Assine o fluminense

Lagoa de Piratininga volta a apresentar problemas

Uma das seis comportas do túnel extravasor que liga ao mar está quebrada

Especialistas divergem sobre possíveis soluções definitivas para o sistema lagunar, mas entram em consenso sobre a urgência de acabar com o depósito de esgoto

Foto: Evelen Gouvêa

Além da poluição, moradores do entorno da Lagoa de Piratininga possuem mais uma preocupação. Uma das seis comportas do túnel extravasor que liga a lagoa ao mar está quebrada, ficando permanentemente aberta. Com o sistema lagunar prejudicado, boa parte da água está retornando para o mar e o nível da lagoa está cada vez mais baixo.

Renan Lacerda, diretor da Associação de Moradores e Amigos do Jardim Imbuí (AMJI), afirma que já faz reclamações sobre a manutenção do local há cerca de três anos, mas, ainda assim, o problema não foi solucionado. Ele alega que o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) vistoriou a lagoa há aproximadamente 10 dias, porém, se limitando a agendar uma reunião.

“Todo o gradil de proteção da comporta está destruído pela maresia. Já fiz várias reclamações ao Inea e até agora nada. Essa comporta já apresenta problemas há uns seis meses. No final de fevereiro, um morador fez um remendo e conseguiu interromper o retorno da água para o mar, mas foi só uma solução precária para evitar o pior”, denunciou.

O funcionamento inadequado das comportas, localizadas na região do Timbau, também está incomodando moradores. “Devido à maré baixa, a água já está pela metade em alguns pontos. Se o Inea não solucionar o problema de vez, a comporta vai romper de novo”, disse Eurípedes Tavares, de 61 anos.

Para o zoólogo Rafael Pontes, o problema pode causar danos aos animais e à vegetação local. “A redução no nível da lagoa pode causar morte de peixes, que dependem de troca constante de oxigênio. Outro problema é a eutrofização, causada pela descarga de esgoto in natura. Com a redução do nível do espelho da água, ocorre uma alteração na umidade das margens, que traz efeitos negativos para a vegetação”, explicou.

Procurado, o Inea informou que não há previsão para a retomada das obras de desassoreamento da lagoa em função da crise financeira. Sobre as comportas, o órgão disse que realizou uma vistoria no último dia 23. O Inea ainda se reunirá com a prefeitura de Niterói no próximo dia 20 para buscar soluções. 

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

ricardo
Como somos incompetentes. Em qualquer país com um povo melhor, uma região bela como essa de Piratininga já estaria gerando recursos para o município e para o estado.
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

RUBIRACI BATISTA DA SILVA
Infelizmente o pior sempre acontece. Políticos sem amor para o povo, pensando apenas em se manterem em seus cargos. Lembro deste nosso atual prefeito, com uma multidão de cabos eleitorais dando um abraço na Lagoa e prometendo obras para melhoras. Lembro do nosso Grael, dando entrevistas na beira da Lagoa e prometendo, inclusive aos moradores presentes, que faria todo o empenho para melhoras. Reeleitos, após eleições, deram uma banana para todos nós que, bestamente, acreditamos neles. BANDIDOS É O QUE SÃO
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

alex teixeira
Será que a prefeitura poderia mais uma vez ajudar ao falido estado do Rio de Janeiro? Não dá para assumir todas as despesas do Estado.....mas se puderem vale o investimento.
Vote up!
Vote down!

: 0

You voted ‘up’

Scroll To Top