Assine o fluminense

Foto: Divulgação

Bienal O presidente da Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro, Jorge Narciso Peres (centro), ao lado do diretor administrativo, José Claudio Ururahy (esquerda), e Nilton Nissin Rechtman, diretor financeiro

Imprensa Oficial

O Projeto Mais Leitura foi um grande destaque na 18ª Bienal Internacional do Livro do Rio. Nos 11 dias da feira literária, o programa da Imprensa Oficial do Estado do Rio de Janeiro vendeu 40.260 livros, com cerca de 1.500 títulos diferentes. Este ano, 680 mil pessoas circularam pelo Riocentro. Os preços de R$ 2 a R$ 7 e a diversidade de oferta - de obras infantis a títulos de economia e direito - atraiu uma multidão ao estande, que formava filas para entrar no espaço de 120 metros quadrados instalado no pavilhão verde. “Saímos com a sensação de dever cumprido, de contribuir para democratizar o acesso à leitura”, comemorou Jorge Narciso Peres, presidente da Imprensa Oficial.

Livros infantis são os preferidos

De acordo com Thatiana Escócio, coordenadora do Projeto Mais Leitura, os títulos infantis foram os campeões de venda, seguidos por alguns mais específicos.

Média de seis livros por clientes

Livros de Economia, Administração e Direto também saíram bastante, porque costumam ser caros. A média total do estande foi de seis livros por clientes durante a Bienal. 

Combate à xenofobia

O dia de hoje promete ficar marcado para sempre na história do combate à xenofobia no Brasil. Mohamed Ali Kenawy, o migrante sírio agredido em Copacabana, recebe o título de cidadão fluminense, no Palácio Tiradentes, a partir das 10h. O projeto de autoria do deputado estadual Wanderson Nogueira (PSOL-RJ) vai além da homenagem à Mohamed:  será a oportunidade de discutir políticas de acolhimento para migrantes e refugiados, e principalmente uma mensagem clara de amor ao próximo.

Segurança

A OAB/RJ realiza, às 10h de hoje, em sua sede, o “Fórum Nacional de Debates em Segurança Pública” com o objetivo principal de elaborar propostas construtivas para a crise do setor. A ideia ainda é oferecer uma agenda propositiva aos futuros candidatos ao governo do Rio, num projeto de debates que se estenderá até abril de 2018.  

Curtas

Lançado em agosto, durante as comemorações dos 35 anos do Centro de Artes UFF, o Sarau das Artes marca seu lugar na programação fixa do Centro de Artes UFF.  Sua segunda edição será no dia 26 de setembro, às 18h, com entrada gratuita.
.

O Senai Rio realiza, nos dias 14 e 15, palestras e oficinas gratuitas em todo o estado, para apresentar novidades do mercado de trabalho e tirar dúvidas de quem quer investir em capacitação profissional. Na Baixada 

Fluminense, o evento Mundo Senai estará nas unidades de Nova Iguaçu, Duque de Caxias e Itaguaí, que terão encontros sobre temas como eficiência energética, mecânica, automação e metalurgia.
.

Na 64ª edição do Giro Cultural o público poderá refletir sobre a lição de persistência e esperança proporcionada pela peça “A Lebre e a Tartaruga”. A peça infantil estará em cartaz na Sala de Cultura Leila Diniz no dia 16, às 12h, com entrada gratuita.


Foto: Divulgação

 Na Alerj O deputado estadual Wanderson Nogueira e o sírio Mohamed Ali, que será homenageado hoje

Prerrogativas

E ontem a OAB/RJ lançou a campanha “Prerrogativas da Advocacia, Garantia da Cidadania”, no Fórum de São Gonçalo. Em seguida, o diretor e presidente da Comissão de Prerrogativas da Seccional Fluminense, Luciano Bandeira, deu palestra na sede da subseção.

Debate no Rio

O ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, participa do painel “Desafios para o Brasil: Políticas públicas em um cenário de crise econômica”, amanhã, às 10h. O evento, organizado pelo Diretório Acadêmico da Escola Brasileira de Economia e Finanças da FGV, tem como objetivo promover o debate público aberto, pluralista e democrático sobre os desafios para o país. 

Reinserção

Seis dos dez formandos da terceira turma do Projeto Resgate da Defensoria Pública/RJ, destinado à valorização e à reinserção profissional de pessoas em situação de rua, concluíram o curso com emprego garantido pela empresa responsável pelo restaurante popular de Campo Grande, na Zona Oeste. O projeto é promovido em parceria com a Prefeitura do Rio.

Mais notícias de
Informe

Scroll To Top