24
Sáb, Out

Novo secretário de Polícia Civil faz elogios a seu antecessor

Flávio Marcos Amaral de Brito destacou o fato de Marcus Vinicius Braga (foto) ter sido o primeiro delegado de Polícia Civil a ocupar a secretaria em 35 anos - Foto: Divulgação

Rio de Janeiro
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O novo secretário de Polícia Civil do Rio de Janeiro, o delegado Flávio Marcos Amaral de Brito, se manifestou pela primeira vez em sua nova função, em comunicado interno, destinado aos policias. A reportagem de O FLUMINENSE teve acesso ao texto, no qual ele faz um reconhecimento a seu antecessor, Marcus Vinicius Braga.

Brito destacou o fato de Braga ter sido o primeiro delegado de Polícia Civil a ocupar a secretaria em 35 anos e afirma que seu antecessor "conseguiu o resgate de praticamente tudo o que foi perdido naquele tempo". Em sua fala, novo secretário também faz um agradecimento aos policiais.

"Amigos muito obrigado. Mais importante do que comemorar, que é bom e deve sempre acontecer, reconhecer é preciso. Reconhecer que a gestão do meu amigo Marcus Vinicius representa um divisor de águas. Além de ter sido o primeiro delegado de Polícia Civil Secretário de Polícia Civil em 35 anos, em um ano e cinco meses conseguiu o resgate de praticamente tudo perdido naquele tempo", disse Brito.

O novo secretário de Polícia Civil também fez um pedido para que "colegas que tenham a consciência da necessidade mais do que nunca de remarmos na mesma direção" e concluiu com uma frase enigmática, afirmando que "o trem continua parado na estação da Policia Civil".

"Peço a Deus para que me ilumine, e aos colegas que tenham a consciência da necessidade mais do que nunca de remarmos na mesma direção. O trem continua parado na estação da Policia Civil. Não percamos a oportunidade", afirmou Flávio Marcos Amaral de Brito.

Mudança na secretaria

Marcus Vinícius Braga deixa a Secretaria de Estado de Polícia Civil do Rio de Janeiro. Ele fez o pedido de demissão na manhã deste sábado (30). O Governo do Estado confirmou que Flávio Marcos Amaral de Brito, então subsecretário de Gestão Administrativa, será o substituto de Braga.

Veja, a seguir, o pronunciamento na íntegra:

Amigos muito obrigado. Mais importante do que comemorar, que é bom e deve sempre acontecer, reconhecer é preciso. Reconhecer que a gestão do meu amigo Marcus Vinicius representa um divisor de águas. Além de ter sido o primeiro delegado de Polícia Civil Secretário de Polícia Civil em 35 anos, em um ano e cinco meses conseguiu o resgate de praticamente tudo perdido naquele tempo. Reconhecer o quanto pude aprender com esse profissional único que é Marcus Vinicius, que me deu o privilégio de aprender com as suas visões e objetividade nas questões espinhosas que enfrentou. Peço a Deus que eu consiga ter seu carisma e lideranca na instituição. Reconhecer o momento que passamos e da responsabilidade que temos. Reconhecer que precisamos consolidar as conquistas e conseguir outras as quais verdadeiramente nos conduzam a ser uma instituição forte é unida. Peço a Deus para que me ilumine, e aos colegas que tenham a consciência da necessidade mais do que nunca de remarmos na mesma direção. O trem continua parado na estação da Policia Civil. Não percamos a oportunidade.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.