28
Seg, Set

O músico Luiz Carlos Justino logo após ser solto, junto dos advogados Sônia Ferreira e Renan Gomes, da Comissão de Direitos Humanos e Assistência Judiciária da OAB-RJ - Foto: Divulgação

Foi solto neste domingo (6), por volta do meio-dia, o músico Luiz Carlos da Costa Justino, que teria sido preso por engano em Niterói, na última quarta (2). Ele e outros integrantes foram parados numa blitz, quando saíam de uma apresentação nas barcas, no Centro, por volta de 19h, na Avenida Visconde de Rio Branco. Luiz foi levado por estar sem documentos.,

Já na 76ª DP (Centro), onde os militares informaram que havia um mandado de prisão expedido contra ele por um assalto à mão armada cometido no dia 5 de novembro de 2017, no bairro da Vila Progresso. Ele teria sido reconhecido por uma vítima por meio de foto de banco de imagens.

Luiz passou quatro noites encarcerado. E mesmo após alvará de soltura expedido pelo plantão judiciário do Rio na noite deste sábado, ele foi transferido do Complexo Penitenciário de Benfica para o Complexo de Guaxindiba, em São Gonçalo, sem que seus familiares e advogados fossem comunicados.

'Nunca imaginei ser preso um dia por alguma coisa que não fiz. Fiquei numa cela com mais de 80 pessoas e nos serviram comida estragada. Fiquei com muito medo. Aquilo não é lugar para ninguém', declarou músico logo após a soltura.

No entanto, familiares de Luiz afirmam que, no dia e hora em que aconteceu o crime pelo qual ele está sendo acusado (um domingo, às 8h30), o músico estava tocando com a Orquestra de Cordas da Grota.

Morador da comunidade da Grota do Surucucu, em São Francisco, casado e pai de uma criança de 3 anos, o jovem violoncelista negro, de 23 anos, integra a Orquestra da Grota, em Niterói, desde os 6 anos de idade.

Na sexta-feira (4), o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, se manifestou em defesa de músico preso. e integrantes da Orquestra da Grota foram até o Presídio de Benfica, na tarde deste sábado (5), fazer uma apresentação em protesto à prisão do músico.

A Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap), declarou que Luiz permaneceu preso pois ainda aguardava-se o recebimento oficial do alvará de soltura, mas não explicou o motivo da transferência.

Para a advogada Sônia Ferreira Soares, integrante da Comissão de Direitos Humanos da OAB-RJ, a prisão foi arbitrária e ilegal e que a OAB acionará o Estado no Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ).

 

 

Familiares do músico afirmam que, no dia e hora em que aconteceu o crime pelo qual ele está sendo acusado, o músico estava tocando com a Orquestra de Cordas da Grota - Foto: Divulgação

Integrantes da Orquestra da Grota foram até o Presídio de Benfica, na tarde deste sábado (5), fazer uma apresentação em protesto à prisão do músico Luiz Carlos Justino, preso na última quinta-feira (3), durante uma blitz, no Centro de Niterói. De acordo com policiais militares, havia um mandado de prisão em aberto por assalto à mão armada.

Familiares do músico afirmam que, no dia e hora em que aconteceu o crime pelo qual ele está sendo acusado (dia 5 de novembro de 2017, em um domingo, às 8h30), o músico estava tocando com a Orquestra de Cordas da Grota.

O Tribunal de Justiça do Rio (TJRJ) informou que foi ajuizada uma petição para revogação de prisão, na última quinta-feira (3). O processo está em análise no Ministério Público do Rio (MPRJ) para posicionamento e posterior decisão da Justiça.

Na sexta-feira (4), o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves, se manifestou em defesa de músico preso.

Rodrigo afirmou que, em conversa com o maestro e professor do grupo, Paes Selles, foi informado que o rapaz estava trabalhando no dia em que aconteceu o crime e existem provas disso. O prefeito acredita que o rapaz está sendo vítima de uma injustiça.

"Um jovem, músico, negro e morador de uma comunidade, está sofrendo ao que tudo indica, uma injustiça. E isso não pode perdurar. Peço atenção a esse caso grave contra um jovem niteroiense de uma comunidade de nossa cidade. Que o mais rápido possível o recurso judicial feito pelo advogado da família possa ser acolhido e que Luiz Carlos seja colocado em liberdade e a injustiça reparada", afirmou Rodrigo Neves.

