25
Dom, Out

Witzel quer Sergio Moro em nova Secretaria de Justiça do RJ

Ex-juiz deixou ontem o Minstério da Justiça e Segurança Pública - Foto: Marcelo Casal / Agência Brasil

Rio de Janeiro
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, anunciou a criação de uma Secretaria de Justiça no Estado. O objetivo é ter o ex-ministro da Justiça e ex-juiz Sergio Moro como titular da pasta.

Em entrevista ao site UOL, Witzel afirmou que Moro poderia fazer a integração entre o Ministério Público, o Judiciário e as polícias Civil e Militar. Na manhã de sexta-feira (24), o governador lamentou a saída do então ministro da pasta que ocupava no Governo Federal e manifestou a vontade em tê-lo no Governo do Estado.

“Assisto com tristeza ao pedido de demissão do meu ex-colega, o juiz federal Sergio Moro, cujos princípios adotamos em nossa vida profissional com uma missão: o combate ao crime. Ficaria honrado com sua presença em meu governo porque aqui, vossa excelência, tem carta branca sempre”, disse Witzel, por meio de uma rede social.

Na manhã de ontem, Moro pediu demissão do Ministério da Justiça e Segurança Pública após atritos com o presidente Jair Bolsonaro. O estopim da crise foi a demissão do diretor-geral da Polícia Federal, Maurício Valeixo, feita por Bolsonaro à revelia de Moro. O ex-ministro classificou a ação como interferência política.

Até o momento, Sergio Moro não havia se manifestado sobre a possibilidade de ocupar função no Governo do Rio de Janeiro.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.