14
Sex, Ago

Volta às aulas na rede estadual será gradual e terá grupo de alunos com prioridade

Estudantes que estão concluindo os módulos de ensino deverão voltar primeiro às atividades presenciais- Foto: Divulgação

Rio de Janeiro
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O secretário de Estado de Educação do Rio, Pedro Fernandes, anunciou que as aulas na rede estadual de ensino só retornarão ao modo presencial quando o estado entrar na fase verde de flexibilização das medidas de isolamento social. Ainda assim, quando atingir esse nível, será aberta uma janela de 15 dias para a testagem dos profissionais da educação.

A volta das atividades presenciais acontecerá de forma gradual. Os alunos que cursam os últimos anos de cada etapa escolar terão prioridade. Dessa forma, estudantes do 5º e 9º ano do Ensino Fundamental, do 3º ano do Ensino Médio e dos últimos módulos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) deverão retornar às salas de aula primeiro. Essa orientação é feita pela secretaria porque cada unidade terá autonomia para organizar um rodízio de aulas, já que depende da capacidade e estrutura de cada escola.

Para evitar uma possível disseminação, cada escola vai definir as diretrizes sobre o recreio e a realização de atividades físicas. O uso das máscara será obrigatório nas dependências das escolas. No entanto, o secretário de Educação avisou que o governo não vai distribuir os itens de proteção, devido ao alto custo e à possível falta de abastecimento dos hospitais por causa da alta demanda que poderia criar.

As unidades deverão disponibilizar dispensers de álcool em gel espalhados pela escola. Também deverão ter termômetros, mas não podem realizar a medição da temperatura na hora da entrada, porque pode causar aglomeração. Alunos e funcionários deverão manter a distância mínima de um metro. Nas salas de aula, as janelas deverão permanecer abertas e os aparelhos de ar-condicionados não poderão ser utilizados.

Alimentação
Ainda que o retorno às salas de aula não contemple todas as turmas inicialmente, os alunos poderão ir até à escola para se alimentarem. Também será permitido o uso dos computadores para quem não tiver acesso à internet em casa para assistir o conteúdo virtual oferecido durante a pandemia.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.