NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Hospital da Posse é habilitado para alta complexidade cardíaca

O Hospital Geral de Nova Iguaçu, conhecido como Hospital da Posse, na Baixada Fluminense, foi habilitado pelo Ministério da Saúde como unidade de assistência em alta complexidade cardiovascular. Junto com a medida, a pasta liberou mais de R$ 1 milhão para atenção a pessoas com doenças do sistema cardiovascular, como insuficiência cardíaca, arritmias e infarto agudo do miocárdio.

Conforme portaria do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o Fundo Nacional de Saúde adotará as medidas necessárias para a transferência regular e automática do montante estabelecido ao Fundo Municipal de Saúde de Nova Iguaçu, em parcelas mensais, mediante processo autorizativo encaminhado pela Secretaria de Atenção às Saúde. Os recursos sairão do orçamento do Ministério da Saúde.

Para o ministro Mandetta, a habilitação do hospital como unidade de assistência em alta complexidade cardiovascular vai expandir a capacidade de atendimento do Hospital da Posse, que é uma unidade com forte procura na região inclusive de pacientes de outros municípios próximos.

“É um hospital muito estratégico, em uma região de alta densidade pega toda a região. Não tem a ver com o trabalho nos hospitais federais [Ação Integrada de Apoio à Gestão dos Hospitais Federais do Rio de Janeiro], mas a gente vem para tentar colaborar com o Rio de Janeiro no momento em que a gente vê que precisa estar o governo federal mais forte”, afirmou o ministro.

Scroll To Top