05
Qua, Ago

Witzel afirma que sua gestão é pioneira em divulgar informações

Declaração veio à tona após o ex-secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Edmar Santos, acertar delação contra o governador - Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Rio de Janeiro
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O governador do Rio Wilson Witzel afirmou que sua gestão está sendo pioneira em divulgar informações sobre pagamentos e contratos na Saúde do estado.

A declaração veio à tona após o ex-secretário de Saúde do Rio de Janeiro, Edmar Santos, preso na última sexta-feira (10), afirmar que existe um conjunto de provas que envolveriam Witzel no esquema de corrupção na Saúde. A informação foi divulgada pela coluna Radar, da Revista Veja, na noite da última terça-feira (14). A suposta delação ainda não foi homologada. 

Em nota divulgada na manhã desta quarta-feira (15), o governador declarou que, "desde que surgiram as primeiras denúncias de possíveis irregularidades nas compras emergenciais e contratos firmados pela Secretaria de Estado de Saúde, determinou a imediata quebra de sigilo desses documentos e abriu sindicância para apurar o autor do pedido de sigilo".

Witzel afirmou que, nesse sentido, sua administração foi pioneira ao adotar, no Rio de Janeiro, o SEI (Sistema Eletrônico de Informações), onde são lançados todos os contratos e pagamentos do governo do Estado do Rio de Janeiro.

"Witzel tem ainda a convicção de que o papel da imprensa é mesmo o de fiscalizar e acompanhar tudo o que está sendo feito com recursos públicos", diz a nota.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.