Assine o fluminense

Belas e fortes

Novos tecidos e maquiagens permitem que você vá à academia sem abrir mão da beleza e bem-estar

Camila Soares treina há sete anos e acredita que a prática fica mais convidativa quando está com uma roupa bonita e apropriada

Foto: Lucas Benevides

O crescimento do mundo fitness é cada vez mais perceptível, basta uma aula experimental para conhecer o que tem mais a ver com a personalidade de cada pessoa. Mas sempre surge algo que “esfria” a rotina do treino. Junto com o desenvolvimento desse mercado, surgiu a “moda fitness”, um setor de vestuário específico para a prática de exercício físico composto por uma série de modelos e marcas. A motivação para treinar pode vir da escolha do look de malhação, já que é possível manter a elegância na hora do exercício. 

A secretária Camila Soares, de 23 anos, treina há sete e acredita que o treino fica mais convidativo quando está com uma roupa bonita e arrumada. 

“Malhar com um look bonito e moderno influencia em muito na minha autoestima. Quando compro os meus looks, procuro por roupas bonitas, com estampas legais, e associo uma coisa com a outra, não abro mão de combinar as peças. Já chego em casa no fim do dia e separo a roupa para treinar do dia seguinte”, revela Camila.

Assim como Camila, a estudante de Direito Rebeca Marconcini, de 21 anos, considera que se arrumar para o treino é questão de autoestima. 

“Percebo que tenho um melhor desempenho quando vou malhar com uma roupa bonita, não tenho dúvida. Minha autoestima fica lá em cima! Olhar no espelho e se ver linda é motivador para continuar o treino. Gosto de unir o conforto com a beleza, pois treinar com roupas que têm um material não muito flexível causa desconforto”, explica. 

Rebeca Marconcini não abre mão da base, do rímel e de um batom para ir à academia

Foto: Divulgação

É importante destacar que o uso de roupas confortáveis é primordial para que a sequência de exercícios continue sem causar incômodo. Por isso, é aconselhável a utilização do tecido trend, que facilita a flexibilidade do corpo e o desenvolvimento muscular, o bystep, que tem 88% de poliamida e 12% de elastano, não “pinica” a pele, favorece a transpiração e tem ação antibacteriana, o algodão, com alto nível de absorção do suor, o Dry Fit, que tem a capacidade de tirar a umidade do corpo e transportá-lo para fora do tecido, e o tactel, tecido que não retém o suor e seca rapidamente quando exposto ao sol. 

Para a consultora de moda Evelyn Bonorino, é necessário, antes da compra, procurar saber o tecido que se adequa melhor com o exercício físico que será realizado para que se obtenha uma melhor performance. 

“A legging é perfeita para quem opta em fazer o crossfit, pois tem atividades variadas, então é cabível usá-las. Se for um exercício de impacto, o ideal é um de compressão. Já para quem vai fazer corrida é recomendável um tecido térmico. Pode usar também bermuda mais leve por dentro com um short por cima, pra dar uma bossa, fazer um charme. Hoje, o varejo através das tags (etiquetas que informam aos consumidores sobre as especificidades de cada peça) já faz indicação de uso, assim como nos calçados esportivos”, aconselha Evelyn.

Rebeca é adepta da musculação e escolhe seus looks com o objetivo de valorizar o seu físico. 

“A peça da parte de baixo tem que sempre valorizar as pernocas e o bumbum que tanto suamos para conquistar. O top tem que ter bojo para deixar o peitodurinho e bonito. Não abro mão de um short de lycra e um top descolado”, admite Rebeca. 

O elegante é se sentir confortável. Essa afirmação é unânime entre os alunos e os especialistas. O equilíbrio entre o bem-estar e o conforto é a chave do sucesso para um look certeiro.

Além da make apropriada, o mercado fitness disponibiliza diferentes tecidos apropriados à prática esportiva

Foto: Divulgação

“O grande erro na hora de montar o look é usar uma peça desconfortável, tanto muito apertada, quanto muito larga. Transparência e poliéster, nem pensar! Elegância é sinônimo de adequação. Se você usa uma roupa adequada ao seu tipo físico e ao pré-requisito do esporte em si, aposto que a chance de ficar elegante será bem alta”, afirma a consultora de moda.

Há também as mulheres que não abrem mão da maquiagem na hora do treino. Para elas, é recomendável o uso da maquiagem à prova d’água – desenvolvida para suportar altas temperaturas– para evitar o “efeito panda” na hora do suor. 

“Acho que uma base, um rímel e um batom está de bom tamanho”, declara Rebeca.

Mas é preciso ter cautela. Os dermatologistas recomendam o rosto limpo, livre de base, pó, corretivo, blush e iluminador, para que a pele respire. 

“Acho um exagero usar maquiagem muito pesada para malhar, acaba atrapalhando. Eu só não dispenso o uso de perfume e cremes”, conta Camila. 

Atleta de fisiculturismo, Rebeca é vice-campeã Mister Campos 2015 e adota a filosofia de unir saúde da mente com o bem-estar físico.

“É importante se olhar no espelho e ver a pessoa incrível que somos. Você consegue ser o que você quiser, acredite no seu potencial, em você, pois todos nós somos capazes de nos superar a cada dia! Se olhe no espelho, coloca um perfume e uma roupa legal com que você se sinta bem, arruma o cabelo e vai sentir o hormônio da felicidade exalando quando sentir o exercício fazendo efeito”, aconselha.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top