Assine o fluminense

Fotos de Sérgio Gomes/Divulgação

Homenagem O presidente da Câmara de Niterói, Paulo Bagueira, ao lado da mulher, Raíssa Machado, rainha da Bateria da Unidos do Viradouro, na entrega de troféu ao cantor Mumuzinho

Marca turística  

A nova marca turística “Niterói para o mundo” será lançada hoje, em cerimônia, às 10h, no Museu de Arte Contemporânea (MAC), no Mirante da Boa Viagem. O evento contará com café da manhã de boas-vindas seguida de uma palestra sobre segurança turística e outra intitulada “Destinos Turísticos”, a ser ministrada por Luiz Barretto, ex-ministro do Turismo e ex-presidente nacional do Sebrae. A iniciativa tem como objetivo destacar as singularidades do município e é promovida pelo Sebrae em parceria com a Empresa Niteroiense de Turismo (Neltur). A marca faz parte do projeto “Turismo e suas novas formas de comercialização”.  

Deu samba na Câmara de Niterói

Uma sessão ordinária da Câmara Municipal de Niterói se dedicou, nesta semana, a reverenciar o ritmo que encanta os quatro cantos do mundo e faz o coração bater mais forte no peito: o samba. A Semana Municipal do Samba começou em Niterói com as entregas dos diplomas Personalidade do Samba e troféus Carlos Magaldi a grandes estrelas da música e do carnaval como o cantor Mumuzinho, Mestre Ciça, e a porta-bandeira Selminha Sorriso, entre outros. 

 

Mais visibilidade para atrair visitantes

Para o coordenador do Sebrae no Leste Fluminense, Leandro Marinho, Niterói preenche todos os requisitos exigidos para se manter ocupando posição de protagonismo no turismo em nível estadual: “Niterói tem o que é necessário para continuar a ser um dos principais destinos turísticos do Estado do Rio de Janeiro. Com a nova marca, queremos dar visibilidade para as belezas naturais, culturais e arquitetônicas da cidade. Atrair novos visitantes é uma forma de impulsionar nossa economia, movimentando diferentes setores, como gastronomia e hotelaria”, explica o coordenador do Sebrae.

Curtas

O Museu de Arte Contemporânea de Niterói (MAC) ficou iluminado na cor vermelha esta semana, para chamar atenção para a importância da prevenção, assistência, proteção e promoção dos direitos das pessoas que vivem com HIV/Aids. A iluminação faz parte do Dezembro Vermelho, uma campanha de prevenção às infecções sexualmente transmissíveis. 

O Instituto GAPOPS está em campanha de arrecadação de papel, lápis, régua, giz e cadernos, para 

presentear 70 crianças e adolescentes em dois projetos sociais no Largo da Batalha. O evento acontece no domingo, das 9h às 14h, no Parque da Cidade, em São Francisco.

O professor do Instituto de Letras e diretor do Departamento de Seleção Acadêmica da Uerj, Gustavo Bernardo Krause, lança amanhã, às 19h, a obra “A Lei da Metamorfose: de Ovídio a Kafka”, na Livraria Argumento, na Rua Dias Ferreira, 417, no Leblon. 


Claudia Cataldi

Só Sorriso  Selminha Sorriso, porta-bandeira da Beija-Flor, também foi homenageada na Câmara de Niterói

Petrobras

A Petrobras divulgou ontem o Plano Estratégico 2040 e o Plano de Negócios e Gestão 2019-2023. O planejamento reforça a intenção da empresa de focar no segmento de exploração e produção. Os principais projetos são relativos aos campos do pré-sal, entre eles, o de Lula, que beneficia diretamente Maricá e Niterói, sagrando os municípios como grandes receptores de royalties do Brasil. 

Firjan aprova

Os investimentos totais anunciados para os próximos cinco anos ultrapassam US$ 84 bilhões, o que totaliza cerca de R$ 324 bilhões em conversão direta. Para a Firjan, este volume de recursos tem potencial de estimular a indústria local, com a promoção de novos negócios. Para isto, as empresas precisam estar preparadas para aproveitar as oportunidades deste novo ciclo.

Ciência

O professor Tobias de Assis Ricardo, do Colégio Estadual Francisco Portella, em Natividade, no noroeste fluminense, obteve o 1º lugar, na categoria Ensino Médio, na 5ª edição do Prêmio de Educação Científica. Ele ganhou uma viagem à Inglaterra, para participar de atividades culturais, palestras e visitas a museus e instituições educacionais. 

Mais luz

Com o projeto “Fonte de luz natural e artificial e sua relação com a vida humana”, Tobias avaliou o uso de lâmpadas, telas LED, além de películas e de diferentes tipos de vidros para aproveitamento melhor da luz solar.
 
Colaborou Lucas Schuenck

Mais notícias de
Informe

Scroll To Top