22
Ter, Set

STJ nega recurso de Flávio Bolsonaro para interrupção de investigação sobre 'rachadinha'

A decisão foi assinada pelo ministro Felix Fischer - Foto: Fabio Rodrigues Pozzebon/EBC

Nacional
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Foi negado recurso da defesa do senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) para que fossem paralisadas as investigações sobre um possível esqueva de "rachadinha" em seu gabinete, na época em que era deputado estadual.

A decisão foi assinada pelo ministro Felix Fischer, do Supermo Tribunal de Justiça (STJ). O senador é investigado por suspeita de organização criminosa, lavagem de dinheiro e peculato.

A defesa alegou que teriasido feita quebra de sigilos fiscal e bancário por parte do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf). No entanto, o Ministério Público (MPRJ) contestou a alegação.

Agora, ambos os órgãos deverão apresentar amnifestação ao STJ para que o pedido da defesa seja julgado, o que ainda não possui data definida.