19
Sáb, Set

Niterói mantém tendência de queda nos índices de criminalidade

Dados do Instituto de Segurança Pública mostram menos 100 mortes violentas de janeiro a agosto e redução nos indicadores de roubo de veículos e roubos de rua - Foto: Divulgação

Niterói
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times
Os índices de criminalidade no mês de agosto seguem em queda em Niterói. Os números já antecipados pelo Observatório de Segurança de Niterói foram confirmados pelo relatório mensal do Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro (ISP). Os dados do instituto mostram que as ações integradas e ferramentas disponibilizadas pela Prefeitura para as forças de segurança atuarem no combate à violência fazem com que os indicadores mantenham uma a curva decrescente no município. Em agosto de 2020 houve uma redução de 55,56% no indicador letalidade violenta em relação ao mesmo período do ano passado. Outros índices que apresentaram quedas expressivas foram roubo de rua (57,32 %) e roubo de veículos (59%).

Entre janeiro e agosto de 2020, foram menos 100 mortes violentas em Niterói, em comparação com o mesmo período em 2019. Além disso, houve menos 775 veículos roubados no acumulado de janeiro a agosto deste ano. As delegacias com maiores quedas nos registros de roubo de veículos foram a 79ª DP (Jurujuba), com menos 72,22%; e 78ª DP (Fonseca), com 62,69%.

"Nós seguimos, nos últimos três anos, com a redução dos índices de criminalidade na nossa cidade", informa o prefeito Rodrigo Neves. "Esse resultado é fruto do cerco eletrônico, do monitoramento das câmeras pelo Centro Integrado de Segurança Pública, programas como o Niterói Presente e o Proeis, a atuação da Guarda Municipal e da ação integrada com as polícias Civil, Militar, Federal e Rodoviária. Estamos avançando em todas as frentes".

Roubo de rua – Os números dos ISP mostram que foram registrados 141 casos de roubo de rua a menos em agosto deste ano do que no mesmo período do ano passado, queda de 57,32%. No acumulado de janeiro a agosto são menos 1.369 registros.  A maior redução foi na área da 77ª DP (Icaraí), de 68,97%; seguida da área da 81ª DP (Itaipu), com queda de 67,86%; na área da 79ª DP (Jurujuba), houve redução de 60,87%; na região da 76ª DP (Centro) foi registrada queda de 58,33% nos registros; e uma redução de 48,94% na área da 78ªDP.

“Não vamos recuar. Estamos atentos e monitorando a cidade 24 horas, mantendo a integração das forças de segurança, coisa que nenhum município do estado faz. Por isso temos esse resultado positivo”, afirma o secretário do Gabinete de Gestão Integrada de Segurança de Niterói, Gilson Chagas.

Ferramentas contra a criminalidade - O Plano Municipal de Segurança Pública de Niterói, conhecido como Pacto Niterói Contra a Violência, completou dois anos em agosto com uma redução significativa dos índices de criminalidade em Niterói desde o lançamento, em 2018. Pacto Niterói Contra a Violência, prevê investimento de R$ 304 milhões até 2020 em 18 projetos nos eixos de prevenção, policiamento e Justiça, convivência e engajamento dos cidadãos e ação territorial integrada.

Atualmente, dois terços do policiamento de Niterói são garantidos por investimentos diretos da Prefeitura de Niterói por meio dos programas Niterói Presente e Proeis. Os dois programas são resultado de convênios da Prefeitura com o Governo do Estado, onde o Município paga uma gratificação para policiais militares que aceitam trabalhar nas ruas de Niterói nos dias de folga. No caso do Niterói Presente, há um efetivo fixo de policiais, alguns já reformados, e agentes civis. Os programas pagos pela prefeitura colocam em média 444 homens por dia nas ruas patrulhando a cidade. Os agentes atuam em bairros como Barreto, Icaraí, Santa Rosa, Centro, Fonseca, Charitas, São Francisco e Jurujuba. A cidade investe cerca de R$ 250 milhões por ano em ações de auxílio no combate à criminalidade.

A Prefeitura disponibiliza ainda outras ferramentas para ajudar as forças de segurança. A cidade conta com o Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp), operado pela Guarda Municipal, que monitora a cidade 24 horas por dia com mais de 522 câmeras instaladas em pontos estratégicos. A Prefeitura de Niterói também instalou o sistema de cercamento eletrônico, tecnologia que usa inteligência artificial e 70 câmeras para identificar carros roubados, furtados ou clonados em frações de segundo, nas entradas, saídas e principais vias da cidade. Os portais emitem alertas para que o veículo seja rastreado e interceptado pela polícia. 
Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.