Cedae: consulta pública sobre privatização começa na terça-feira

Governo do Estado do Rio de Janeiro receberá sugestões sobre o modelo de desestatização, elaborado pelo BNDES - Foto: Divulgação

Rio de Janeiro
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A etapa de consulta pública do processo de concessão da Companhia Estadual de Águas e Esgotos do Rio de Janeiro (Cedae) à iniciativa privada terá início nesta terça-feira (9) e se estenderá por 30 dias.

Durante esse período, o Governo do Estado do Rio de Janeiro receberá sugestões sobre o modelo de desestatização, elaborado pelo Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Estão marcadas ainda duas audiências públicas sobre o processo, que serão realizadas pelo aplicativo de transmissões ao vivo Zoom. A primeira delas está programada para 25 de junho, às 10h, e a segunda, para 6 de julho, também às 10h.

A Cedae atende a 64 municípios do Estado do Rio, incluindo a capital, e o modelo de concessão à iniciativa privada prevê a divisão dessas áreas em quatro blocos, cada um deles com áreas de menor e maior necessidade de investimento em saneamento.

As exigências dos contratos elaborados incluem que as empresas privadas que assumam os serviços invistam R$ 33,5 bilhões de investimentos até o fim da concessão, prevista para durar 35 anos.