27
Ter, Out

Juliana Benício visita Lagoa de Piratininga e relata problemas do local

Candidata do Novo à prefeitura de Niterói, Juliana Benício conversou com integrantes do movimento S.O.S. Lagoa - Foto: Divulgação

Niterói
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A candidata à prefeitura de Niterói, Juliana Benício (Novo), neste sábado, percorreu de barco a Lagoa de Piratininga e, segundo ela, se deparou com “muito lixo, ligações irregulares de esgoto e peixes mortos"

"De barco dá para ver que o abandono e o descaso são muito mais graves", completou a candidata.

Acompanhado de candidatos a vereador, ela visitou a obra da comporta do Túnel do Tibau, que desabou em 2019 e é responsável pela renovação de água da lagoa.

"A prefeitura diz que a responsabilidade pelo crime ambiental da Lagoa de Piratininga é do Inea, mas fala em obras de embelezamento, maquiagem do entorno da lagoa. Eleita prefeita, vou me reunir com o governador para juntos resolvermos, efetivamente, todos os problemas dessa região como saneamento e segurança, além, é claro, das questões ambientais", afirmou.

Juliana Benício conversou com integrantes do movimento S.O.S. Lagoa, que fizeram um detalhado relato da situação. A candidata disse que os moradores da região se queixaram da falta de saneamento e segurança pública.

"Piratininga precisa de ações articuladas envolvendo a prefeitura, governo do estado e governo federal. Para as coisas acontecerem, o prefeito tem que se mexer, sentar com o governo do estado, sentar com o governo federal e já entregar um conjunto de ideias, propostas, sugestões para depois cobrar, cobrar, cobrar. Eu farei isso porque como niteroiense que ama a sua cidade fico indignada quando vejo tanto desleixo", garantiu.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.