15
Qua, Jul

Covid-19: Niterói tem maior taxa de isolamento social da Região Metropolitana

Mesmo com reabertura gradual das atividades, cidade tem média de 47,7% de isolamento desde 21 de maio - Foto: Marcelo Feitosa

Niterói
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Desde 21 de maio, a cidade de Niterói saiu de um estágio restritivo de isolamento social para entrar no Plano de Transição Gradual Para o Novo Normal com a Faixa Laranja e, posteriormente, a mudança para a Amarela 2, no último dia 22. Apesar da reabertura de comércios e outros serviços, os niteroienses seguem conscientes do seu papel e da importância do isolamento social, que atingiu uma média semanal de 47,7%.

O prefeito Rodrigo Neves enfatizou que Niterói foi a primeira cidade da Região Metropolitana a retomar, de maneira gradual e com respeito às orientações das autoridades sanitárias, as suas atividades. Segundo ele, isso só foi possível graças ao isolamento social rígido e a conscientização de cada niteroiense durante esse período da pandemia.

“Graças à perseverança e disciplina de toda a população niteroiense e também às ações da Prefeitura de Niterói, que foram duras, mas no momento certo para conter o avanço da pandemia do coronavírus, atingimos índices que nos permitem avançar para o nível Amarelo 2 (Alerta Máximo) no plano de transição gradual para o novo normal. Para tomar essa decisão, levamos em consideração os mais de 20 mil testes realizados, o achatamento da curva de transmissão e de óbitos, além da marca de 75% de recuperados da doença e de 35% de leitos ocupados. Fizemos o que parecia impossível. Achatamos a curva de transmissão da doença e impedimos um colapso na rede pública de saúde, enquanto trabalhávamos na expansão da retaguarda de leitos. Isso salvou centenas de vidas em Niterói. Ainda hoje, mantemos uma média de 47,7% de índice de isolamento social, taxa superior à média da Região Metropolitana do RJ, que é de 41,9%", afirmou Rodrigo Neves.

Niterói segue com o isolamento social até 30 de junho. Dados do boletim epidemiológico divulgado nesta segunda-feira (22), mostram que a cidade tem 3.475 pacientes recuperados dos 4.501 casos confirmados de Covid-19 no município. Esses números comprovam que o município tem mais de 75% de recuperados da doença.

“Esse número de mais de 3 mil recuperados significa que temos mais de 75% de recuperados em relação ao total de infectados. Isso é muito importante porque provavelmente nós temos o menor número de casos ativos das últimas seis semanas em Niterói. O início do plano de transição gradual para um novo normal, em 21 de maio manteve um padrão de queda do ciclo de epidemia em Niterói. Esse é um dado extremamente importante que mostra que estamos conseguindo vencer a batalha contra o coronavírus”, afirmou o prefeito.

O secretário municipal de Saúde, Rodrigo Oliveira, destaca também a importância da testagem para montar um mapa da evolução da doença pela cidade, desde a faixa etária das pessoas que estão adoecendo até o bairro com maior grau de contaminação.

“Já fizemos mais de 20 mil testes na cidade. Essa ação é fundamental para termos mais clareza de como está a curva de contaminação no município e acompanhar diariamente o plano de transição para o novo normal”, disse o secretário.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.