Presos são réus no inquérito que investiga a morte do pastor Anderson do Carmo - Foto: Reprodução/TV Globo

A Justiça determinou que os filhos da deputada federal Flordelis (PSD-RJ), presos na Operação Lucas 12, no último dia 24 de agosto, fiquem em prisões separadas. Todos já foram transferidos para unidades prisionais no Complexo de Gericinó, em Bangu.

O juiz que proferiu a decisão destaca que os presos, réus na investigação sobre a morte do pastor Anderson do Carmo, devem ficar também longe de Flávio dos Santos Rodrigues, apontado como executor do padrasto. Eles estariam divididos em apenas duas unidades, sendo uma masculina e outra feminina.

Interessados podem se inscrever gratuitamente pela internet até o dia 9 de outubro - Foto: Divulgação/Marcos Alves

A edição 2020 do HackNit, que acontecerá de 23 a 25 de outubro, já recebeu a inscrição de 14 equipes. O período de inscrição prossegue até o dia 9 de outubro. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pela internet. Serão selecionadas 30 equipes e a primeira colocada receberá R$ 25mil, a segunda ficará com R$ 15mil, e a terceira com R$ 5mil. Em sua terceira edição, esta será a primeira vez que o evento acontecerá no formato virtual. A medida foi adotada em virtude da pandemia do novo coronavírus.

Este ano, a maratona tecnológica para desenvolver soluções para desafios específicos da Prefeitura de Niterói, terá como tema “Cidades inteligentes”. Nesta edição, esses desafios serão gerados pelos três eixos do planejamento estratégico “Niterói Que Queremos”, mais votados na consulta pública feita em março, no portal Colab: Niterói Organizada e Segura (infraestrutura, mobilidade, segurança e resiliência); Niterói Educacional e Inovadora (qualidade no ensino e estímulo ao ambiente inovador e criativo) Niterói Saudável (saúde pública, universalização do tratamento de esgoto e água e resíduos sólidos). Um quarto eixo foi incluído referente à atenuação dos impactos da pandemia do novo coronavírus no âmbito socioeconômico no Município: Desenvolvimento Socioeconômico no pós Covid-19.

O HackNit é coordenado pela Secretaria de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão (Seplag) de Niterói. Para se inscrever, os interessados devem preencher o formulário disponível no portal eletrônico do evento (www.hacknit.niteroi.rj.gov.br), até as 18 horas do dia 9 de outubro. Os participantes deverão se inscrever em equipes de três a cinco pessoas. Não serão aceitas inscrições realizadas de forma individual.

Niterói já é a 12ª cidade mais inteligente do Brasil e busca, cada vez mais, avançar neste ranking. “O quê uma cidade precisa ter para ser inteligente?” Esta será a pergunta que irá direcionar a concepção dos quatro desafios que serão apresentados no primeiro dia da maratona. A secretária municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Ellen Benedetti, destaca que esta terceira edição do HackNit traduz o quanto o projeto se desenvolveu como ferramenta e como canal de participação ativa da população para alcançar soluções inovadoras para a cidade.

“A pesquisa realizada no Colab.re, no início do ano, e o engajamento de um número recorde de servidores de toda a Prefeitura na elaboração dos desafios demonstram o potencial e vocação que Niterói tem como cidade inteligente e sustentável”, diz a secretária.

Mentores 

O evento contará com mentores on-line, que devem orientar o desenvolvimento dos produtos durante todo o período de atividade. Os mentores internos serão os representantes das secretarias envolvidas nos desafios. Os mentores externos serão convidados com base em comprovado conhecimento técnico em áreas temáticas dos desafios ou relacionados à inovação, tecnologia, empreendedorismo e outros temas pertinentes. Todos os mentores estarão disponíveis em horários pré-estabelecidos a serem divulgados no primeiro dia do evento.

Os desafios serão apresentados durante o primeiro dia do evento na plataforma online, e a Comissão Organizadora não limitará a quantidade de equipes por desafio, permitindo que as equipes escolham livremente o tema que desejam se engajar. As apresentações dos projetos desenvolvidos ao longo do evento deverão ser gravadas em formato de vídeo e serão postadas no canal do HackNit no Youtube.

Para o prefeito, jovem está sendo vítima de uma injustiça - Foto: Reprodução/Redes sociais/Rodrigo Neves

O prefeito de Niterói Rodrigo Neves (PDT) se manifestou em defesa do jovem Luiz Carlos, preso na quinta-feira (3), no Centro de Niterói, com um mandado de prisão preventiva por um suposto crime de roubo.

