Assine o fluminense

Mais empresas em abril

O número de empresas abertas no mês de abril, em comparação com o mês de março, cresceu em 7%, segundo dados do Empresômetro, empresa brasileira de inteligência de mercado. Para Otávio Amaral, empresário e diretor do entidade, este é um sinal de que o empreendedor brasileiro confia na economia. “Identificamos um ligeiro aumento de 7%, mesmo em meio a tantas polêmicas e incertezas. Foram mais de 263 mil empresas formalizadas no mês de abril”, disse.

Bom senso

O deputado estadual gonçalense Renan Ferreirinha (PSB) voltou a cobrar, nesta segunda, que a Alerj não vote a revogação da prisão dos cinco deputados presos. Cinco dias após o STF decidir que as assembleias legislativas podem decidir se as prisões são mantidas ou não, a defesa do deputado André Corrêa (DEM) pediu a revogação de sua prisão preventiva na Operação Furna da Onça, do ano passado. Ferreirinha, que após assumir cadeira na Alerj iniciou a campanha “Ou é preso ou é deputado”, afirmou que espera que “O Legislativo tenha o bom senso de manter a decisão da Justiça”.
 
 

TJ pode decidir caso Neves nesta terça

O 3º Grupo de Câmaras Criminais do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) pode decidir nesta terça-feira (14) se aceita ou não a denúncia do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) sobre prefeito de Niterói, Rodrigo Neves (PDT). Na última vez em que o conjunto de desembargadores se encontrou, foi determinada a soltura de Neves, que estava preso em Bangu 8, no Complexo de Gericinó, e sua recondução ao cargo. Ao discutirem a aceitação - ou não - da denúncia do MP, que implica Neves em desvio de verbas públicas dos transportes, dois desembargadores pediram vistas no caso. Caso retirem o pedido, o grupo poderá decidir na sessão desta terça-feira, marcada para começar ao meio-dia. 

 

 

 

 

Preparação para audiência pública

Na última sexta, o deputado estadual Flávio Serafini (Psol) e Waldeck Carneiro (PT), e os vereadores niteroienses Renatinho (Psol), Paulo Eduardo Gomes (Psol) e Leonardo Giordano (PCdoB) visitaram o Liceu Nilo Peçanha e constataram, junto da comunidade escolar, problemas estrututais na unidade, como na rede elétrica e na falta de climatização, por exemplo. A visita foi uma preparação para uma audiência pública, que acontece na próxima sexta-feira, na Câmara Municipal de Niterói, solicitada em coautoria de Renatinho e Giordano, que debaterá os problemas da unidade escolar.

 
 

Curtas

O ministro do STJ Sebastião Reis fará palestra sobre habeas corpus nos tribunais superiores, que será debatido pelo criminalista e ex-presidente do Instituto dos Advogados do Brasil Técio Lins e Silva, na quarta-feira, às 10h30, no plenário do IAB, no Centro do Rio.

Menos de 40% da população de Rio Bonito tomou a vacina contra a gripe.  A campanha de vacinação, que começou em 10 de abril e termina neste mês, tem como meta vacinar 18,4 mil pessoas mas, até o momento, apenas 7,3 

mil munícipes foram imunizados.

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, deu posse à nova secretária municipal de Urbanismo, Fernanda Tejada. Funcionária de carreira da Prefeitura, ela comandava desde 2017 a Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização Urbanística da Barra da Tijuca. Valéria Razan, subsecretária que ocupava interinamente o comando da pasta, foi nomeada vice-presidente do Conselho Rio Capital Mundial da Arquitetura.


Aumento na produção Legislativa

No último sábado, completaram cem dias da atual legislatura dos deputados estaduais na Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Neste período, comparado com a legislatura passada, os  parlamentares apresentaram cerca de 30% a mais de projetos de lei do que seus antecessores. Na legislatura passada, também nos primeiros cem dias, foram apresentadas 396 propostas, enquanto que na atual, 517 PLs já foram apreciados. O número de leis que entraram em vigor também aumentou. Em 2015, no período, foram 61 sanções e, neste ano, já somam 93. A diferença entre o número de PLs  que se tornaram leis nos dois períodos revelam um acréscimo de 52% nas duas legislaturas. 

Vereador retorna à Câmara

Após perder seus direitos políticos no último ano, o vereador Frank Costa (SDD) reassumiu sua cadeira na Câmara Municipal de Maricá nesta segunda. O anúncio, que foi feito durante a sessão ordinária de ontem, gerou comemorações dos vereadores presentes e dos populares que estavam na galeria. Em discurso de agradecimento, Costa agradeceu o apoio de todos, principalmente o de seus pais.

 

 

Mais notícias de
Informe

Scroll To Top