21
Seg, Set

Flávio Bolsonaro deve prestar depoimento nesta segunda

Procedimento é sobre suspeita de vazamento de informações sobre a Operação Furna da Onça - Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Rio de Janeiro
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) é esperado, nesta segunda-feira, para prsetar depoimento ao Ministério Público Federal (MPF) sobre suspeita de vazamento de informações sobre a Operação Furna da Onça. A investigação foi iniciada após denúncia do empresário Paulo Marinho, antigo aliado da família Bolsonaro.

O depoimento deve acontecer às 14h em Brasília. O senador usou de sua prerrogativa de parlamentar e escolheu depor em seu gabinete. Flávio também pôde escolher dia e horário para prestar declarações.

Em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, Paulo Marinho disse que um delegado, que seria simpatizante da família Bolsonaro, teria alertado que Flávio, então deputado estadual, seria alvo da ação cuja investigação apurava práticas de "rachadinha" (devolução de parte de salários) na Alerj.

Além disso, esse delegado teria recomendado a exoneração do ex-assessor de Flávio, Fabrício Queiroz, bem como de sua filha, Nathalia, que trabalhava no gabinete de Jair Bolsonaro, então deputado federal, em Brasília. Ambas as exonerações aconteceram no dia 15 de outubro de 2018.

Flávio Bolsonaro nega as acusações de Marinho e o acusa de ter interesse em prejudicá-lo, pois o empresário é suplente do filho de Jair no Senado Federal. "Ele sabe que jamais teria condições de ganhar nas urnas e tenta no tapetão", disse o Senador, por meio de uma rede social.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.