradecer ao morador de Niterói porque, nas eleições de 2012, nós tivemos 39% dos votos e chegamos a 48% dos votos. Nosso adversário (Felipe) teve 32% e agora tem 30%, ou seja, ele caiu e a gente cresceu. Não fizemos uma campanha de agressões ou de baixaria no primeiro turno. Agora eles podem vir quentes, mas nós vamos fervendo para cima deles”, desafiou. 

Além disso, Rodrigo já sondou os eleitores de Flávio Serafini para o segundo turno.

“Eu tenho certeza de que os eleitores do Serafini são progressistas e esclarecidos, eles são conscientes. Acredito que, com as propostas que serão apresentadas e consolidadas no segundo turno, nós iremos à vitória”, prometeu Neves, que comemorou o resultado com correligionários na Rua Miguel de Frias, em Icaraí.

A poucos metros de Rodrigo, o candidato Felipe Peixoto também caminhou com seus correligionários pela Rua Miguel de Frias, em Icaraí e seguiu até a Avenida Jornalista Alberto Francisco Torres, onde comemorou o resultado do 1° turno.

“A gente sabia, andando na rua e vendo o incentivo da população. E, claro, muita insatisfação com o atual governo de Niterói. E na urna fomos representados. Metade da população da cidade não aprova e isso deu uma possibilidade de discutirmos propostas para o segundo turno. Estou muito confiante. Mesmo com  todas as limitações, mas estamos conseguindo. O povo pode esperar que terá um prefeito comprometido e que vai lutar por uma Niterói melhor”, contou Felipe.

Sobre o segundo turno, Felipe não fez projeções sobre coligações com Flávio Serafini ou Dani Bornia e preferiu ressaltar que o momento agora é de comemorar.

“Agora o momento é de festa e vamos comemorar. Nós vamos à vitória nesse segundo turno. Eu acredito que podemos chegar lá, com a nossa militância guerreira que esteve sempre nas ruas", disse o candidato do PSB.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top