28
Qua, Out

Quatro integrantes de organização criminosa são presos

Os agentes chegaram aos criminosos por meio de informações de inteligência e monitoramento - Foto: Divulgação/Polícia Civil

Rio de Janeiro
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Policiais da 57ª DP (Nilópolis) prenderam em flagrante, nesta segunda-feira (13), quatro integrantes da organização criminosa chefiada pelo miliciano Wellington da Silva Braga, o Ecko. Os agentes chegaram aos criminosos por meio de informações de inteligência e monitoramento.

De acordo com o delegado titular da unidade, José de Moraes Ferreira, os policiais descobriram que a quadrilha, que atua na Zona Oeste do Rio, pretendia expandir a atuação das atividades de milícia para o município de Nilópolis, na Baixada Fluminense. As informações chegaram durante diligências para coibir a atividade criminosa no município.

Ainda segundo o delegado, há cerca de duas semanas os agentes descobriram que parte do bando iria para Nilópolis, intensificando o trabalho de monitoramento, em que foi possível conseguir imagens dos criminosos e chegar à data e ao local em que a ação estava programada, no centro daquele município. Com as informações, os policiais foram até o local no dia programado pelo grupo e realizaram um trabalho de observação para que a abordagem fosse segura para a população. Após se encontrarem no local marcado, os milicianos se dispersaram, sendo o momento em que os agentes decidiram realizar a prisão.

Quatro foram capturados e outros quatro conseguiram fugir. Com os presos, foram apreendidos duas pistolas, um carregador de pistola, dois fuzis com dois carregadores, uma faca de combate, um facão médio, um instrumento composto de um fio de aço com uma argola em cada extremidade, um colete e vestimentas da Polícia Militar e celulares.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.