28
Seg, Set

Lojas podem abrir às 9h no Centro e em outras regiões da cidade. Medida também vale para ambulantes regularizados - Foto: Divulgação

A Prefeitura de Niterói vai ampliar o horário de funcionamento do comércio de rua na cidade a partir desta segunda-feira (14). As lojas poderão abrir de segunda a sexta, das 9h às 19h no Centro e das 9h às 20h nas demais regiões. A medida também vale para ambulantes regularizados.


O prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, explica que o objetivo da restrição no horário é diminuir a circulação das pessoas e promover a retomada gradual das atividades. Ele ressalta que, com as ações promovidas pelo Município e a colaboração da população, a cidade está mantendo a epidemia do novo coronavírus sob controle.

A ampliação foi definida pelo Gabinete de Crise, composto pelas secretarias de Saúde, Ordem Pública, Fazenda e Planejamento, entre outras, e validada pelo Comitê Técnico Científico, formado por especialistas da Universidade Federal Fluminense (UFF), Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

“Todas essas decisões são baseadas na ciência e nas melhores experiências internacionais. Nossa principal preocupação é a defesa da vida, por isso criamos protocolos sanitários que orientam a retomada das atividades econômicas”, destaca Rodrigo. “Atualmente, Niterói tem a menor taxa de letalidade da Região Metropolitana – menos de 3,5%, e a menor taxa de ocupação dos leitos hospitalares nas redes públicas e privadas de Saúde, cerca de 26%. Para que a gente continue controlando a pandemia, salvando vidas e retomando a atividade econômica, é fundamental que cada um faça a sua parte, usando a máscara quando precisar ir à rua, redobrando a atenção com a higiene e o distanciamento social, evitando aglomerações”.

Rodrigo Neves também revelou que o indicador síntese de monitoramento da Covid-19 retrocedeu de 7,13 para 6,63. Esse indicador é composto de 12 critérios, como número de leitos disponíveis, casos confirmados e óbitos, e orienta o Plano de Transição Gradual para o Novo Normal. A cidade permanece no estágio Amarelo Nível 2 – alerta máximo.

Niterói já tem 10.697 pacientes recuperados da Covid-19. Ao todo, a cidade registra 11.306 casos confirmados da doença, 135 pessoas em isolamento domiciliar sendo acompanhados pela Secretaria e 389 óbitos.

Benefícios sociais – O prefeito Rodrigo Neves informou que foi realizado na última terça-feira (8) a recarga do mês de setembro dos cartões pré-pagos para os Microempreendedores Individuais (MEIs). Na quarta-feira (9) foi a vez das categorias do programa Busca Ativa, como quiosqueiros, catadores de recicláveis, artesãos, vendedores ambulantes cadastrados, entre outros.

Os beneficiários inscritos no CadÚnico começaram a receber a recarga dos cartões nesta quinta-feira (10). Neste primeiro dia, receberam o crédito os inscritos com iniciais do nome de A até F. Na sexta-feira (11) será a vez daqueles com nomes iniciados pelas letras de G até M. E no sábado (12), aqueles com nomes iniciados de N até Z. As famílias de alunos da rede municipal de ensino não inscritas no CadÚnico terão a recarga efetuada nos dias 13 e 14. De acordo com o cronograma de ordem alfabética, no dia 13 recebem os responsáveis com nomes iniciados pelas letras de A até J. No dia 14, aqueles com a letra inicial do nome de K até Z.

Vagas em hotéis – Rodrigo Neves ressaltou que ainda há vagas nos hotéis arrendados pela Prefeitura de Niterói para acolher população em situação de rua durante a pandemia. Segundo ele, a população pode acionar as equipes da Prefeitura pelo telefone 153, caso sejam identificadas situações em que as pessoas necessitem de um suporte do Município, para que as equipes da Assistência Social possam abordar e oferecer acolhimento.

