Assine o fluminense

Longe do barulho

Niterói e Rio têm praias que são um convite ao sossego, longe das multidões

A Praia do Sossego, entre Camboinhas e Piratininga.

Foto: Divulgação

Por André Bernardo

Considerado um dos destinos mais procurados do mundo, o Rio de Janeiro, e também Niterói, comprova esse título oferecendo ao viajante uma extensa opção de atrações. Museus, casas noturnas, bares e monumentos históricos fazem parte da identidade do Estado. No entanto, o que orgulha mesmo os moradores são as belezas naturais: praias, montanhas, lagoas e florestas em plena agitação urbana. As praias do Rio de Janeiro são mesmo únicas e encantadoras, tanto que viraram tema de música inúmeras vezes. Mas existem outras praias maravilhosas, bem menos populares, e que podem ser exaltadas da mesma forma. São áreas mais isoladas, selvagens, ideais para quem procura fugir das praias lotadas.

A empresária Bruna Catojo é uma típica carioca que ama os dias ensolarados e que sempre aproveita para ir a uma dessas praias mais calmas.

“Sou de Ipanema, mas, como trabalho em Niterói, no fim do expediente, ainda mais agora com o horário de verão, dou uma passada por Itacoatiara ou na Prainha, que é mais tranquila, dá pra distrair a mente e esquecer os problemas que possam surgir no dia. No fim de semana, gosto de ir na praia do Secreto, de águas tranquilas”, conta.

A famosa Prainha, no Rio, paraíso dos surfistas

Foto: Divulgação

Em algumas dessas praias não é tão simples chegar. Às vezes, é preciso pegar uma trilha que exige um pouco de cuidado. No caso da praia do Secreto, por exemplo, a trilha passa por uma parte de mata e, depois, chega em um paredão com cerca de 15 metros de altura e um pouco íngreme. Nada que impeça de visitar, mas é necessário ter cuidado e atenção. A entrada da trilha não é sinalizada e existem pelo menos dois pontos de início. A melhor ideia é fazer a trilha de pés descalços ou com um calçado que não escorregue.

Abaixo, algumas praias paradisíacas, em Niterói e no Rio, para você aproveitar nesse verão: 

Praia do Secreto 

Descoberta há pouquíssimo tempo, pode até não ser considerada uma praia como as tradicionais. Situada entre a praia da Macumba e a Prainha, na Zona Oeste do Rio, é uma pequena faixa de areia de apenas 12 metros de extensão e uma área cercada por rochas que impedem a passagem das ondas. O resultado é a formação de pequenas piscinas naturais muito rasas, ideais para sentar e relaxar. No entanto, seu acesso não é muito fácil; os banhistas devem descer um paredão rochoso muito íngreme de aproximadamente 15 metros de altura. 

A Prainha de Itacoatiara é muito frequentada por famílias com crianças. Suas águas são calminhas e seguras

Foto: Divulgação

Prainha do Rio de Janeiro

A Prainha é bem próxima a bairros mais urbanizados. Fica ao lado da Praia da Macumba, no Recreio dos Bandeirantes e, por estar em uma Área de Proteção Ambiental, conservou grande parte de sua característica original. É muito procurada por surfistas, por conta das boas ondas e águas límpidas. 

Grumari

Bem próxima à Prainha, Grumari é outra boa pedida para quem deseja uma praia mais isolada, sem encarar grandes aventuras. Também fica em uma área de proteção ambiental e reserva grande parte de sua característica selvagem: é repleta de costões rochosos e muito verde. São cerca de 2,5 quilômetros de extensão com um mar cristalino e areias brancas. 

Prainha de Itacoatiara

Com areias fofas e brancas, a Prainha é uma extensão da praia de Itacoatiara, em Niterói. A prainha é muito frequentada por famílias com crianças, por causa de um paredão de pedras que cria uma linda piscina, segura para os filhos. A grande pedra, conhecida como pedra do Pampo, impede que a agitação das ondas atrapalhe a diversão dos banhistas.

Praia do Sossego

Situada entre as praias de Piratininga e de Camboinhas, é pouco frequentada devido a sua dificuldade de acesso, feito por Camboinhas por meio de uma estrada pavimentada, mas é preciso descer uma trilha de terra para se chegar. Com uma vegetação litorânea preservada e cravada entre morros, esta praia revela um local de extremo sossego, daí a origem de seu nome. 

 
 
Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Scroll To Top