Assine o fluminense

Foto: Philippe Lima/Divulgação

União Cláudio Castro, Wilson Witzel e Rogério Lisboa, prefeito de Nova Iguaçu.
 
 

Rio arrecada mais 

O governador Wilson Witzel (PSC) participou, na última semana, de uma reunião com secretários no município de Nova Iguaçu. No encontro, que acontece em uma cidade diferente periodicamente, o governador anunciou que houve aumento na arrecadação do estado em comparação com o ano passado. Witzel, entretanto, reforçou que a crise financeira do Rio ainda é preocupante. “Pela manhã, apresentamos um balanço da situação financeira do estado. Já estamos conseguindo arrecadar mais que no ano passado. Evidentemente que a crise financeira ainda é grande, mas está sendo vencida gradativamente pela gestão eficiente do nosso secretariado e da Secretaria de Fazenda”, afirmou o governador. Segundo o secretário de Fazenda, Luíz Claudio Rodrigues, foram arrecadados a mais aproximadamente R$ 1,3 bi, em receitas tributárias.

 

‘Empoderadas’

Também nesta semana, cerca de 40 alunas participaram da aula inaugural do projeto Empoderadas, no Centro de Referência da Juventude, em Manguinhos, no Rio. O programa foi desenvolvido pela Secretaria de Estado de Esporte, Lazer e Juventude como forma de combater e evitar as agressões sofridas por mulheres, tendo como pilar a independência, a segurança e o esporte.

 

Empresários otimistas

Uma pesquisa realizada pelo Instituto Fecomércio de Pesquisas e Análises (IFec/RJ) aponta otimismo entre os empresários fluminenses para os cenários econômicos do país e do estado nos próximos três meses e preocupação no curto prazo, com queda na confiança para o mês de maio.

STF agradece Sintronac/RJ

Na última semana, o ministro Dias Toffoli, presidente do STF, enviou uma carta de agradecimento a Rubens  dos Santos Oliveira, presidente do Sintronac/RJ, pelo “Manifesto em Apoio ao STF apresentado em sessão solene no último dia 3”. O evento aconteceu na própria Suprema Corte.

 
 

Curtas

Os concursos públicos para cargos da Secretaria de Estado de Segurança Pública, em especial para os postos na polícia civil, devem ter questões sobre a Lei Maria da Penha - Lei Federal 11.340/06. A determinação é do projeto de lei 3.370/17, da deputada Enfermeira Rejane (PCdoB), que a Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou, na última semana, em primeira discussão.

A Light passará por sabatina

na terça, na Alerj. A Comissão de Minas e Energia realiza, em parceria com a CPI da Energia  Elétrica, audiência pública com a empresa.

A Companhia Brasileira de Bebidas Premium, dona da marca de cerveja Proibida, terá de indenizar a CBF e a Ambev pelo uso de uma imitação do uniforme da seleção em campanha estrelada por Neymar, antes da Copa de 2018. A decisão é  da 17ª Câmara Cível do TJ-RJ.


Foto: Divulgação Dpge/Adperj

Encontro O defensor André Castro, a presidente da Associação dos Defensores RJ, Juliana Lintz, o senador Arolde Oliveira e o defensor público-geral/RJ, Rodrigo Pacheco.

Perseguição ao ativismo

O vereador Paulo Eduardo Gomes (Psol) saiu em defesa dos professores da UFF na Câmara, denunciando o corte do desconto sindical em folha dos filiados à Associação dos Docentes.  Mesmo com liminar favorável ao sindicato, emitida pelo juiz William Douglas, da 4ª Vara Federal, em Niterói, que assegura consignação voluntária em folha, o Governo Federal deixou a entidade sem o repasse mensal, pago por trabalhadores que se sindicalizaram voluntariamente.

 

Defensoria recebe senadores

A Defensoria Pública-Geral/RJ e a associação da classe estão articuladas com as entidades nacionais Anadep e do Condege para acompanharem, em Brasília, os debates da reforma da previdência, sobre modificações que poderão afetar a atuação da instituição. Neste sentido, o órgão recebeu, na última semana, os senadores Arolde de Oliveira (PSD), Flávio Bolsonaro (PSL) e Romário Faria (Pode) para sensibilizá-los sobre as postulações da defensoria nacional.

Mais notícias de
Informe

Scroll To Top