Economia – As 1.200 micro e pequenas empresas que fazem parte do segundo lote de habilitados para os empréstimos do programa Supera Mais, já podem acessar o site da Secretaria Municipal de Fazenda para enviar os documentos necessários para a obtenção do crédito. Segundo a secretária Giovanna Victer, a lista pode ser consultada no site da SMF. Os programas Niterói Supera e Supera Mais já concederam mais de R$ 30 milhões em crédito para capital de giro para as pequenas e microempresas de Niterói.

A secretária municipal de Fazenda informou ainda que 30 escolas já se inscreveram para participar do programa Escola Parceira estão com sua documentação sendo analisada. O programa consiste na oferta de bolsas de estudos, pagas pelo município, em escolas particulares situadas na cidade, para aumentar a oferta de vagas na Educação Infantil para crianças com 2 e 3 anos de idade. As instituições de ensino cadastradas receberão os recursos referentes aos seis primeiros meses de forma antecipada.

Deuler, do PSL, terá Ceotto, do Republicanos, como candidato a vice - Foto: Divulgação

O empresário Alexandre Ceotto (Republicanos) será o vice na chapa encabeçada pelo pré-candidato à prefeitura de Niterói pelo Partido Social Liberal (PSL), o delegado da Polícia Federal Deuler da Rocha. As conversas se iniciaram nas últimas semanas e foi definida na tarde desta quinta (10). Ceotto, que também era pré-candidato à majoritária no município, abriu mão da campanha para unir forças.

“Em primeiro lugar, fiquei muito feliz com o desfecho das conversas que tivemos. Temos ideias muito alinhadas com o Deuler, com o deputado federal Felício Laterça e demais lideranças do partido. Niterói precisa sair dessa mesmice, dos mesmos candidatos e dessa gestão de esquerda, que usa máquina para fazer assistencialismos, mas que não resolve os problemas reais da cidade", disse Ceotto.

O pré-candidato Deuler da Rocha celebrou a escolha de Ceotto para a coligação.

“O Alexandre é um jovem muito capaz, conhecedor da administração pública e um apaixonado pela nossa cidade. Não tenho dúvidas que essa parceria vai render para Niterói uma campanha dedicada, de duas pessoas que tem propostas sólidas e que farão Niterói sair desse ‘engarrafamento’ ético e moral”, celebrou o delegado.  

O deputado federal e vice-presidente estadual do PSL, Felício Laterça, também elogiou a configuração da chapa formada por Deuler e Ceotto.

“O diretório estadual do partido chancela esta chapa, que tem um direcionamento definido, de direita, voltado para o desenvolvimento econômico, para a mobilidade urbana que tanto aflige Niterói e que tem tudo para fazer história na cidade”, sentenciou Laterça.

Perfil

Alexandre Ceotto tem 45 anos, é formado em administração de empresas e fez MBA em gestão empresarial. Em 2019, foi nomeado Subsecretario de Relacionamento Institucional do governo do Estado. Em 2018, concorreu às eleições como deputado estadual.

Estudo mapeia as cidades com maior potencial de desenvolvimento no país através de indicadores que retratam inteligência, conexão e sustentabilidade - Foto: Divulgação

 Niterói é a primeira cidade do estado do Rio de Janeiro e a 11ª do país no Ranking Connected Smart Cities 2020, que qualifica as cidades mais inteligentes e conectadas do país. Feito com o objetivo de mapear as cidades com maior potencial de desenvolvimento no Brasil através de indicadores que retratam inteligência, conexão e sustentabilidade, o ranking traz indicadores desenvolvidos pela consultoria Urban Systems.  Na primeira edição, em 2015, Niterói estava em 17º lugar no país. Em 2019, a cidade estava na 12ª posição nacional.

“Nossa administração busca soluções tecnológicas inovadoras que possam ser aplicadas pública com eficiência, trazendo agilidade e aprimorando os serviços oferecidos ao cidadão de Niterói”, destaca o prefeito Rodrigo Neves. “Nos últimos anos, realizamos investimentos importantes, como o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP), o Sistema de Monitoramento e Cercamento Eletrônico, o Centro de Controle Operacional (CCO), o Sistema de Geo Informações da Defesa Civil, o Colab e o Hacknit, que permitem maior participação da sociedade, entre outras iniciativas. Esses programas, além de aumentar a qualidade e a transparência da gestão, são os responsáveis pelo bom desempenho de Niterói no ranking”.

