25
Dom, Out

Secretário de Educação do RJ é investigado por receber propina

Pedro Fernandes está sendo investigado pela Polícia Civil por suspeita de desvio de dinheiro da Fundação Leão XIII - Foto: Reprodução via Twitter

Rio de Janeiro
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O secretário de Educação do Rio de Janeiro Pedro Fernandes é investigado pela Polícia Civil por suposto envolvimento em um esquema de desvio de dinheiro da Fundação Leão XIII e receber propina. O nome do secretário apareceu após a prisão do empresário Marcus Vinícius Azevedo da Silva, em 2019. A informação foi publicada pelo Jornal O Globo.

O inquérito do Núcleo de Combate à Corrupção e Lavagem de Dinheiro da Polícia Civil aponta que Pedro é citado como suspeito na fraude em contratos assinados pela fundação, enquanto ocupava o cargo de secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Desenvolvimento Social durante o governo Pezão.

As investigações ainda apontam uma referência a Pedro, com uso da sigla PF, com anotação de valor de R$145 mil, supostamente vindos do projeto da Fundação chamado "Cidadão II", o valor seria parte do terceiro repasse, dos meses de abril e maio de 2016.

De acordo com o relatório, há outras provas de um possível recebimento de valores por Pedro Fernandes, como uma das conversas do celular de Marcus Vinícius em 2015, onde ele diz que o secretário preferia receber o dinheiro em espécie.

Pedro Fernandes, em nota, negou as acusações e alegou não saber sobre a investigação e estar perplexo e que as alegações são "absurdas e fantasiosas".

“Estou perplexo de tomar conhecimento pela imprensa de uma suposta investigação envolvendo meu nome em acusações absurdas e fantasiosas. Não tenho conhecimento de investigação e muito menos do seu conteúdo. Já entrei em contato com meu advogado para tomar conhecimento do suposto conteúdo. Me coloco à disposição das autoridades para quaisquer esclarecimentos, como, aliás, sempre estive. Fui secretário do estado e município por seis vezes, sem que em nenhuma delas tenha sido levantada qualquer suspeita de irregularidade nas minhas gestões”, contou o secretário.

 

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.