21
Qua, Out

Cuidadora é presa por furto e tentativa de homicídio de idosa de 79 anos

Ela foi capturada em cumprimento a mandado de prisão - Foto: Divulgação/Polícia Civil

Rio de Janeiro
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Policiais da 21ª DP (Bonsucesso) prenderam, no último dia 30, a cuidadora de uma idosa de 79 anos, apontada como autora de furto e tentativa de homicídio. Ela foi capturada em cumprimento a mandado de prisão, com base em apuração iniciada após familiares realizarem um registro on-line.

As investigações apontaram que a vítima sentiu falta do seu cartão de débito, após ter realizado um pagamento com ele em uma casa lotérica. No dia seguinte após o sumiço do cartão, a idosa verificou que teriam sido feitos débitos em sua conta, no valor total de cerca de R$ 7 mil.

Ainda segundo o apurado, o filho da vítima, que mora em São Paulo, disse que, devido a pandemia do novo coronavírus, contratou uma empresa para prestar serviço de enfermagem para a mãe. As cuidadoras se alternavam no dias da semana. A vítima comunicou ao filho que o cartão do banco teria desaparecido após ter ido a uma agência com uma das cuidadoras.

Os investigadores identificaram os locais onde o cartão subtraído teria sido usado, entre eles uma loja de materiais de construção e uma loja de departamento. Alguns produtos adquiridos com o cartão foram localizados na casa de uma das cuidadoras. Ela confessou ter feito as compras, mas alegou que a idosa teria autorizado.

Dias após o sumiço do cartão, a idosa passou mal e precisou ser internada. A cuidadora que usou o cartão estava de plantão, mas se recusou a acompanhar a vítima e prestar informações sobre a medicação dada a ela. Em depoimento na delegacia, ela confessou ter aplicado duas ampolas de remédio para diabetes na idosa, embora ela não fosse portadora da doença. O médico de serviço no hospital prestou depoimento e esclareceu que o remédio aplicado poderia ter levado a paciente ao coma.

As investigações prosseguem para identificar se existem outras vítimas da criminosa.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.