Para o desenvolvimento do Ranking Connected Smart Cities, a Urban Systems utilizou uma metodologia própria de ponderação de indicadores, denominada de Índice de Qualidade Mercadológica (IQM). Ele coleta dados e informações de todos os municípios brasileiros com mais de 50 mil habitantes (segundo estimativa populacional do IBGE em 2019), totalizando 673 cidades, sendo: 48 com mais de 500 mil habitantes, 274 com 100 a 500 mil habitantes e 349 com 50 a 100 mil habitantes.

De acordo com a publicação, “o conceito de smart cities considerado entende que o desenvolvimento só é atingido quando os agentes de desenvolvimento da cidade compreendem o poder de conectividade entre todos os setores. Exemplo disso é a consciência de que investimentos em saneamento estão atrelados não apenas aos ganhos ambientais, como aos ganhos em saúde, que irão a longo prazo reduzir os investimentos na área (atendimentos de saúde básica) e consequentemente impactarão em questões de governança e até mesmo economia”.

O ranking também leva em conta também a importância da sustentabilidade econômica como base da sustentabilidade ambiental e social, uma vez que entende-se que não seja possível que municípios atinjam sustentabilidade ambiental ou social, sem a base de um desenvolvimento econômico que garantirá uma reprodução dos ganhos nas outras esferas.

Indicadores
 – Nos indicadores governança, educação, segurança, meio ambiente, urbanismo, Niterói também conquistou o primeiro lugar no Estado e, no ranking nacional, ficou em 7º, 23º, 15º, 4º e 10º lugares, respectivamente. Já nas áreas de saúde e de tecnologia e inovação, a cidade conquistou a segunda posição no Rio, e 10ª e 48ª no País, respectivamente.

 

Município se aproxima de 11.500 casos confirmados da doença - Foto: Divulgação

Perseverante no combate a pandemia do novo coronavírus, o município de Niterói atingiu no boletim atualizado nesta quinta-feira (10) pela prefeitura 11.306 casos de Covid-19 confirmados em moradores da cidade. E nessa nova atualização o município contabilizou mais fatais da doença em relação ao último boletim divulgado chegando a um total de 389 óbitos. 

Dos pacientes confirmados com a covid-19, 135 estão em isolamento domiciliar e sendo acompanhados pela Fundação Municipal de Saúde, 85 se encontram hospitalizados confirmados e 10.697 recuperados. Vale ressaltar que o município segue firme no isolamento social. Já está em prática na cidade um plano de retomada gradual a um novo normal. O município se encontra atualmente no estágio amarelo 2, com algumas atividades econômicas retomadas no município.

Rodrigo Neves ainda lembrou a população que os casos confirmados seguem aumentando por conta do programa de testagem massiva em moradores de Niterói através dos testes rápidos, que foram iniciados no dia primeiro de maio. Com isso o município já tem uma proporção de testes em relação a habitantes superior a cidades de países desenvolvidos com em média um teste para cada dez pessoas.  O prefeito ainda ressaltou que já foram realizados mais de 70 mil testes em moradores da cidade . Niterói é cidade que mais realiza testes no país.

Além disso o prefeito elogiou o trabalho da prefeitura que colaborou para achatar a curva de contágio no município que tem a menor taxa de letalidade do estado. A ocupação dos leitos estão atualmente em 26%.

Apesar dos bons números, o prefeito pediu para a população seguir firme no distanciamento social, saindo apenas quando necessário.

Na próxima quinta, (10)  às 20 horas, será apresentado o primeiro relatório detalhado da pesquisa realizada pelo GT de Ambulantes do Projeto de Extensão UFF nas Ruas, do Departamento de Segurança Pública (DSP), e do Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos (InEAC), que apresentará os dados consolidados sobre o ritmo da retomada da atividade econômica no comércio informal.

