27
Ter, Out

João Pedro: médico que atendeu jovem presta depoimento

DH quer entender dinamica do socorro ao adolescente - Foto: Reprodução

São Gonçalo
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

A Delegacia de Homicídios (DH) de Niterói continua colhendo depoimentos sobre a morte do jovem João Pedro Matos Pinto, que aconteceu no dia 18 de março, durante operação da Polícia Federal, com apoio da Civil, no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. Nesta segunda-feira (25), o médico que socorreu o menino é ouvido.

Segundo o delegado titular, Allan Duarte, o objetivo é entender a dinâmica do socorro ao jovem. João foi levado ao Grupamento de Ações Aéreas do Corpo de Bombeiros, na Lagoa, Zona Sul do Rio de Janeiro. Usualmente, feridos em ações policiais são socorridos no Hospital Estadual Alberto Torres (Heat), em São Gonçalo.

As armas de três policiais da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), que participaram da ação, que foram apreendidas pela DH, deverão ser periciadas ainda nesta semana. Os agentes envolvidos foram afastados temporariamente do serviço operacional.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.