Assine o fluminense

Dos fios à autoestima

Conheça a ‘Terapia Capilar’, tratamento que promete recuperar cabelos em queda e danificados, trazendo não só saúde aos fios, mas confiança de suas adeptas

A Terapia Capilar é conjunto de tratamentos personalizados que buscam o fortalecimento e a saúde do couro cabeludo

divulgação

Todo mundo ama cuidar dos cabelos, né?! Seja aderindo de novas técnicas de finalização, mudando o corte seguindo as tendências do momento, ou se arriscando em mudar a cor natural para alguma que você sempre quis e sonhou. Porém, a falta de cuidados nas mudanças, exagero de químicas e procedimentos, ou até mesmo por problemas genéticos, podem tirar a saúde e beleza dos cabelos.

Motivada por essas questões que afetam a autoestima das mulheres, a tricologista Ana Paula Silva criou a Terapia Capilar, um cronograma de tratamentos personalizados que buscam o fortalecimento e a saúde do couro cabeludo, resultando inclusive na melhora da autoestima de muitas pessoas.

"Nosso público são mulheres que chegam com os cabelos bastante danificados e que não crescem mais por conta de vários motivos, como processos químicos e problemas genéticos. Para cada tipo de problema, a gente tem um tipo de terapia capilar, que é descoberto através de avaliações. Entre os procedimentos que podem compor o programa, estão: hidratação, reconstrução, nutrição e cauterização. Todos indicados de acordo com o grau de fragilidade apresentado pelos cabelos", explica a especialista.

Segundo Ana Paula, que também é fundadora do Centro de Alongamento Capelli Divine, até 95% das pessoas que decidem optar pelo alongamento capilar sofrem com cabelos frágeis, quebradiços, em processo de afinamento por exposição a processos químicos, com queda severa e, até mesmo, com sinais de calvície. Quando optam por melhorar a aparência dos fios com as extensões, muitas vezes não tem consciência da necessidade e importância da reparação de danos nos cabelos para a saúde dos mesmos, obtendo posteriormente maior sucesso com a mudança desejada.

Após as etapas de hidratação, reconstrução, nutrição e cauterização, é iniciada a etapa de limpeza profunda

divulgação

Logo após as etapas de hidratação, reconstrução, nutrição e cauterização, é iniciada a etapa de limpeza profunda, que tem como objetivo, estimular a corrente sanguínea e os folículos do couro cabeludo, utilizando um shampoo especial que faz uma espécie de detox, para que os tratamentos tenham um melhor resultado.

“Existem pessoas que apresentam problemas capilares por alterações hormonais ou problemas de saúde e nestes casos, é fundamental consultar um médico. Mas em paralelo, os tratamentos envolvidos na Terapia Capilar podem ser associados ao uso de medicamentos ou procedimentos dermatológicos, contribuindo para a manutenção e fortalecimento dos fios, sem nenhuma contraindicação”, revela Ana Paula, que ainda aponta erros nos cuidados dos cabelos e ainda dá dicas básicas para cuidados básicos: “A Terapia Capilar é um trabalho em parceria, ou seja, as pacientes devem começar ou deixar de fazer uma série de coisas que costumavam fazer, como o simples fato de pentear e escovar os cabelos de forma errada. Tem pessoas que tem o hábito de desembaraçar os cabelos debaixo do chuveiro, que é uma coisa muito prejudicial para quem já está em processo de queda. Quando você penteia ou escova os cabelos com jatos de água na cabeça, o bulbo capilar fica aberto e os fios soltam facilmente da cabeça. Outro erro é desembaraça-los da raiz às pontas, sobretudo com força. Deve-se desembaraçar os cabelos começando pelas pontas, subindo pelo comprimento gentilmente até chegar na raiz. E para mantê-los soltos e sem nós, quando for dormir, faça um coque frouxo ou uma trança também frouxa, sem a utilização de elásticos ou presilhas. Caso queira deixá-los soltos, separe-os em um único lado do travesseiro para não embaraçar”, conclui.

Faça seu login ou cadastre-se para enviar seus comentários

Comentários

Veja também

Scroll To Top