De acordo com o que publicou Neves, em suas redes sociais, o homem é músico e integrante do projeto Orquestra da Grota, localizado na comunidade de mesmo nome, há 16 anos. Ele foi foi detido ao chegar nas Barcas por haver, contra ele, uma acusação de roubo de celular, que teria acontecido em 2017.

Ainda segundo a publicação do prefeito, o rapaz nunca foi ouvido e a investigação é muito superficial aponta tão somente reconhecimento da vítima (que sofreu a ocorrência de roubo de celular com 4 elementos) através de uma foto.

Rodrigo afirmou que, em conversa com o maestro e professor do grupo, Paes Selles, foi informado que o rapaz estava trabalhando no dia em que aconteceu o crime e existem provas disso. O prefeito acredita que o rapaz está sendo vítima de uma injustiça.

"Um jovem, músico, negro e morador de uma comunidade, está sofrendo ao que tudo indica, uma injustiça. E isso não pode perdurar. Peço atenção a esse caso grave contra um jovem niteroiense de uma comunidade de nossa cidade. Que o mais rápido possível o recurso judicial feito pelo advogado da família possa ser acolhido e que Luiz Carlos seja colocado em liberdade e a injustiça reparada", afirmou Rodrigo Neves.

A polícia foi procurada mas, até a publicação desta matéria, não havia respondido. Assim que o fizer, este texto será atualizado.

Município contabiliza 378 óbitos - Foto: Douglas Macedo / Prefeitura de Niterói

A Secretaria Municipal de Saúde de Niterói informa que o município já tem 10.361 pacientes recuperados da Covid-19. Ao todo, a cidade registra 10.960 casos confirmados da doença e 135 pessoas em isolamento domiciliar sendo acompanhados pela Secretaria.

Niterói registra 378 óbitos.  

Outros índices que apresentaram quedas expressivas foram roubo de rua (68,70%) e roubo de veículos (60%) - Foto: Divulgação

Os dados parciais do mês de agosto divulgados nesta sexta-feira (4) pelo Observatório de Segurança de Niterói mostram que, mesmo após a retomada gradual das atividades dentro do Plano de Transição Gradual Para o Novo Normal, o município segue registrando queda nos principais indicadores de criminalidade. Os índices que foram apurados pelo Observatório junto às delegacias demonstraram no mês de agosto, se comparado ao mesmo período do ano passado, uma redução de 50% no indicador letalidade violenta. Outros índices que apresentaram quedas expressivas foram roubo de rua (68,70%) e roubo de veículos (60%).

"Nós seguimos, nos últimos três anos, com a redução dos índices de criminalidade na nossa cidade", informa o prefeito Rodrigo Neves. "Entre janeiro e agosto de 2020, tivemos menos 100 mortes de cidadãos de Niterói, por conta da redução da violência, na comparação com o mesmo período em 2019. Também tivemos a queda de 60% no roubo de veículos, com menos 777 veículos roubados, um resultado fruto do cerco eletrônico, do monitoramento das câmeras pelo Centro Integrado de Segurança Pública, programas como o Niterói Presente e o Proeis, a atuação da Guarda Municipal e da ação integrada com as polícias Civil, Militar, Federal e Rodoviária. O roubo a pedestres diminuiu 68%, o equivalente a menos 1397 casos, mesmo após termos retomados várias atividades e, como consequência, a circulação de pessoas. Estamos avançando em todas as frentes".

O levantamento mostra que nas regiões da 76ª DP (Centro), 77ª DP (Icaraí), 79ª DP (Charitas) e 81ª DP (Região Oceânica) não foi registrado nenhum roubo de veículos desde a segunda quinzena de agosto.

"Esses dados reforçam que as ações conjuntas, integradas e planejadas entre as forças de segurança e com o apoio e ferramentas disponibilizadas pela Prefeitura de Niterói continuam surtindo efeito”, afirma o secretário de Gestão Integrada de Segurança, Gilson Chagas.

No acumulado (janeiro a agosto), ao se analisar a letalidade violenta, o ano de 2020 apresenta redução de 57,89%, o que representa menos 99 vítimas quando comparado com o mesmo período de 2019. A redução ocorreu em todas as regiões.

Roubo de rua 

O Observatório também aponta que em relação a roubo de rua, foram 77 registros em 2020 contra 246 em 2019, uma redução de 68,70% ou menos 169 registros. No acumulado de janeiro a agosto são menos 1.397 registros o que representa uma queda geral de roubos de rua na cidade de 54,81%. É o melhor mês de agosto da série histórica iniciada no ano de 2003.

