21
Qua, Out

MPRJ e Polícia Civil fazem buscas contra Ronnie Lessa e Cristiano Girão

Operação procurar esclarecimentos sobre duplo assassinato em 2014 - Foto: Arquivo/Reprodução TV Globo

Rio de Janeiro
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O MPRJ (Ministério Público do Rio de Janeiro) e a Polícia Civil cumprem operação de busca e apreensão contra o policial militar reformado, que está preso, Ronnie Lessa e o ex-vereador Cristiano Girão. As investigações apontam que Lessa e Girão são suspeitos de envolvimento na participação da morte de um casal em junho de 2014.

Os investigadores apontam que o ex-vereador teria mandado matar o miliciano André Henrique da Silva Souza, o Zóio, e Juliana Sales Oliveira, em uma disputa territorial. Ronnie Lessa está sendo investigado como autor do duplo homicídio.

De acordo com a Delegacia de Homicídios da Capital, o casal - que estava em um Honda Civic prata quando foi abordado por três homens que estavam num Fiat Doblò prata - foi morto com mais de 40 tiros.

Ronnie Lessa está preso pelo atentado contra a vereadora Marielle Franco, morta com quatro tiros na cabeça, em 2018.

O ex-vereador Cristiano Girão foi condenado por formação de quadrilha e lavagem de dinheiro e responde em liberdade monitorado por tornozeleira eletrônica.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.