08
Qua, Jul

Subestação ganhou novos equipamentos com tecnologia de ponta e poderá garantir o atendimento a futuros aumentos de demanda em Niterói - Foto: Divulgação

A Enel Distribuição Rio concluiu a obra de modernização da Subestação Icaraí, em Niterói. O local ganhou novos equipamentos, com tecnologia de última geração, e vai garantir o aumento da confiabilidade do fornecimento de energia para os 46 mil clientes que são atendidos pela subestação. O investimento total da obra é de R$ 4,5 milhões e será possível garantir o atendimento a futuros aumentos de demanda nos bairros de Icaraí, São Francisco, Vital Brasil, Santa Rosa, Beltrão e Viradouro.

“Temos o forte compromisso com nossos clientes e população da nossa área de concessão, de fazer importantes investimentos que melhorem e ampliem a qualidade e a capacidade do fornecimento de energia. Com essa obra, especificamente, levaremos mais capacidade, conforto e qualidade no fornecimento para os nossos clientes, ainda mais nesse momento de pandemia, reforçando a infraestrutura de distribuição de energia na cidade”, afirma Artur Tavares, presidente da Enel Distribuição Rio.

As blindadas (espécies de grandes caixas que possuem a função de armazenar equipamentos da rede de média tensão) foram substituídas e também foi construído um novo prédio, que armazenará todo o sistema de distribuição de energia.

A modernização da Subestação Icaraí faz parte de um pacote de melhorias que a distribuidora tem feito nos últimos anos na cidade. Os avanços positivos na frequência e na duração de interrupções de energia estão registrados nos indicadores oficiais acompanhados pela Agência Nacional de Energia Elétrica, órgão regulador do setor. No primeiro trimestre deste ano, o tempo médio das interrupções de energia por cliente (DEC) e a quantidade média de vezes que os clientes ficam sem energia (FEC) melhoraram 17,4% e 13,4%, respectivamente, os melhores indicadores da história da empresa.

Fogo já foi controlado e não há registro de vítimas - Foto: Arquivo OFlu

O Corpo de Bombeiros foi acionado para controlar um incêndio, no começo da tarde desta segunda-feira (15), no bairro do Barreto, Zona Norte de Niterói.

De acordo com a corporação, o fogo já foi controlado e não há informação de vítimas. A ocorrência aconteceu em uma residência, num condomínio localizado na Rua Benjamin Constant, altura do número 442.

O Quartel de Niterói foi acionado às 12h40 para combater as chamas. Ainda não é possível confirmar as causas do incêndio.

Canto da praia está sendo revitalizado e terá melhorias voltadas para pessoas com deficiências físicas - Foto: Berg Silva / Divulgação

O Canto de Itaipu, na Região Oceânica de Niterói, receberá cara nova: uma revitalização completa está sendo feita em um dos locais mais bonitos da cidade. O projeto, coordenado pela Secretaria Municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão (Seplag) teve uma atenção especial para melhorar a acessibilidade para deficientes físicos.

A concepção do projeto de adaptação, voltado para aqueles que possuem dificuldades de locomoção, surgiu de uma visita, em 2018, da então secretária de Acessibilidade do Município, Tânia Rodrigues, ao deputado federal e morador de Niterói Chico d'Angelo (PDT-RJ).

"A Tânia esteve no meu gabinete em Brasília, em 2018, e me pediu que colocasse uma emenda para que esse recurso entrasse em 2019, ela era secretária de Acessibilidade na época. Eu me comprometi a colocar uma emenda. Tânia me sinalizou qual era o projeto, tinha muito a ver a questão da acessibilidade em praias e ela queria começar por Itaipu", contou o deputado.

Tânia Rodrigues, uma das mais representativas vozes dos direitos de pessoas com deficiência, explicou o objetivo do projeto. Para ela, a praia é uma forma gratuita de socialização entre as pessoas, por isso a importância de existir uma forma para que todos tenham acesso.

"Eu acho que na socialização das pessoas, a praia é muito importante. É um espaço onde você não precisa pagar para estar. O mar de Itaipu é muito bom, prazeroso, tem vários restaurantes por ali e a pessoa pode passar o dia inteiro. As pessoas que têm lesão medular não podem ficar no sol, por isso a necessidade de se fazer barracas e ter pessoas qualificadas para ajudar o deficiente a ir ao mar", disse Tânia.

O deputado Chico d'Ângelo aprovou o projeto, e, através de uma emenda, providenciou verba exclusiva para que fosse realizada a adaptação para deficientes físicos. Ele destacou a atenção que Niterói tem dado a esse público específico.

