Assine o fluminense
Mão na Massa

O chef Romeu Valadares apresenta as novidades do mundo gastronômico e dicas sobre pratos saborosos e cheios de detalhes curiosos

Lapin a la Moutard

Coelho com mostarda

Foto: Colaboração Romeu Valadares

Coelho com mostarda 

O tema do consumo de carne animal é delicado, envolve defesas de parte a parte, cada um desfiando sua lista de benefícios e prejuízos na seara nutricional. As paixões também afloram e levam ao embate que não raramente descamba para a intolerância, para não dizer, barraco mesmo. Estou fora dessa discussão, não vou viajar na cultura de outras civilizações que comem bichos com os quais, nós, do ocidente nos afeiçoamos. Vivi em cozinhas profissionais uma parte da minha vida, e continuo me considerando um cozinheiro que escreve e um estudioso do vinho. Parece que vou pedir desculpas, mas como coelho e adoro! Compreendo o encanto das crianças com os bichos, mas para mim as rãs não são menos dignas e suas coxinhas andam por aí, em embalagens congeladas e muitas vezes recomendadas por médicos e nutricionistas, sem que se perceba muita comoção com o flagelo das saltitantes!

Coelho com mostarda dijon 

Como disse, não é o caso de desfiar uma lista de benefícios do consumo da carne de coelho, mas existem dois pontos de menção obrigatória: a ausência de gordura, uma carne pura, própria para ensopados e o que a maioria das pessoas não sabe, sua absorção pelo intestino alcança incríveis 96%, o que evita o nefasto acúmulo de resíduos, tão nocivo no caso da carne bovina por exemplo. Deixe o coelho temperado com sal, pimenta-do-reino, um copo de vinho branco e duas colheres de sopa de mostarda de Dijon. No dia seguinte retire os pedaços da marinada, passe por farinha de trigo. Doure os pedaços numa panela com uma colher de banha de porco ou azeite, coloque a marinada na panela, mais um copo de vinho branco e cubra com caldo de legumes. Cozinhe em fogo baixo até reduzir e encorpar o molho. Sirva com batatas doces cozidas e salteadas com ervas secas. Para beber, um branco encorpado com passagem em madeira fica muito bem por aqui, mas se você for fã de cogumelos como eu e colocar uns salteados na panela, um tinto leve, como um pinot noir passa a ser uma bela opção! 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Mais notícias de Mão Na Massa

Scroll To Top