A pesquisa tem como objetivo fazer um levantamento do ritmo da economia informal do município a cada mês, traçando assim uma série histórica. Os dados extraídos a partir desta pesquisa poderão dar suporte para ações
e projetos extensionistas, bem como traçar um perfil do comércio ambulante na cidade e seus impactos econômicos.

Nove em cada dez trabalhadores ambulantes de Niterói tiveram queda no faturamento em agosto (90%), o primeiro mês de reabertura das atividades desde o início da pandemia de Covid-19.

A live poderá ser assistida por meio das redes sociais da Associação dos Ambulantes e do Projeto UFF nas Ruas.

Facebbok - https://www.facebook.com/Acanit-Associa%C3%A7%C3%A3o-do-Ambulante-106801...

Youtube - https://www.youtube.com/UFFnasRuas

Comprovante de residência deve ser apresentado. Veículos de emergência e prestadores de serviços de utilidade pública terão acesso livre - Foto: Divulgação

O estacionamento em cerca de dez ruas da Região Oceânica, próximas à orla, será permitido apenas para moradores, veículos de emergência e prestadores de serviços de utilidade pública até o dia 30. A proibição também vale para áreas de estacionamento criadas nas praias da Região Oceânica pelo Decreto Municipal nº 11.576/14. A determinação da NitTrans, publicada no Diário Oficial do Município desta quinta (10), é mais uma entre uma série para conter o avanço do coronavírus na cidade.

Para poderem estacionar, os moradores devem apresentar algum comprovante de residência. Os agentes de trânsito terão apoio de reboques, para a execução da medida administrativa de remoção, nos casos de desobediência.

As vias com estacionamento proibido são as avenidas Almirante Tamandaré, em Piratininga; Beira Mar, Prof. Carlos Nelson Ferreira dos Santos, Dr. Geraldo de Melo Ourivio e Rua Jaime Bittencourt, em Camboinhas; Estrada Francisco da Cruz Nunes, no trecho compreendido entre a Praça Silva Jardim e a Rua Póvoa de Varzim, em Itaipu; Avenida Beira Mar e ruas das Papoulas, das Orquídeas (trecho compreendido entre a Av. Beira Mar e a Rua das Rosas), Matias Sandri (entre a Av. Beira Mar e a Rua das Rosas), em Itacoatiara.

Junto com eles, mais 18 nomes foram escolhidos como pré-candidatos à vereadores durante convenção - Foto: Divulgação

A Conferência Municipal do PSOL Niterói escolheu, agora há pouco, por unanimidade, o nome do deputado estadual Flavio Serafini e da professora Josiane Peçanha como pré-candidatos à prefeitura e co-prefeitura de Niterói. Junto com eles, mais 18 nomes foram escolhidos como pré-candidatos à vereadores na coligação "ÀEsquerda para Mudar Niterói”, composta pelo PSOL e Unidade Popular (UP).

Flavio e Josiane são professores e têm em comum, além da defesa intransigente da educação pública, o desejo de construir uma cidade mais igualitária. Em suas falas, ambos lembraram o avanço do autoritarismo no país e comprometeram-se a combater as desigualdades em Niterói.

"Sou professora da rede municipal desta cidade, que é campeã em desigualdade econômica, de raça, classe e gênero. É com orgulho que componho esta chapa com um companheiro de luta, que é Flavio Serafini, sendo a primeira mulher negra candidata a co-prefeita de Niterói. Nosso compromisso é com uma política de combate ao racismo, ao patriarcado, à desigualdade que mata os pobres", disse Josiane Peçanha, que é pedagoga e mestre em História.

Flavio Serafini foi o deputado estadual mais votado em Niterói e é presidente da Comissão de Educação da Alerj.

"É com orgulho que, com Josiane, me comprometo em transformar a cidade combater a desigualdade. Não temos dúvida que podemos barrar a extrema direita e oferecer à população uma política mais igualitária, que combata todo o tipo de opressão, garanta direitos e que possa fazer Niterói voltar a sonhar com um futuro mais feliz".

