28
Qua, Out

Crivella determina regulamentação do MotoTáxi Rio

MotoTáxi Rio é serviço municipal de transporte de passageiros por motocicleta, que será prestado exclusivamente por veículos e condutores credenciados - Foto: Divulgação

Rio de Janeiro
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, atendeu o pedido da Associação Nacional de Usuários de Transportes (ANADUT) e determinou a regulamentação do Decreto nº 46.754/2019, que cria o Mototaxi.Rio, serviço municipal de transporte de passageiros por motocicleta, que será prestado exclusivamente por veículos e condutores credenciados. Apesar do decreto municipal ser do ano passado, a regulamentação estava suspensa devido à pandemia de covid-19.

A decisão foi tomada na última sexta-feira (10), quando Crivella recebeu a diretoria da Associação no gabinete de crise, no RioCentro. Na ocasião, ele conheceu o protótipo da motocicleta caracterizada do serviço, com pintura e bigorrilho padronizados, semelhantes aos dos táxis que já circulam pela cidade.

“Hoje tenho a honra de receber o pessoal da ANADUT, que está nos ajudando a regularizar uma profissão importante na cidade do Rio de Janeiro, que é o mototáxi”, comentou Crivella ao final da reunião.

“Vai beneficiar mais de 30 mil mototaxistas que hoje estão na informalidade, além de enfrentar um dos principais problemas da cidade, que é a falta de mobilidade urbana. No Rio, a moto já era o principal transporte em várias comunidades, mas agora as pessoas terão mais segurança para usar o serviço, tendo a certeza de que tanto o condutor quanto a moto são habilitados pelo Detran e pela Prefeitura”, comemorou o presidente da ANADUT, Ralph Lichotti.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.