21
Qua, Out

Índices de criminalidade de junho em Niterói registram a maior queda dos últimos 20 anos

Roubo de rua apresentou uma diminuição de 70,18 % em todas as regiões da cidade - Foto: Arquivo / Douglas Macedo

Niterói
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Dados do Observatório de Segurança de Niterói apontam que, no mês de junho, a cidade seguiu apresentando redução nos índices de criminalidade. Em comparação com mesmo período de 2019, junho registrou a maior queda dos últimos 20 anos no indicador de letalidade violenta, com uma redução de 90,6%. O roubo de rua apresentou uma diminuição de 70,18 % em todas as regiões da cidade.

No indicador roubo de veículos, a redução em Niterói foi de 70,82%. Isso significa que foram 660 menos veículos roubados na cidade no semestre, em comparação com o mesmo período do ano passado.

De acordo com as informações do Observatório de Segurança, que levam em conta as estatísticas apuradas pelo Instituto de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro (ISP), por regiões e em cada delegacia, foram 32 ocorrências de letalidade violenta em junho de 2019 contra apenas 3 em junho deste ano. No acumulado de janeiro a junho de 2020 foram 72 mortes violentas a menos na cidade.

“Desde que iniciamos o Plano Pacto Niterói contra a Violência, integrando ações e projetos de prevenção, inteligência e monitoramento, apoio às polícias e reforço ao policiamento das forças públicas, com base nas melhores experiências internacionais, as ocorrências seguem esse ritmo de queda. Nesse ano obtivemos melhores resultados da área da segurança pública em Niterói dos últimos 20 anos. E o melhor resultado da região na comparação com outras cidades”, afirmou o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves.

Os maiores destaques ocorreram nas áreas da 76ª DP (Centro) e 79ª DP (Charitas), que não registraram homicídios durante todo o mês de junho. Na 78ª DP (Fonseca), a queda foi de 90,91%. Na área da 77ª DP (Icaraí), a diminuição foi de 83,33%.

“A Prefeitura de Niterói está em contato permanente com as forças de segurança para apoiar e analisar a mancha criminal. A partir daí é feita a estratégia para que cada um atue dentro da sua área, tendo o apoio das ferramentas disponibilizadas pela gestão municipal”, destacou Gilson Chagas, secretário do Gabinete de Gestão Integrada de Segurança.

Com relação a roubo de rua, o acumulado deste semestre apresentou, em comparação com o mesmo período do ano passado, uma queda de 77,78% na área da 76ª DP; de 71,43% na região da 77ª DP; de 65,74 % na área da 78ª DP; de 80,77 nos bairros da 79ª DP, e 52% na região de atuação da 81ª DP.

O roubo de veículos teve uma redução no geral de 69,84 % em toda a cidade. Já por área, a variação absoluta no comparativo do mês de junho de 2019 para junho de 2020 a queda foi de 90% na 76ª DP; 90,91% na 77ªDP; 49,06% na 78ªDP; 89,29 % na 79ª DP e 61,54% na área da 81ª DP.

“Devemos comemorar esses números que demonstram que estamos no caminho certo no que diz respeito às medidas adotadas na Segurança Pública. O grande êxito alcançado só foi possível em razão da integração entre as forças de Segurança que atuam na cidade bem como do grande investimento feito pela Prefeitura em equipamentos que prestam grande auxiliam ao trabalho policial", destaca a delegada Raíssa Celles, que esteve à frente da 77ª DP (Icaraí) até junho, quando saiu para chefiar o 4º Departamento de Polícia de Área (DPA), que abrange 22 delegacias em 16 municípios como Niterói, São Gonçalo, Itaboraí, além da Região dos Lagos.

O comandante do 12º BPM, coronel Sylvio Guerra, informa que os índices de criminalidade também estão caindo na área do batalhão de Niterói.

"Com o fechamento deste primeiro semestre temos uma comprovação que reduzimos ainda mais os indicadores de criminalidade na comparação com o primeiro semestre do ano passado. Nosso trabalho continua dentro do planejamento, a parceria com o Município gera resultados positivos e mostra que estamos estamos no caminho certo para melhorar a segurança em Niterói. Neste momento em que Niterói está alcançando um estágio de nova normalidade continuaremos atentos, não descansando nunca", afirma Guerra.

 

Apoio a segurança 

Niterói conta com um sistema de cercamento eletrônico que usa inteligência artificial e 70 câmeras para identificar carros roubados ou furtados nas entradas, saídas e principais vias da cidade em fração de segundos. Os equipamentos também emitem um alerta para que o veículo seja interceptado pela polícia. Além disso, a cidade conta com 600 câmeras de monitoramento que fazem a vigilância do município 24 horas por dia.

Com o cercamento eletrônico, cada vez que um veículo em situação irregular é identificado pelas câmeras inteligentes, um alerta soa no Cisp. Guardas municipais trabalham no monitoramento e, a partir daí, a força policial mais próxima é acionada para que seja feito o cerco e interceptação do veículo. Após a identificação, o veículo também passa a ser rastreado pelas outras câmeras do Cisp para facilitar a abordagem. Além de identificar veículos em situação irregular, através do cruzamento de dados com os arquivos da polícia, o sistema disponibiliza o registro da ocorrência com informações sobre data, local, características do veículo e circunstâncias do delito.

Além disso, a Prefeitura de Niterói é responsável pelo pagamento do Programa Estadual de Integração na Segurança (Proeis) para policiais trabalharem em horário de folga e pagamento de Regime Adicional de Serviço (RAS) para guardas municipais, entre outras iniciativas. Na atual gestão, o número de guardas passou de cerca de 300 para mais de 700 agentes, todos concursados, e a meta da Prefeitura é chegar a mil guardas, que é o limite permitido por lei.

Pacto Niterói contra a Violência- Também foi implantado o Pacto Niterói Contra a Violência, um plano municipal de Segurança Pública que prevê investimento de R$ 304 milhões em 18 projetos nos eixos de prevenção, policiamento e Justiça, convivência e engajamento dos cidadãos e ação territorial integrada.

A Prefeitura também é responsável pelo custeio do programa Niterói Presente, um convênio entre a Prefeitura de Niterói e o Governo do Estado. Os agentes hoje atuam nos bairros do Barreto, Icaraí, Santa Rosa, Centro, Fonseca, Charitas, São Francisco e Jurujuba, com uma média de 488 agentes nas ruas.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.