Grupamento também embargou obras em áreas de risco na Região Oceânica e Jurujuba - Foto: Divulgação

O Grupo Executivo para o Crescimento Ordenado de Preservação das Áreas Verdes (Gecopav) da Prefeitura de Niterói realizou três importantes ações nesta semana com o objetivo de evitar a ampliação de construções irregulares em áreas de risco e encostas da cidade. No Fonseca, o grupamento demoliu duas edificações que corriam risco de desabamento. Já na Região Oceânica e em Jurujuba, os agentes públicos embargaram duas obras em locais não permitidos e notificaram os proprietários a providenciar a derrubada.

Para ajudar na fiscalização e nas ações, o Gecopav contou com a parceria da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos (Seconser), Defesa Civil Municipal, Secretaria de Ordem Pública, com a Guarda Municipal, Secretaria de Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Sustentabilidade (SMARHS) e apoio da Polícia Militar.

Na Rua Teixeira de Freitas, no Fonseca, as equipes do Gecopav realizaram uma avaliação com apoio da Defesa Civil, Empresa Municipal de Moradia, Urbanização e Saneamento (Emusa), Coordenadoria de Aluguel Social, Procuradoria Geral do Município, SMARHS e Seconser e demoliram duas casas consideradas como construções de risco, numa encosta. O procedimento atendeu também uma determinação judicial.

Obras embargadas – No bairro Santo Antônio, na Região Oceânica, foi embargado um imóvel irregular construído em área de risco e de proteção ambiental. Os fiscais entraram com medidas administrativas e, caso os responsáveis não providenciem a demolição num prazo de 30 dias, as equipes da Prefeitura realizarão o trabalho.

Na manhã desta quinta-feira (10), os agentes embargaram uma obra irregular sobre encosta rochosa em Jurujuba. A construção foi condenada pela Defesa Civil e o responsável recebeu ordem escrita de autodemolição, caso contrário a Prefeitura fará o serviço.

“Com a restrições e protocolos de combate à Covid-19, colocamos em prática um plano estratégico para monitoramento das áreas verdes da cidade, seguindo todos os parâmetros da lei e levando em consideração o aspecto social”, explica Wilton Ribeiro, secretário executivo do Gecopav.

Denúncias sobre desmatamentos ou construções em áreas de risco ou de proteção ambiental podem ser feitas pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou através do número 153 que atende no Centro Integrado de Segurança Pública (Cisp). Desde a sua criação, em 2015, mais de 1.300 pontos com possíveis irregularidades foram investigados e mais de 160 construções foram embargadas, além de outras 165 demolidas.

Entre as siglas estão o Avante, PC do B, PTB, PP, MDB e Cidadania - Foto: Divulgação

O Partido Verde (PV) oficializou, na noite desta terça-feira (08), o apoio à candidatura de Axel Grael (PDT) a prefeito e de Paulo Bagueira (Solidariedade) a vice-prefeito de Niterói. A chapa, que tem apoio do prefeito Rodrigo Neves, já firmou alianças com outros partidos em convenções municipais realizadas na última semana. Entre as siglas estão o Avante, PC do B, PTB, PP, MDB e Cidadania.

O candidato à Prefeitura de Niterói, Axel Grael, que é engenheiro florestal, relembrou sua trajetória no PV, partido ao qual era filiado desde a década de 1980, logo após sua criação, ajudando também a fundar o partido na cidade de Niterói.  

"Comecei a atuar como ambientalista em Niterói no final da década de 70, lutando contra a poluição da Baía de Guanabara causada pelas fábricas de pescados da cidade. Também levantei a bandeira do saneamento em Niterói. Logo depois, comecei a fazer a defesa da criação do Parque Estadual da Serra da Tiririca, e isso aconteceu quando eu já estava como presidente do Instituto Estadual de Florestas, em nome do Partido Verde. Porém, não houve responsabilidade maior do que a que eu tive em 2012, quando fui indicado pelo Partido Verde para ser vice-prefeito na chapa com Rodrigo Neves", relembrou o candidato.

