Máscaras são distribuídas no Terminal Alvorada do BRT

Ação se alinha ao decreto que obriga o uso do acessório - Foto: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

Rio de Janeiro
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), iniciou, nesta quinta-feira (23), feriado de São Jorge, a distribuição de máscaras de proteção para a população em terminais do BRT.

A estação escolhida foi a do Alvorada, onde os usuários do sistema tinham à disposição cinco mil máscaras, um lavatório volante (para higienização das mãos com sabão líquido e álcool em gel) e a distribuição de folders explicativos. A população teve ainda a demonstração de como funciona uma cabine de desinfecção – “túnel” que pulveriza produto desinfetante a quem passa por ele.

A medida de prevenção faz parte da campanha “Convide a Vida”, de combate ao novo coronavírus, e vai ao encontro do decreto do prefeito Marcelo Crivella, que estabelece a obrigatoriedade do uso de máscaras em estabelecimentos comerciais essenciais e vias e transportes públicos a partir desta quinta-feira (34/04). Segundo o secretário de Ordem Pública, Gutemberg Fonseca, ações como esta irão acontecer ao longo dos próximos dias em terminais do BRT e pontos sensíveis de concentração de pessoas.

“A utilização da máscara salva vidas, não só a de quem usa, mas também a do próximo. Hoje começamos a distribuir um milhão de máscaras. Vamos estar por todos os terminais onde há fluxo de pedestres. A Prefeitura, mais uma vez, ao lado da população, levando oportunidades para que possamos vencer esta pandemia que assusta o mundo. Esse é o nosso papel, sempre preocupados com a vida do cidadão”, explicou o secretário municipal de Ordem Pública, Gutemberg Fonseca, que acompanhou a ação.

Foco educativo 

Até que a regulamentação sobre a obrigatoriedade do uso da máscara de proteção seja publicada, neste primeiro momento as ações terão foco educativo. Para tanto, equipes da Vigilância Sanitária, Assistência Social, Guarda Municipal e Seop atuarão nas ruas orientando o cidadão sobre a importância de utilização do equipamento de proteção individual como forma de minimizar os riscos de transmissão e contaminação do novo coronavírus.

“Hoje começou a valer o decreto do prefeito Marcelo Crivella. O 1746 é o grande aliado da população, que pode ligar, acessar o site ou utilizar o aplicativo. Temos efetivo rodando por toda a cidade durante 24 horas. Caso, por exemplo, observarmos algum comércio permitindo pessoas entrando no estabelecimento sem máscaras, este pode vir a ser punido”, ressalta Gutemberg.

Máscaras 

Parte das máscaras distribuídas faz parte do lote de um milhão do novo tipo de acessório, feito de celulose, biodegradável e com design mais eficiente para evitar a contaminação do lado interno. Além de material reciclável, é prática ao não permitir o contato das mãos com a parede interna da máscara.