Na análise do mês de agosto de 2020 em relação agosto 2019 as maiores quedas foram na 76ª DP com -83,33%, 77ª DP com -72,41%,78ªDP com -58,51%,79ª DP com -60,87%, e 81ª DP com -67,86%.

Veículos – Com relação ao roubo de veículos, a redução se manteve como uma das maiores dos últimos 15 anos, com - 68,79%. A redução foi de 49,32% na 76ªDP, 81,93% na 77ª DP, 62,26% na 78ªDP e 67,41% na área da 81ª DP.

“Esses números são um exemplo claro e refletem as ações e o trabalho que estamos realizando na cidade”, afirma o tenente-coronel Sylvio Guerra, comandante do 12º Batalhão de Polícia Militar de Niterói.

Interessados em participar da maratona tecnológica podem se inscrever gratuitamente pela internet até o dia 9 de outubro - Foto: Divulgação

A edição 2020 do HackNit, que acontecerá de 23 a 25 de outubro, já recebeu a inscrição de 14 equipes. O período de inscrição prossegue até o dia 9 de outubro. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pela internet. Serão selecionadas 30 equipes e a primeira colocada receberá R$ 25mil, a segunda ficará com R$ 15mil, e a terceira com R$ 5mil. Em sua terceira edição, esta será a primeira vez que o evento acontecerá no formato virtual. A medida foi adotada em virtude da pandemia do novo coronavírus.

Este ano, a maratona tecnológica para desenvolver soluções para desafios específicos da Prefeitura de Niterói, terá como tema “Cidades inteligentes”. Nesta edição, esses desafios serão gerados pelos três eixos do planejamento estratégico “Niterói Que Queremos”, mais votados na consulta pública feita em março, no portal Colab: Niterói Organizada e Segura (infraestrutura, mobilidade, segurança e resiliência); Niterói Educacional e Inovadora (qualidade no ensino e estímulo ao ambiente inovador e criativo) Niterói Saudável (saúde pública, universalização do tratamento de esgoto e água e resíduos sólidos). Um quarto eixo foi incluído referente à atenuação dos impactos da pandemia do novo coronavírus no âmbito socioeconômico no Município: Desenvolvimento Socioeconômico no pós Covid-19.

O HackNit é coordenado pela Secretaria de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão (Seplag) de Niterói. Para se inscrever, os interessados devem preencher o formulário disponível no portal eletrônico do evento (www.hacknit.niteroi.rj.gov.br), até as 18 horas do dia 9 de outubro. Os participantes deverão se inscrever em equipes de três a cinco pessoas. Não serão aceitas inscrições realizadas de forma individual.

Niterói já é a 12ª cidade mais inteligente do Brasil e busca, cada vez mais, avançar neste ranking. “O quê uma cidade precisa ter para ser inteligente?” Esta será a pergunta que irá direcionar a concepção dos quatro desafios que serão apresentados no primeiro dia da maratona. A secretária municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão, Ellen Benedetti, destaca que esta terceira edição do HackNit traduz o quanto o projeto se desenvolveu como ferramenta e como canal de participação ativa da população para alcançar soluções inovadoras para a cidade.

“A pesquisa realizada no Colab.re, no início do ano, e o engajamento de um número recorde de servidores de toda a Prefeitura na elaboração dos desafios demonstram o potencial e vocação que Niterói tem como cidade inteligente e sustentável”, diz a secretária.

 

Mentores - O evento contará com mentores on-line, que devem orientar o desenvolvimento dos produtos durante todo o período de atividade. Os mentores internos serão os representantes das secretarias envolvidas nos desafios. Os mentores externos serão convidados com base em comprovado conhecimento técnico em áreas temáticas dos desafios ou relacionados à inovação, tecnologia, empreendedorismo e outros temas pertinentes. Todos os mentores estarão disponíveis em horários pré-estabelecidos a serem divulgados no primeiro dia do evento.

Os desafios serão apresentados durante o primeiro dia do evento na plataforma online, e a Comissão Organizadora não limitará a quantidade de equipes por desafio, permitindo que as equipes escolham livremente o tema que desejam se engajar. As apresentações dos projetos desenvolvidos ao longo do evento deverão ser gravadas em formato de vídeo e serão postadas no canal do HackNit no Youtube.