"Eu achei super interessante a ideia, Niterói é uma cidade com muitas praias e olha a questão da acessibilidade com muito empenho, existe uma secretaria para isso, o que outras cidades não têm. Disponibilizei R$ 300 mil para Tânia fazer o projeto, numa emenda minha. Ela apresentou o projeto e vi há poucos dias que já está em fase bastante avançada", destacou Chico d'Angelo.

O parlamentar faz questão de ressaltar o sentimento positivo em ter participado da execução de uma obra que trará benefícios tão importantes para a cidade. Mesmo tendo nascido em Campos dos Goytacazes, d'Ângelo afirma que adotou Niterói como sua cidade.

"É um sentimento de gratidão e retorno para a cidade pela qual tenho um carinho e um afeto muito grande. Niterói é a cidade onde minhas duas filhas nasceram, onde eu vim jovem para morar. Adotei Niterói como minha cidade, apesar de ter nascido em Campos. Quando eu vejo uma obra com participação minha, sinto satisfação, tenho orgulho por fazer uma coisa que vai ficar para sempre", concluiu o deputado.

Estudos - Segundo a Prefeitura de Niterói, para o projeto de requalificação urbanística do Canto de Itaipu, foram realizados levantamentos técnicos por arquitetos e engenheiros da Prefeitura, reunindo as equipes do PRO Sustentável e da Coordenadoria de Acessibilidade de Niterói.

Foi realizada a pavimentação de toda a vila de pescadores, integrando todas as áreas da vila, desde o estacionamento até o último acesso à praia, contemplando quatro descidas pavimentadas de acesso direto à faixa de areia, além da implantação de três rampas de acessibilidade.

A área ganhou, ainda, um palco de eventos acessível, onde foi construída uma rampa nesta estrutura para facilitar o acesso por qualquer pessoa cadeirante ou idosa. Também foram alocadas vagas exclusivas para pessoas que possuem mobilidade reduzida, democratizando o acesso à vila de pescadores.

Sem barreiras - A Coordenadoria explica que o projeto foi todo pensado para que o local, futuramente, receba o Projeto Praia sem Barreiras, com rampas, esteira e cadeira anfíbio, que permite que pessoas com deficiência tenham acesso à praia.

O mesmo projeto já acontece, desde 2015, na Praia de Icaraí. As obras de requalificação urbanística tiveram um custo total de cerca de R$ 1,9 milhão, com a realização de serviços de drenagem, pavimentação, construção de rampas, decks, pergolados e edificações de apoio a economia local. A primeira fase das obras foi entregue no começo do mês e a segunda deve ser concluída no segundo semestre de 2020.

 

O valor será pago em parcela única - Foto: Elza Fiuza/Agência Brasil

Os microempreendedores individuais do setor de beleza que se cadastraram no site da Secretaria de Fazenda de Niterói receberão o auxílio de R$ 1 mil nesta segunda-feira (15).

Cabeleireiros, profissionais de estética, de cuidados com a beleza e podólogos puderam se cadastrar, entre os dias 1° e 10 de junho, para receber o auxílio. O valor de R$ 1 mil será pago em parcela única.

Para ter direito ao auxílio, os microempreendedores individuais que atuam no setor não precisam ter alvará no município. Entretanto, terão que cumprir os seguintes pré-requisitos: não terem sido beneficiados por outros programas de auxílio financeiro mensal, aprovados por Leis Municipais; terem inscrição ativa no CNPJ; terem adquirido sua inscrição no CNPJ antes do dia 1º de março de 2020; não serem servidores públicos, ainda que aposentados, ou pensionistas; não serem sócios de sociedades empresárias ativas; não serem pessoas politicamente expostas ou evidenciar riqueza desproporcional ao rendimento máximo auferido por um microempreendedor individual.

“O apoio é importante para uma categoria que ficou prejudicada por conta das regras do isolamento social. São na sua maioria mulheres chefes de família. Cuidam dos filhos, netos e tomam conta dos mais velhos. O auxílio chega em um momento muito importante”, explicou a secretária de Fazenda de Niterói, Giovanna Victer.

A secretária municipal de Fazenda, informou, ainda, que a Prefeitura segue em conversações com outras instituições bancárias para ampliar a oferta de crédito através do programa Niterói Supera.

