Assine o fluminense

Cuidados pós-verão

Quando os dias quentes ficarem para trás, é hora de tratar dos cabelos danificados na estação

Depois da estação, os cabelos costumam ficar ressecados e quebradiços devido à grande exposição ao sol, ao mar e ao cloro da piscina. O excesso de lavagem também prejudica o couro cabeludo

Foto: Pixabay

Os cabelos precisam de cuidado durante todo o ano, mas é no verão que os fios precisam de mais atenção. Depois da estação, os cabelos costumam ficar ressecados e quebradiços devido à grande exposição ao sol, ao mar e ao cloro da piscina. O excesso de lavagem também prejudica o couro cabeludo, ao ponto de poder resultar em uma descamação. Se você reparou que seu cabelo está com aspecto de opaco e ressecado, é bom tomar cuidado e começar a dedicar um tempo a mais aos seus cabelos. 

Quando o cabelo está ressecado, ele tem mais dificuldade de produzir a oleosidade necessária. São muitos os efeitos que o cabelo pode sofrer no verão, por isso, fique atento e cuide do seu cabelo. 

“A exposição solar e os raios UVA atingem tanto a matriz capilar, diminuindo a retenção de água dentro do fio, como destroem também os aminoácidos imprescindíveis para o córtex capilar, que é o que mantém o fio compacto, sedoso e sem porosidade. Consequentemente, os fios ficam cada vez mais quebradiços, opacos, porosos e desidratados. É o desespero de toda mulher! Basta chegar ao fim do verão e os cabelos já não são mais os mesmos. Eles perderam o brilho, têm o dobro de pontas duplas e aparentam não ter mais vida. Felizmente, esses danos podem ser revertidos, e, quanto antes esses cuidados começarem, mais rapidamente a saúde do cabelo pode ser recuperada”, conta a hairstylist Iasmin Almeida. 

Quando o cabelo está ressecado, ele tem mais dificuldade de produzir a oleosidade necessária

Foto: Divulgação

Quem frequentou a piscina algumas vezes no verão, e pensa que seu cabelo não ficou tão prejudicado quanto quem foi à praia, se engana. O cloro é o maior vilão dos cabelos porque, além de penetrar nos fios do cabelo, acaba queimando a fibra capilar. Então, se você curtiu a piscina algumas vezes, precisa mais do que nunca tratar o seu cabelo. 

Para recuperar o cabelo não é difícil. A hidratação é a melhor amiga nesse momento. Para tratar, o ideal é começar a usar produtos específicos para o verão. Eles contêm, em sua maioria, ingredientes hidratantes e protetor solar para os fios, que ajudam a evitar mais danos. Quem usa cabelo liso deve investir em termoprotetores, que diminuem os efeitos negativos de secadores, chapinhas e babyliss.
 
O ideal é investir em hidratações em casa a cada 20 ou 30 dias e usar xampu antirresíduos a cada 15 dias porque o produto faz uma limpeza profunda nas escamas dos fios. Mas é importante não abusar do xampu antirresíduo. Ele tem ação detergente muito forte, que pode ressecar ainda mais o cabelo já sensibilizado ou causar o chamado “efeito rebote”, quando a pele entende que falta óleo e então passa a produzir mais oleosidade. O óleo de coco é um poderoso hidratante, inclusive para o cabelo. Ele pode hidratar até mesmo os fios mais ressecados por conta da exposição ao sol ou tinturas, desde que usado de uma maneira otimizada, sem exageros. Deve-se passar nas pontas antes de dormir. Mas é importante retirar o produto dos fios no dia seguinte. É importante nunca passar óleo de coco e, em seguida, usar chapinha ou secador sem retirá-lo do cabelo antes. Nos salões de beleza, existem opções de tratamento mais turbinadas, como o botox capilar, a queratinização e a reconstrução dos fios. 

“É importante também tratar de acordo com cada tipo de cabelo. Os cabelos com química, como tintura e alisamento, já fragilizados ficam quebradiços e ressecados e precisam de produtos específicos. O ideal é aliar tratamentos de salão de beleza com xampu e condicionador para cabelos quimicamente tratados. Já os cabelos loiros, além de danificados, podem ficar esverdeados pela ação do cloro. Para evitar é simples, ao sair da piscina, enxágue o cabelo com água doce”, explica o cabeleireiro Thadeu Cezário, que completa que a proteção dos fios deve continuar durante todo o ano, com uso de produtos e de bonés ou chapéus para proteger o cabelo e o couro cabeludo da exposição excessiva ao sol.

“Será bom se encontrar um bom hidratante para o cabelo, um que fará uma hidratação profunda e que a pessoa precise. Existem alguns produtos que vão ajudar nesse momento, como, por exemplo, os produtos à base de queratina ou D-pantenol, que hidratam bastante o cabelo e ainda suavizam os danos. Assim ele chega ao próximo verão lindo, hidratado e saudável”, conclui o profissional. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top