27
Ter, Out

Cedae é multada em R$ 5,7 milhões por contaminação na água

Multa é por conta da contaminação por geosmina na água ocorrida no primeiro trimestre deste ano - Foto: Divulgação

Rio de Janeiro
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Companhia Estadual de Águas e Esgoto (Cedae) foi multada em R$ 5,7 milhões, pela Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro (Agenersa), por conta da contaminação por geosmina na água, ocorrida no primeiro trimestre de 2020.

Além da multa, a Cedae terá que firmar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) junto ao Instituto Estadual do Ambiente (Inea).

A companhia passa a ser obrigada a realizar a mediação diária das cianotoxinas da água na Estação de Tratamento do Rio Guandu, com emissão de relatórios mensais para o Inea e também para a Agenersa.

A Cedae declarou que vai recorrer à decisão.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.