24
Qui, Set

Abertura de hospital de campanha de SG é adiada após contaminação em invasão de deputado

Segundo o Iabas, entrada de Poubel e sua equipe contaminou o piso do hospital - Foto: Reprodução de Vídeo

São Gonçalo
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O hospital de campanha de São Gonçalo, que tinha funcionamento previsto para começar nesta quinta-feira (28), só abrirá na sexta (29). De acordo com a Instituto de Atenção Básica e Avançada à Saúde (Iabas), responsável pela construção e administração da unidade, foi detectada uma contaminação por piche no piso do hospital. O Iabas diz que a contaminação aconteceu porque a equipe do deputado Filippe Poubel (PSL) invadiu a unidade.

"O material foi levado até lá por seguranças do deputado Filippe Poubel, que pularam o muro para entrar na área e ameaçaram colaboradores. Devido a isso, o hospital terá que substituir uma parte do piso para evitar contaminação hospitalar", diz a nota do Iabas.

O deputado visitou o hospital de campanha na tarde desta quarta-feira (27). Acompanhado de seguranças armados, o parlamentar disse que o objetivo da visita era fiscalizar as obras e questionar o motivo dos atrasos na inauguração.

Em vídeos divulgados nas redes sociais, o deputado aparece discutindo com funcionários da unidade na porta do hospital. A entrada dele não foi autorizada, o que gerou confusão.

Nas imagens, Poubel xinga funcionários do Iabas, chamando de "ladrão" e de "merda", além de proferir outros palavrões.

"Quem vai encostar a mão em mim? Eu tenho prerrogativa, tenho imunidade. Eu estou aqui defendendo o dinheiro do povo", diz o deputado em um dos trechos do vídeo, enquanto é contido pela Polícia Militar.

Um dos seguranças do parlamentar ainda sacou a arma dentro do terreno.

O Iabas informou que registrará um boletim de ocorrência sobre as agressões e a posse indevida de armas.

Através de nota, a assessoria de imprensa de Filippe Poubel disse o seguinte:

"Não há credibilidade na informação passada por um instituto envolvido reiteradamente em casos de corrupção e desvio de dinheiro público. Portanto, não houve qualquer irregularidade no curso da fiscalização do deputado Filippe Poubel, que foi acompanhada o tempo todo pela PMERJ e transmitida ao vivo nas redes sociais do deputado para dar total transparência e evitar distorções. O vídeo na íntegra está disponível para a população".

 

 

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.