Atividades econômicas terão de cumprir regras de higiene, distanciamento social e uso de máscara - Foto: Divulgação

A Prefeitura de Niterói vai permitir, a partir da terça-feira (8), a retomada das atividades dos quiosques da orla da cidade e também a volta das feiras livres nas ruas. Para poderem funcionar, será preciso cumprir todas as regras de higiene, uso de máscara e distanciamento social determinadas pelos órgãos municipais. Os quiosques só terão autorização para abrir nos horários em que as praias estiverem liberadas para atividades físicas individuais, das 6h às 12h30 e das 16h às 22 horas.

"Não é possível ter um fiscal em cada rua, em cada canto de Niterói. Cada cidadão tem que seguir as medidas de prevenção ao coronavírus e orientar seus familiares, vizinhos e amigos. Temos observado um aumento de casos e mortes por Covid-19 com a retomada das atividades em outras cidades. Em Niterói, isso não aconteceu porque estamos todos engajados, governo municipal e cidadãos, no cumprimento dos protocolos. Mas só vamos continuar vencendo essa batalha pela vida se cada um de nós fizer a sua parte", disse o prefeito de Niterói, Rodrigo Neves.

O secretário municipal de Ordem Pública, Paulo Henrique de Moraes, frisou que as barreiras sanitárias continuam funcionando, em especial nas entradas da cidade e no acesso às praias da Região Oceânica. Mais de mil estabelecimentos já foram autuados por não cumprirem os protocolos sanitários estabelecidos pela Secretaria Municipal de Saúde e cerca de mil pessoas foram multadas por não usarem máscaras nos últimos quatro meses.

"Esta pandemia tem nos trazido muitos desafios que só podem ser enfrentados com efetividade pelo conjunto da sociedade. A Guarda Municipal e a Fiscalização de Posturas têm orientado os estabelecimentos e as pessoas sobre o seu papel para deter o avanço do coronavírus. A nossa prioridade é a conscientização da população", ressaltou Paulo Henrique. "Peço que evitem as praias. A praia é liberada apenas para exercícios físicos individuais, em horários específicos. A permanência nesse local aumenta o risco de contaminação pelo coronavírus. Continuamos fazendo as barreiras e fiscalizando para conseguir manter sob controle a pandemia na nossa cidade".

Benefícios sociais - A secretária municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão (Seplag), Ellen Benedetti, informou que as recargas do mês de setembro dos cartões pré-pagos para os beneficiários dos programas Renda Básica, Busca Ativa e para os Microempreendedores Individuais (MEIs) começa no próximo dia 8. Neste dia, será realizado o depósito para os MEIs. No dia 9, será a vez de todas as categorias profissionais do Busca Ativa, como quiosqueiros, catadores de recicláveis, artesãos, vendedores ambulantes cadastrados, entre outros.

Os beneficiários inscritos no CadÚnico terão a recarga efetuada nos dias 10, 11 e 12. No dia 10, recebem o crédito os inscritos com iniciais do nome de A até F. No dia 11, será a vez daqueles com nomes iniciados pelas letras de G até M. E no dia 12, aqueles com nomes iniciados de N até Z. As famílias de alunos da rede municipal de ensino não inscritas no CadÚnico terão a recarga efetuada nos dias 13 e 14. De acordo com o cronograma de ordem alfabética, no dia 13 recebem os responsáveis com nomes iniciados pelas letras de A até J. No dia 14, aqueles com a letra inicial do nome de K até Z.

Economia – O prefeito Rodrigo Neves informou que a Câmara de Vereadores aprovou o projeto de lei para prorrogar o auxílio emergencial de R$ 500 para taxistas e motoristas de vans escolares até dezembro. O crédito será feito no dia 16 de setembro.

As micro e pequenas empresas que fazem parte do segundo lote de habilitados para os empréstimos do programa Supera Mais, poderão, a partir da próxima semana, acessar o site da Secretaria Municipal de Fazenda para enviar os documentos necessários para a obtenção do crédito. Segundo a secretária Giovanna Victer, a lista pode ser consultada no site da SMF. Ela informou ainda que as empresas inscritas no programa Empresa Cidadã 1 receberão os recursos para pagamento da folha na última quarta-feira (2). O repasse para as empresas do Empresa Cidadã 2 será realizado nesta sexta-feira (4).

Boletim - A Secretaria Municipal de Saúde de Niterói informa que o município já tem 10.297 pacientes recuperados da Covid-19. Ao todo, a cidade registra 10.895 casos confirmados da doença e 138 pessoas em isolamento domiciliar sendo acompanhados pela Secretaria. Niterói registra 376 óbitos.

