28
Qua, Out

Panorama RJ: Witzel quer Moro no Estado do Rio

Após racha entre Sergio Moro e Jair Bolsonaro, Wilson Witzel convida ex-ministro para integrar sua equipe/ Crédito: Reprodução

Cidades
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Ficar desempregado pode não ser uma preocupação para o ex-ministro da Justiça, Sergio Moro. Isto porque, logo após o rompimento do ex-magistrado com o governo de Jair Bolsonaro, o governador Wilson Witzel não perdeu tempo e fez, publicamente, convite para que Moro integre sua equipe no Executivo Fluminense.

"Assisto com tristeza ao pedido de demissão do meu ex-colega, o juíz federal Sergio Moro, cujos princípios adotamos em nossa vida profissional com uma missão: o combate ao crime. Ficaria honrado com sua presença em meu governo porque aqui, vossa Excelência, tem carta branca, sempre", disse Witzel, em seu perfil oficial em uma rede social.

Ainda não há nenhuma indicação de que Moro aceitará o convite. No entanto, o ex-ministro e o governador têm muito em comum. 

Os dois abandonaram a magistratura para ocupar cargos eletivos. Para além disso, ambos foram profundos entusiastas do então candidato Jair Bolsonaro, em 2018, quando colaboraram diretamente para sua eleição.

Moro, inclusive, contribuiu para que Bolsonaro fosse eleito, retirando qualquer possibilidade do ex-presidente Lula - que liderava as pesquisas de votos à época - concorrer ao pleito, mantendo-o em cárcere em Curitiba, por meio da Operação Lava Jato. 

Agora, na mais recente das similaridades, ambos figuram na lista de inimigos do Palácio do Planalto.

 

Magistrados alvos de busca

O MP-RJ e a Corregedoria-Geral do TJ realizaram, nesta sexta (24), a Operação Erga Omnes, para cumprir 22 mandatos de busca e apreensão na residência de dois juízes estaduais e em mais 19 endereços, entre residências, empresas e escritórios de advocacia, envolvendo outros 16 alvos. Os mandados de busca foram deferidos em procedimentos investigatórios sigilosos em curso no Órgão Especial do Tribunal de Justiça, que objetivam apurar a prática de delitos atribuídos aos magistrados.

 

Estado do Rio repassa recursos

O Governo do Estado do Rio repassou, nesta semana, R$ 402 milhões para os 92 municípios fluminenses. O depósito feito pela Secretaria de Fazenda refere-se ao montante arrecadado no período de 13 a 17 de abril. Os valores correspondem à distribuição de parte da arrecadação de royalties do petróleo e dos tributos IPVA e ICMS às administrações municipais.

R$ 4,42 bi no total

O total depositado no mês de abril foi de R$ 569 milhões. Desde o início deste ano, ao adicionar as cotas-parte e os repasses relacionados às transferências federais e à receita diretamente arrecadada pelo Estado, os municípios receberam um total de R$ 4,42 bilhões.

Valores semanais

Os valores semanais transferidos aos municípios fluminenses variam em função dos prazos fixados na legislação vigente. As variações destes depósitos oscilam conforme o calendário mensal, os prazos de recolhimento tributário e o volume dos recursos arrecadados. A agenda de recolhimento está concentrada no dia 10 de cada mês.

 

Atendimento psicológico

Tramita na Alerj o PL 2251/2020, que pode ampliar o atendimento psicológico às vítimas de depressão durante a pandemia do novo coronavírus. A proposta, do deputado Capitão Paulo Teixeira (Republicanos), autoriza a contratação emergencial temporária de psiquiatras, psicólogos, assistentes sociais e de terapeutas ocupacionais. A CCJ já deu parecer favorável e o projeto deve entrar em votação na próxima semana

Transtornos

"Isolamento social, mudança de rotina, medo, incerteza, perdas financeiras e de vidas. A pandemia tem provocado transtornos em algumas pessoas, que precisam de ajuda para superar esse momento", afirma o autor do PL.

 

CRCRJ com canal aberto

O Conselho Regional de Contabilidade do Rio de Janeiro (CRC-RJ) disponibilizou, nesta semana, um canal gratuito e aberto para tirar dúvidas dos beneficiários do auxílio emergencial e orientar usuários durante o preenchimento do cadastro. Para atendimento, o público pode entrar em contato por meio do e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou ainda pelo WhatsApp nos números (21) 99997-9053, (211) 98623-5969, (21) 99568-5403, (21) 97951-3565 ou (21) 98398-2793.

 

Cestas básicas em Petrópolis

Ao todo, 612 cestas básicas já foram entregues a famílias em vulnerabilidade social por meio da campanha "Petrópolis no combate ao coronavírus. Seja Solidário". E os pontos de coleta - que estão em mercados, farmácias e petshops - continuam funcionando para que mais pessoas sejam beneficiadas. Os pontos recebem alimentos, produtos de higiene pessoal e ração para os animais, que são entregues a famílias que tiveram a renda comprometida por conta do isolamento social para prevenir a covid-19.

Em dinheiro

As doações também podem ser feitas em dinheiro, por meio da conta da Associação Brasileira Petropolitana dos Pacientes Oncológicos (APPO) - parceira da campanha: Banco Itaú, agência 8244, conta corrente 24940-6, CNPJ: 36.548.949/0001-78.

 

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.