Delegado diz que Flávio, filho do pastor assassinado, teria sido único autor dos disparos e que investigação está no final - Foto: Marcelo Feitosa

Na semana em que completa um ano do assassinato do pastor Anderson do Carmo, que aconteceu em 16 de junho de 2019, o delegado Allan Duarte, titular da Delegacia de Homicídios (DH) de Niterói, afirma que a investigação está perto de ser concluída.

"O desfecho está muito próximo", disse Duarte. De acordo com o delegado, o laudo pericial feito a partir da reconstituição do crime confirmou que todos os elementos indicam Flávio dos Santos Rodrigues, enteado do pastor e filho da deputada federal Flordelis (PSD-RJ), como único autor dos disparos. A reconstituição descartou que tenha havido um segundo atirador.

"Todos os elementos apontam que foi o Flávio o único autor dos disparos que mataram o pastor", pontuou Allan Duarte.

Allan confirmou que os novos depoimentos, colhidos ao longo do primeiro semestre deste ano, foram fundamentais e ajudaram a esclarecer "os últimos contextos em que ainda restavam dúvidas". Segundo o delegado, a fase de oitivas referentes à investigação foi encerrada.

"Todo o contexto probatório foi analisado e já está concluído", completou o delegado.

Memória 

Na madrugada de 16 de junho de 2019, o pastor Anderson do Carmo foi morto a tiros no espaço entre o closet e a garagem da casa onde vivia com Flordelis e seus 55 filhos, no Badu, Região de Pendotiba, em Niterói, após retornar de uma confraternização, em que esteve junto com a esposa. Inicialmente, a parlamentar sustentou a versão de um assalto.

No entanto, logo a versão de latrocínio caiu por terra. No dia 20, durante o funeral de Anderson, Flávio foi preso, inicialmente por ter um mandado em aberto por um caso de violência doméstica. Um dia antes, Lucas Cézar dos Santos de Souza, filho adotivo do casal, também havia sido preso.

Indiciamento - Os irmãos foram indiciados pelo crime de homicídio qualificado ao final da primeira fase do inquérito, que foi desmembrado em dois. A primeira ação referente à segunda fase foi a reconstituição do crime, feita no dia 21 de setembro.

Flordelis apresentou, em setembro de 2019, uma suposta carta escrita por Lucas, na qual ele assumiria sozinho a autoria do crime, inocentava Flávio e atribuia a mentoria a outro irmão, o vereador de São Gonçalo Misael da Flordelis (MDB). No entanto, meses depois, a investigação encontrou indícios de fraude na correspondência.

Em 22 de janeiro deste ano, o delegado Allan Duarte assumiu as investigações, após a então titular da DH de Niterói, Bárbara Lomba, ser transferida para a 11ª DP (Rocinha).

Desde a morte do pastor, sua mãe, Maria Edna do Carmo, e sua irmã, Michele do Carmo, também acabaram morrendo. A primeira foi acometida por um infarto, enquanto a segunda não resistiu à uma leucemia. O aparelho celular do pastor nunca foi encontrado. (Colaborou Marcelo Feitosa)

 

A expectativa é preservar pelo menos 12 mil empregos com os dois programas - Foto: Berg Silva/Prefeitura de Niterói

As empresas que se cadastraram nos programas Empresa Cidadã 1 e 2 terão um prazo entre esta terça-feira (16) e 2 de julho para entrar no site da Secretaria Municipal de Fazenda de Niterói para revalidar o termo de adesão aos programas.

Como o programa foi prorrogado e vai auxiliar as empresas na folha de pagamento de seus funcionários por cinco meses, e não mais por três meses, as empresas terão que se comprometer, em novo termo de adesão, a não reduzir postos de trabalho por até oito meses. A expectativa é preservar pelo menos 12 mil empregos com os dois programas.

O programa Empresa Cidadã 1 atende empresas com até 19 funcionários, que terão auxílio no pagamento de um salário mínimo para até nove empregados. Já o Empresa Cidadã 2 prevê o depósito de um salário mínimo para até nove empregados de empresas, entidades religiosas e organizações sindicais com até 40 funcionários sediadas na cidade.

“Esse apoio às empresas é muito importante para a economia de Niterói. Nós temos também um grupo de trabalho com entidades empresariais que está estruturando um plano de retomada da atividade econômica que será apresentado até o fim deste mês”, afirmou o prefeito Rodrigo Neves.

Ao todo, a cidade registra 3.967 casos confirmados da doença - Foto: Marcelo Feitosa

Niterói registra 161 óbitos por coronavírus segundo boletim divulgado na noite deste sábado (13). Ao todo, a cidade registra 3.967 casos confirmados da doença e 939 pessoas em isolamento domiciliar sendo acompanhados pela Fundação de Saúde do Município. 

