14
Sex, Ago

Trânsito livre no primeiro dia útil de bloqueios em Niterói

Operação começou no último sábado - Foto: Marcelo Feitosa

Niterói
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Trânsito tranquilo no primeiro dia útil de restrições ao acesso à cidade de Niterói, nesta segunda-feira (6). Desde o último sábado (4), táxis de outros municípios não podem entrar na cidade e a frota de ônibus intermunicipais foi ainda mais reduzida, para 30% de sua operação normal.

Sete pontos de bloqueio por toda a cidade possuem agentes de trânsito e segurança controlando o acesso, orientando táxis de outras cidades a retornaram para suas origens. Ao todo, estão previstos outros 21 bloqueios, totalizando 28, que irão consistir no fechamento de ruas, por exemplo.

De acordo com a plataforma Waze, não há registros de grandes engarrafamentos na cidade, apenas retenções próximo aos bloqueios, como na Praça Renascença, no Centro da cidade. Cabe ressaltar que apenas comércios essenciais estão abertos, pois a “janela” que permitia oficinas e lojas de construção funcionarem encerrou na sexta-feira (3).

O secretário Municipal de Mobilidade e Urbanismo, Renato Barandier, acompanhou de perto o primeiro dia de operação. Segundo ele, a medida visa reduzir o tráfego intermunicipal, que não vinha no mesmo ritmo da movimentação dentro da cidade de Niterói, além de estabelecer controle nos acessos ao Município.

"A Prefeitura tem criado medidas de restrição e isolamento social há um mês e a resposta da população tem sido muito positiva. Como resultado disso, tivemos uma redução de 80% no movimento de carros na cidade. Os pontos de entrada da cidade estavam sem nenhum tipo de controle, por conta disso os movimentos intermunicipais não foram reduzidos na mesma proporção. Estamos com sete pontos de controle onde a partir de hoje vamos fiscalizar os táxis de outras cidades e reduzimos a 30% a quantidade de ônibus intermunicipais, assim como as vans. Isso tudo é para trazer a redução dos movimentos intermunicipais, que estão num patamar de 60%, para um nível mais próximo de Niterói", disse o secretário.

Inicialmente, a restrição seria de forma geral, conforme anunciado na quarta-feira (1º), com restrição também para a circulação de pessoas e carros de passeio, salvo aqueles que trabalham em serviços considerados essenciais. No entanto, no dia seguinte, a Prefeitura reviu a decisão.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.