Grael ainda ratificou o compromisso de adotar as prioridades apresentadas pelo Partido Verde, para que a cidade continue avançando na agenda da sustentabilidade.  

"Temos a grande responsabilidade de fazer o debate com a sociedade em torno de ideias, de propostas e da defesa do projeto político que o prefeito Rodrigo Neves traçou para a cidade de Niterói, e que nós, ambientalistas, temos um papel tão importante na construção desse projeto. O melhor da política de Niterói está nessa aliança que o Partido Verde está aqui oficializando. Estaremos todos no mesmo barco, que tem rumo certo e já mostrou que é capaz de fazer. Que a gente faça de Niterói uma referência de cidade sustentável, e não há como fazer isso sem a participação do Partido Verde", declarou Grael.

Quadrilha enganava vítimas para obter cartões de crédito - Foto: Divulgação/PCERJ

Dois homens foram presos, nesta quarta-feira (9), acusados de aplicar o "golpe do motoboy", para obter cartões de crédito de vítimas. Um deles foi capturado no Fonseca, Zona Norte de Niterói, enquanto tentava aplicar a prática numa senhora, moradora da região.

Agentes da 78ª DP (Fonseca) foram foram informados que a vítima estaria com um motoboy em sua porta pronto para recolher seu cartão bancário sob a alegação de que teriam feito compras com tal cartão sem o reconhecimento da titular da conta. Acreditando se tratar de mais um golpe, os policiais foram rapidamente até o endereço e encontraram um dos acusados na saída do condomínio residencial e de posse do cartão da vítima.

Após levantamento de informações, os policiais civis se deslocaram ao Bairro da Lapa, no Centro do Rio de Janeiro, onde o suspeito passaria o cartão para um comparsa, que munido da senha que foi obtida de forma fraudulenta anteriormente via contato telefônico, faria as compras.

Após certo tempo de observação a equipe avistou o o comparsa que, ao ser abordado, assumiu fazer parte da quadrilha e indicou o hotel em que estava hospedado onde foram encontradas 32 máquinas de cartão de crédito e débito, onde os saldos dos cartões das vítimas eram “descarregados”.

Segundo os integrantes detidos, a quadrilha tem grande parte de seus integrantes instalados em Belo Horizonte/MG, bem como o detido no Rio, que também é de Minas e viaja por todo Brasil aplicando os golpes, ficando cerca de 15 dias “trabalhando” e quatro dias em casa descansando.

A iluminação amarela ficará até sexta-feira, dia 11 - Foto: Berg Silva/Prefeitura de Niterói

Quem passar pelo Museu de Arte Contemporânea de Niterói de hoje até sexta-feira, dia 11 de setembro, vai vê-lo da cor amarela. A iluminação especial é pela prevenção ao suicídio. A iniciativa busca dar mais visibilidade ao problema, que, a cada dia, faz mais vítimas.

Além disso, a Secretaria Municipal de Saúde preparou uma programação para chamar a atenção para os impactos na saúde física e mental da população em meio a políticas de isolamento social, adoecimentos, crise econômica, entre outros fatores.

As atividades que marcam a data vão acontecer mesmo diante da pandemia, mas de uma forma diferente: todas serão virtuais. Durante todo o mês especialistas do município e convidados vão discutir o problema em rodas de conversas nas plataformas digitais. Também haverá cards informativos que abordam a prevenção e alertam sobre a importância do tema.

Programação:

Atividades virtuais

As rodas de conversas com especialistas da Rede de Saúde Mental sobre promoção da vida e prevenção ao suicídio vão ocorrer nos seguintes dias:

10/09, às 14h - Com os profissionais das regionais Norte I e II, centro e praias da baía. (Google Meet)

16/09, 16h- Em parceria com a Bem-TV, focado no público jovem. (YouTube)

24/09, às 14h - Com os profissionais das regionais praias da baía II, Pendotiba e região oceânica. (Google Meet)

Para receber os links dos eventos, basta enviar um e-mail com nome completo para o endereço: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Mais Artigos...

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.