20
Ter, Out

Morre, aos 63 anos, o jornalista e escritor Gilberto Dimenstein

Jornalista morreu devido a complicações do câncer no pâncreas - Foto: Reprodução/Google

Nacional
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Morreu na manhã desta sexta-feira (29) o jornalista e escritor Gilberto Dimenstein, aos 63 anos, em São Paulo. Fundador do site Catraca Livre e autor de mais de 10 livros, Dimenstein veio à óbito por complicações do câncer.

O jornalista lutava desde 2019 contra um câncer que começou no pâncreas e teve metástase para o fígado.

O enterro deve acontecer no domingo (31), no Butantã, bairro da Zona Oeste de São Paulo.

Paulistano e de origem judaica, Gilberto Dimenstein se formou em jornalismo na Faculdade Cásper Líbero, na capital paulista. Seu início na profissão foi em 1977, na revista Shalon, da Comunidade Judaica do Brasil.

Dimenstein ganhou dois Prêmios Esso de Jornalismo, em 1988, na categoria Principal, com a reportagem "A Lista da Fisiologia", e, no ano seguinte, na categoria Informação Política, com "O Grande Golpe", ambas publicadas pela Folha de S. Paulo.