Canteiro de obras está em fase de montagem. Intervenções para construção da Plataforma Digital já começaram - Foto: Luciana Carneiro/Prefeitura de Niterói

A Companhia de Limpeza Urbana de Niterói (Clin) terminou, nesta semana, o mutirão de limpeza no Complexo do Viradouro, em Santa Rosa. A equipe, que contou com 40 funcionários e maquinários atuando na comunidade por aproximadamente uma semana, recolheu um total de 22 toneladas de resíduos. As comunidades do Viradouro e Morro da União receberão obras de urbanização. O canteiro de obras, de acordo com a Emusa, já está em fase de montagem. O investimento da Prefeitura de Niterói neste projeto é de R$ 50 milhões.

O trabalho da Clin incluiu varrição, coleta, serviço de capina, roçadeira e limpeza de encostas. Uma campanha de conscientização foi realizada junto aos moradores. O objetivo foi orientar os moradores da região sobre o descarte correto dos resíduos.

“Além da limpeza que nossas equipes realizaram, este trabalho de conscientização da população quanto ao descarte correto de resíduos também é muito importante. Entendemos que sem a colaboração da população fica impossível manter o local sempre em perfeitas condições de limpeza e conservação, para uma melhor qualidade de vida”, disse o presidente da Clin, Luiz Carlos Fróes Garcia.

 

Benefícios à população - As intervenções nestas comunidades vão gerar 200 empregos diretos e a mão de obra contratada será do local. A região terá abertura de vias e obras de saneamento, além de ganhar uma plataforma urbana/escola técnica, centro cultural e quadra poliesportiva.

Na área de infraestrutura, haverá pavimentação com a requalificação das vias, melhoria das calçadas além da rede drenagem, com a construção e reforma das canaletas e intervenções para a contenção de encostas. O projeto também apresenta a implantação e reconstrução dos pontos de iluminação pública. As ruas Desembargador Diniz do Vale e Doutor Almir Madeira terão as escadarias revitalizadas, o que garantirá o acesso às edificações do alto da comunidade, através de escadas amplas, iluminadas e com paisagismo.

Serão construídos três novos espaços de convivência com equipamentos de lazer. O campo dos Padres, como é tradicionalmente conhecido, receberá a revitalização completa, com instalação de gramado sintético. Na mesma área, serão construídas uma quadra poliesportiva e uma praça.

Uma outra quadra, localizada entre a Estrada Celso Peçanha e a Rua Nossa Senhora das Graças, será revitalizada e ganhará uma área de recreação infantil. Na Travessa Padre Cícero, uma outra praça será implantada.

 

Plataforma Digital – As obras levarão inúmeros benefícios à população, não apenas na área urbana, mas também na área social. O projeto contempla, também, a construção de uma Plataforma Urbana Digital, nos mesmos moldes da que funciona no bairro da Engenhoca, oferecendo aos jovens cursos profissionalizantes. As obras para a construção da plataforma já foram iniciadas.

Município já recuperou mais de 10.800 pacientes - Foto: Divulgação

Perseverante no combate a pandemia do novo coronavírus, o município de Niterói atingiu no boletim atualizado nesta quinta-feira (03) pela prefeitura 10.895 casos de Covid-19 confirmados em moradores da cidade. E nessa nova atualização o município contabilizou mais casos fatais da doença em relação ao último boletim divulgado chegando a um total de 376 óbitos.  

Dos pacientes confirmados com a covid-19, 138 estão em isolamento domiciliar e sendo acompanhados pela Fundação Municipal de Saúde, 84 se encontram hospitalizados confirmados e 10.301 recuperados. Vale ressaltar que o município segue firme no isolamento social. Já está em prática na cidade um plano de retomada gradual a um novo normal. O município se encontra atualmente no estágio amarelo, com algumas atividades econômicas retomadas no município.

Rodrigo Neves ainda lembrou a população que os casos confirmados seguem aumentando por conta do programa de testagem massiva em moradores de Niterói através dos testes rápidos, que foram iniciados no dia primeiro de maio. Com isso o município já tem uma proporção de testes em relação a habitantes superior a cidades de países desenvolvidos com em média um teste para cada dez pessoas.  O prefeito ainda ressaltou que já foram realizados mais de 65 mil testes em moradores da cidade . Niterói é cidade que mais realiza testes no país.

Mais Artigos...

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.