19
Sáb, Set

Centros de Cidadania do Rio voltam com atendimentos presenciais

Locais estão seguindo todas as medidas para evitar o contágio do novo coronavírus - Foto: Divulgação

Rio de Janeiro
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Fechados durante o período de isolamento social, 10 Centros Comunitários de Defesa da Cidadania (CCDCs) do Estado do Rio de Janeiro reabriram na última quarta-feira (1°) para atendimento à população. Estas unidades funcionam nos municípios do Rio de Janeiro, Duque de Caxias, Nilópolis, Nova Iguaçu e São Gonçalo.

Para a reabertura, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDSODH) providenciou todas as medidas para evitar o contágio do novo coronavírus e para garantir o distanciamento social.

"Em todos os CCDCs, os funcionários fizeram testes para covid-19. As unidades estão com recipientes de álcool em gel e oferecem até mesmo máscaras para quem não estiver usando", disse a secretária Fernanda Titonel.

Os CCDCs oferecem vários serviços que levam justiça e cidadania para a população, como busca para certidões (como o de nascimento ou casamento) em outros estados, declaração de hipossuficiência (quando o cidadão afirma não ter condições de arcar com os próprios custos), além de isenção para celebração de casamento, união estável, averbação em certidões e segunda via de carteira de identidade e de certidões (nascimento, casamento ou óbito).

Em 2019 - primeiro ano da atual gestão no Governo do Estado - foram realizados 102.338 mil atendimentos nos CCDCs, representando um aumento de 58% em relação a 2018. Este ano, apesar da suspensão do atendimento presencial durante o período de isolamento social por conta da pandemia, o atendimento dos centros foi superior ao registrado em todo o primeiro semestre de 2019, que foi de 26.144 casos. Até 16 de março deste ano, quando fecharam as portas por causa da pandemia, foram 27.141 registros. "Tivemos um número de atendimentos muito acima do ano passado em apenas dois meses e meio deste ano. Isso demonstra o excelente trabalho realizado por nossos centros comunitários nos últimos tempos", afirmou a subsecretária de Assistência Social e Segurança Alimentar, Cristiane Lamarão.

Entre os centros que reabriram, oito estão funcionando de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h. O CCDC Nilópolis funciona às segundas, quartas e sextas, das 9h às 12h. Já o CCDC do Poupa Tempo da Central do Brasil funciona temporariamente, das 10h às 15h, na sala 621 do prédio da estação de trem, onde funciona a coordenação dos CCDCs. Permanecem fechados os Centros do Poupa Tempo de Bangu, do Cantagalo e do Cesarão, todos na cidade do Rio, além da unidade de Campos de Goytacazes.

Confira locais, endereços e horários de funcionamento: 

CCDC Acari

Rua Guaiuba 150 - Acari

CCDC Maré

Rua Principal s/nº

CCDC Mineira

Rua Van Erven 123 - Catumbi

CCDC Poupa Tempo Central*

Edifício Central do Brasil / sala 621

Horário: 10h às 15h

(*Temporariamente o atendimento será na coordenação dos CCDCs)

CCDC Rocinha

Estrada da Gávea 242 - Rocinha

CCDC Varginha

Rua Leopoldo Bulhões 952 – Bonsucesso

CCDC Duque de Caxias

Av. Governador Leonel de Moura Brizola 7

CCDC Nilópolis

Rua Pedro Álvares Cabral, 995

Horário: Segundas, quartas e sextas, das 9h às 12h

CCDC Nova Iguaçu

Rua do Gelo 59 - Marapicu

CCDC São Gonçalo

Rua Gal. Andrade Vilela s/nº - Itaúna

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.