Assine o fluminense
Em defesa das universidades 

Está marcado para hoje, a partir das 18h, na Cinelândia, no Centro do Rio, o ato “Em Defesa das Universidades e da Educação Pública”. A manifestação é contrária a decisão do ministro da Educação, Abraham Weintraub, que, no último dia 30, anunciou o corte de 30% dos recursos de todas as universidades e institutos federais do Brasil. Na última quarta-feira, em Niterói, cerca de cinco mil pessoas da comunidade acadêmica da UFF também ganharam as ruas. Entre as pesonalidades confirmadas no ato desta sexta estão o deputado federal Marcelo Freixo (Psol) e o ex-presidenciável Fernando Haddad.

Roubo de combustível em pauta 

O vice-presidente da Frente Parlamentar de Enfrentamento ao Roubo de Cargas da Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj), o deputado estadual Chicão Bulhões (Novo), em audiência pública sobre o roubo a dutos de combustível no Estado, afirmou que o assunto é “de extrema importância porque, além do potencial dano ambiental, existem duas questões humanas. Uma representada por acidentes como o da menina Ana Carolina, que em um episódio destes teve 80% do corpo queimado. E  a outra do cotidiano, pois ninguém aguenta mais pagar uma fortuna pela gasolina nos postos”.

CPI da Enel da Alerj visita Niterói 

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do setor de energia elétrica do estado, por meio da Comissão de Defesa do Consumidor da Alerj, vem a Niterói para fiscalizar e recolher denúncias da população no próximo dia 16 de maio, às 20h, em audiência pública que acontecerá na Câmara Municipal de Niterói. A CPI chega a pedido da vereadora Verônica Lima (PT), que recebeu diversas reclamações sobre aumentos irregulares e falta de energia. “Há moradores de comunidades que contaram que ficaram mais de 16h sem energia. A Enel precisa ter respeito com a população, algumas pessoas perderam seus eletrodomésticos”, afirma Lima.

 

 

Repasses a prefeituras do estado

O Governo do Estado do Rio depositou, nesta semana, R$ 76,8 milhões em repasses de tributos para os 92 municípios fluminenses. O depósito feito pela Secretaria de Fazenda refere-se ao montante arrecadado no período de 29 de abril a 3 de maio. Os valores correspondem à distribuição de parte da arrecadação dos tributos IPVA, ICMS, IPI e royalties às administrações municipais. Desde o início do ano, os municípios já receberam R$ 4,7 bilhões em repasses.

Curtas

Gestores, nutricionistas, membros do Centro de Alimentação Escolar (CAE), além de representantes da Agricultura Familiar e responsáveis técnicos pelas compras públicas das cidades de  Rio Bonito, Itaboraí, São Gonçalo, Tanguá e Niterói participaram de uma formação sobre o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), nesta quinta, na prefeitura de Itaboraí, organizada pelo Centro de Alimentação e Nutrição Escolar (CECANE) da Universidade Federal Fluminense (UFF). 

Luís Roberto Barroso, ministro do STF e 

do TSE, determinou o retorno do vereador Frank Costa (SDD) à sua cadeira na Câmara Municipal de Maricá após oito meses afastamento. Com a absolvição, o parlamentar reassume a vaga ocupada anteriormente pelo parlamentar Cemar.

O plenário do TSE decidiu, ontem, por unanimidade, arquivar uma ação de investigação judicial eleitoral contra o ex-candidato à Presidência da República, Fernando Haddad (PT). A abertura da ação havia sido protocolada em 2018 pelo então candidato a deputado federal Kim Kataguiri (DEM).

Com Lucas Schuenck e Pamella Souza


Desistências em compras online 

Um levantamento do Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec RJ) aponta que 93,9% dos consumidores fluminenses não finalizam o processo de compra online. Entre as principais causas desta reação está o valor do frete (51,4%), mudança de ideia (32,2%), opções de pagamento não atendidas (5,5%), cartão recusado (4,3%), condições de parcelamento (3,5%), e outros motivos (3%).


Câmara de Niterói volta à TV 

A TV Alerj voltará a retransmitir as sessões plenárias da Câmara Municipal de Niterói. Uma antena parabólica já foi instalada no pátio externo da Casa Legislativa para captar sinal e enviar à operadora Net, responsável pela retransmissão das imagens das sessões plenárias e audiências públicas. Os encontros do Legislativo niteroiense não são transmitidos por televisão desde a falência da SIM-TV e só agora retornam, com a retomada da concessão pela Net, em Niterói. Ficou decidido que o vereador Paulo Eduardo Gomes (Psol), por ser engenheiro de Telecomunicações, será o coordenador dos trabalhos que visam a aquisição de equipamentos para a TV Câmara 

 

Mais notícias de
Informe

Scroll To Top