27
Ter, Out

Alerj realiza cerimônia de repasse de R$ 20 milhões para o Museu Nacional na quarta-feira

Termo de doação será assinado na ocasião - Foto: Divulgação/Thiago Lontral

Rio de Janeiro
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj) realiza, nesta quarta-feira (19), às 11h, cerimônia simbólica de repasse de R$ 20 milhões para obras de restauração do Museu Nacional/UFRJ. Na ocasião será assinado o termo de doação de recurso do Fundo Especial do Parlamento Fluminense à Universidade Federal do Rio (UFRJ). A transferência foi viabilizada pela aprovação da Lei 8.971/20, de autoria original dos deputados André Ceciliano (PT), presidente da Alerj, Waldeck Carneiro (PT), Flávio Serafini (Psol) e Renan Ferreirinha (PSB). A celebração será em frente ao museu, na Quinta da Boa Vista, em São Cristóvão, Zona Norte do Rio.

Em setembro de 2018, um incêndio destruiu o museu, que guardava o maior acervo de história natural e de antropologia da América Latina. A instituição bicentenária é uma unidade da UFRJ, a primeira e maior universidade do país, que este mês completa 100 anos. Importante equipamento de pesquisa e ciência, ele também quer se fortalecer como ponto de atração turística para o estado do Rio de Janeiro, quando voltar a abrir ao público.

O diretor do Museu Nacional/UFRJ, Alexander Kellner, afirma que essa doação é fundamental para dar continuidade à obra. "Com a chegada desse aporte, será possível começar as obras de restauração da fachada e dos telhados ainda esse ano. A nossa projeção de abertura parcial em 2022, quando se comemora os 200 anos de Independência do Brasil. A reabertura definitiva deverá ser em 2025", planeja Kellner.

Ceciliano ressaltou que o Museu Nacional/UFRJ é uma instituição científica de relevância mundial e um patrimônio do estado do Rio de Janeiro. “O Parlamento fluminense reconhece a importância do Museu Nacional/UFRJ para a história e a cultura do país e do nosso estado. É simbólico que essa contribuição aconteça no momento em que a Universidade comemora o seu centenário”, afirma Ceciliano.

 

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.