De acordo com a prefeitura, o município já tem 2.743 pacientes recuperados da covid-19.

A cidade já realizou mais de 20 mil testes rápido desde o início da pandemia. O Município ampliou o número de pontos de testagem e, atualmente, o exame já está disponível em mais de 50 locais. Há, inclusive, a opção de teste por sistema drive-thru, em três regiões diferentes da cidade.

 

 

Auxílio concede R$ 500, por três meses, para todos que estão regularizados na Subsecretaria Municipal de Transportes

A Prefeitura de Niterói reabre nesta segunda-feira (15), as inscrições para taxistas e motoristas e auxiliares de transporte escolar que perderam a primeira fase de cadastro do Programa Taxista Amigo, que concede um benefício de R$ 500, por três meses, para todos que estão regularizados na Subsecretaria Municipal de Transportes. A inscrição poderá ser feita no site da Secretaria Municipal de Fazenda.

Em maio, a secretária municipal de Fazenda, Giovanna Victer, informou que 1.857 taxistas, permissionários, motoristas de van e auxiliares já tinham feito suas inscrições no Programa Taxista Amigo. Destes, 1.011 receberam a primeira parcela no dia 29 de abril. Em 309, foram registradas inconsistências de informações bancárias. Para estes, a Secretaria de Fazenda de Niterói (SMF) enviou um e-mail para que eles acessem novamente o sistema e façam a correção das informações para receber o depósito. Em 507 contas, todas da Caixa Econômica Federal, houve um problema por incompatibilidade no sistema da instituição bancária, que já foram solucionados. 

Prefeitura de Niterói alerta que o banho de mar e aglomeração nas areias das praias ainda continuam proibidos - Foto: Divulgação

Durante o feriadão, a Prefeitura de Niterói reforça que banhos no mar e aglomeração na areia das praias seguem proibidos. Apesar dos dias bonitos de sol, a prefeitura pede que os niteroienses não se aglomerem nas praias. 

Niterói foi a primeira cidade no Brasil a interditar o acesso às praias no início da pandemia da covid-19. Ainda em março, o prefeito Rodrigo Neves fechou todas as praias com o intuito de frear a disseminação da doença entre os niteroienses. 

Com a implementação do plano de transição para o novo normal - iniciado no dia 21 de maio -, a Prefeitura de Niterói liberou a prática de exercícios físicos individuais na orla com rodízio de horários. Para isso, todos devem permanecer durante a atividade com máscaras de proteção, sob multa de R$ 180. O banho de mar e a permanência na areia não estão permitidos. 

No início do mês, o prefeito precisou interditar as praias da Região Oceânica por incidências de aglomeração. Segundo Rodrigo, algumas pessoas estavam usando as areias das praias como área de lazer, o que não é permitido. "Não podemos perder o controle sobre essa pandemia", disse Neves.

Na última quinta-feira (11), feriado de Corpus Christi, Rodrigo Neves elogiou, em uma rede social, a postura da população em adotar as medidas propostas pelo plano de transição gradual para um novo normal. 

"Os niteroienses estão conseguindo o que parecia impossível: com civilidade, educação e consciência estamos conseguindo achatar a curva do coronavírus. Com o Plano de Transição Gradual para um Novo Normal regulamentamos as atividades físicas pela manhã e à tarde/noite. Neste momento, praias vazias!", disse Neves. 

Como alternativa para manter o isolamento social, a Prefeitura de Niterói resolveu antecipar os feriados municipais de 24 de junho, São João, e 22 de novembro, aniversário da cidade, para a próxima segunda (15) e terça-feira (16), respectivamente. O Executivo reforça que é ainda mais importante que as pessoas fiquem em casa para que a cidade continue com os altos índices de isolamento durante a pandemia do novo coronavírus.

Durante a semana, Rodrigo Neves anunciou que a prefeitura já projeta a mudança de estágio da flexibilização na cidade. O prefeito afirmou que está confiante com os resultados obtidos e que em breve a cidade poderá ter o afrouxamento para novas atividades. No momento, a cidade segue no estágio laranja (atenção máxima).

Rio de Janeiro 

Com as medidas de flexibilização dos decretos assinados pelo governador Wilson Witzel e o prefeito Marcelo Crivella, a movimentação no Rio tem aumentado consideravelmente. Na manhã desta sexta-feira (12), cariocas se aglomeravam nas praias, apesar das proibições da permanência na areia e do banho no mar. Durante o feriado de Corpus Christi, que registou temperaturas altas, muitas pessoas se exercitavam na areia, desrespeitando também a determinação de permanecer a 2 metros de distância.

 

Ao todo, a cidade registra 4.009 casos confirmados da doença - Foto: Marcelo Feitosa

Niterói registra 163 óbitos por coronavírus segundo boletim divulgado na noite deste domingo (14). Ao todo, a cidade registra 4.009 casos confirmados da doença e 928 pessoas em isolamento domiciliar sendo acompanhados pela Fundação de Saúde do Município. 

De acordo com a prefeitura, o município já tem 2.795 pacientes recuperados da covid-19.

A cidade já realizou mais de 20 mil testes rápido desde o início da pandemia. O Município ampliou o número de pontos de testagem e, atualmente, o exame já está disponível em mais de 50 locais. Há, inclusive, a opção de teste por sistema drive-thru, em três regiões diferentes da cid

Na segunda-feira (15), Prefeitura reabre inscrições para taxistas e motoristas e auxiliares de transporte escolar no Programa Taxista Amigo. Recarga de cartões pré-pagos para famílias de alunos da rede municipal não inscritas no CadÚnico também começa no dia 15 - Foto: Divulgação

Mais de 20 mil testes rápidos para detectar a infecção por coronavírus foram realizados pela Prefeitura de Niterói. O trabalho de testagem começou em março, quando foram detectados os primeiros casos de Covid-19 cidade. O Município ampliou o número de pontos de testagem e, atualmente, o exame já está disponível em mais de 50 locais. Há, inclusive, a opção de teste por sistema drive-thru, em três regiões diferentes da cidade.

O secretário municipal de saúde, Rodrigo Oliveira, explicou durante vídeo ao vivo nas redes sociais da Prefeitura, na noite desta sexta-feira (12), que a testagem rápida tem gerado um quadro mais realista da propagação do coronavírus na cidade. Graças ao trabalho, de acordo com ele, está sendo possível conhecer o comportamento da Covid-19 e, dessa forma, a Fundação Municipal de Saúde (FMS) está estabelecendo estratégias mais efetivas no combate à doença.

O protocolo de testagem foi feito pela Prefeitura de Niterói em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a Universidade Federal Fluminense (UFF), e determina que o teste sorológico deva ser feito a partir do oitavo dia dos sintomas identificados pela equipe de atenção básica, através do programa Médico de Família.

O secretário destacou, também, a importância da testagem para montar um mapa da evolução da doença pela cidade, desde a faixa etária das pessoas que estão adoecendo até o bairro com maior grau de contaminação.

“Essa ação é fundamental para termos mais clareza de como está a curva de contaminação no município e acompanhar diariamente o plano de transição para o novo normal”, disse Rodrigo Oliveira.

 

Boletim – De acordo com o boletim epidemiológico divulgado nesta sexta-feira (12), Niterói tem 3.902 casos confirmados de Covid-19, com 962 em isolamento domiciliar sendo acompanhados pela Fundação de Saúde do Município. A cidade registra, até o momento, 159 óbitos e tem 2.658 pacientes recuperados.  

 

Programas sociais – Na segunda-feira (15), será feito o crédito referente ao mês de junho dos cartões pré-pagos para as famílias de alunos matriculados na rede municipal de ensino e que não estão inscritas no CadÚnico. De acordo com o cronograma elaborado a partir de ordem alfabética, no dia 15 será feita a recarga para quem tem a letra inicial do nome de A até J. Na terça-feira (16), será a vez daqueles com as iniciais de K até Z.

A secretária municipal de Planejamento, Orçamento e Modernização da Gestão (Seplag), Ellen Benedetti, informou que a entrega dos cartões pré-pagos para os pescadores artesanais será feita na terça-feira, na Secretaria Municipal de Ordem Pública, no Barreto. E os artesãos que não conseguiram realizar o cadastramento na primeira etapa receberão os cartões também no dia 16. Para estes profissionais, a entrega será realizada no Teatro Municipal de Niterói, no Centro.

 

Economia - A Prefeitura de Niterói vai reabrir, na próxima segunda-feira (15), as inscrições para taxistas e motoristas e auxiliares de transporte escolar que perderam a primeira fase de cadastro do Programa Taxista Amigo, que concede um benefício de R$ 500, por três meses, para todos que estão regularizados na Subsecretaria Municipal de Transportes. A inscrição poderá ser feita no site da Secretaria Municipal de Fazenda.  

 

Mais Artigos...

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.