20
Ter, Out

Candidato apresentou suas propostas aos eleitores da região - Foto: Divulgação / Maria Costa

Capitão Nelson (Avante), candidato a prefeito de São Gonçalo, caminhou pela manhã deste domingo (11), na feira do Rocha, conhecida popularmente por seu famoso pastel com caldo de cana. Na ocasião, o prefeitável se reuniu com sua equipe e apoiadores, para apresentar suas propostas aos feirantes e pessoas que transitavam no local.

O evento teve início por volta das 10h30 da manhã e se estendeu até às 12h. Em seguida, ele se encaminhou para cumprir outros compromissos de sua agenda.

 

Candidato apresentou suas propostas de governo aos eleitores - Foto: Divulgação

As principais propostas de campanha do prefeito e candidato à reeleição à Prefeitura de São Gonçalo pela Coligação "Melhor o Certo do que o Duvidoso", José Luiz Nanci, percorreram as feiras livres dos bairros do Rocha, Alcântara e Neves na manhã deste domingo. Acompanhado por correligionários e candidatos a vereador, Nanci conversou com moradores da região, comerciantes e feirantes, enumerando os projetos que realizou nos últimos três anos e meio e pedindo mais um voto de confiança para continuar no comando da cidade por mais quatro anos. 


"O nosso trabalho neste momento, junto a dezenas de pessoas do bem que nos acompanha, é mostrar a população tudo o que fizemos nos últimos anos a frente da prefeitura. É um trabalho de formiguinha que vem sendo feito nos quatro cantos da cidade e que vem dando bom resultado. Boa parte da população hoje reconhece que fizemos muita coisa na cidade" garantiu o prefeito. 


Este foi o caso da dona de casa Jussara Monteiro, de 38 anos, moradora do Gradim. Atenta, ouviu todas explicações do prefeito e garantiu que não sabia nem da construção do Espaço do Autista a poucos da sua casa. "Não sabia mesmo. Acho que faltou divulgação nisso tudo. Mas gostei de ter conversado com o prefeito e vou dar outro voto de confiança a ele", assegurou. 


Em Neves, o assunto foi a Feira Nordestina construída pelo prefeito José Luiz Nanci. Uma terreno abandonado, que servia de vazadouro de lixo e entulho, deu lugar a uma grande área para lazer, gastronomia, entretenimento, cultura e Meio Ambiente. "Costumo dizer que trocamos o lixo pelo luxo. O espaço é sucesso de público, com pessoas vindas até de cidades vizinhas. Temos hoje em São Gonçalo cerca de 300 mil nordestinos, que sempre reivindicaram um espaço como este. Fico muito feliz em ter construído este local, que também gera empregos e renda para a nossa cidade", garantiu Nanci. 

Candidato se encontrou com eleitores nesta sexta-feira - Foto: Divulgação

Ampliar o programa de habitação em São Gonçalo foi o tema abordado na manhã desta sexta-feira (09) pelo prefeito e candidato à reeleição, José Luiz Nanci, durante caminhada no bairro Venda da Cruz. À noite o candidato teve encontro com lideranças evangélicas e comunitárias em três bairros.


Nanci lembrou que o déficit habitacional em São Gonçalo atinge cerca de 30 mil pessoas e que vem buscando recursos junto ao governo federal para a construção de novas moradias através do Programa Minha casa Minha Vida.


O candidato também lembrou da entrega de 1240 apartamentos, em 2017, no Residencial Venda da Cruz, localizado no antigo 3º Batalhão de Infantaria.  


“Essa foi uma conquista do povo gonçalense e me sinto muito honrado em ter feito parte disso. A prefeitura se fez presente também com a instalação de creche, escola, sala de leitura, núcleo de assistência social, unidade de saúde e a nova sede da Guarda Municipal no local”, afirmou o prefeito.


Todas as unidades são divididas em dois quartos, sala, banheiro, cozinha e área de serviço, com piso cerâmico em todos os ambientes. Além disso, atendendo às exigências de qualidade do “Minha Casa, Minha Vida”, os empreendimentos são equipados com infraestrutura completa, pavimentação, redes de água, esgotamento sanitário, drenagem e energia elétrica, segundo o prefeito.

 

Candidato ao Poder Executivo gonçalense rodou a cidade para captar votos neste sábado (10) - Foto: Maria Costa / Divulgação

Capitão Nelson (Avante), candidato à prefeitura de São Gonçalo, iniciou suas atividades políticas nas primeiras horas do dia. Neste sábado (10), por volta das 10h30, o prefeitável caminhou na rua da Feira, no bairro do Gradim, localizado próximo ao centro da cidade.
 
Na oportunidade, o ex-deputado estadual e vereador licenciado, percorreu por toda a extensão da via acompanhado de sua equipe e apoiadores. Durante o trajeto, ele apresentou suas propostas e conversou com os comerciantes e cidadãos que transitavam pelo local.
 
Entre as principais questões levantadas pelos população na região estão; problemas na área médica, ensino de qualidade e a falta de segurança. 
 
“A saúde e educação é o que mais estamos precisando, na cidade”, disse um morador.
 
Em contrapartida, o candidato ao Poder Executivo municipal disse a população o seu objetivo em melhorar a vida dos gonçalenses.
 
Ao término, por volta das 12h, o candidato seguiu rumo a sua residência. A tarde, ele se reuniu com apoiadores e moradores nos bairros da Trindade.
 
 
 

Dimas conversou com eleitores nesta quinta-feira - Foto: Divulgação

Além de se reunir com a equipe de campanha para traçar as atividades dos próximos dias, o candidato a prefeito da coligação "São Gonçalo Pode Mais", Dimas Gadelha, esteve nesta quinta nos bairros Maria Paula e Engenho do Roçado conversando com moradores. Dimas aproveitou para esclarecer como pretende enfrentar a questão da mobilidade urbana.

"Precisamos garantir mais mobilidade em São Gonçalo, implantar ciclovias, e também criar consórcios intermunicipais para ajudar a integrar as cidades da região de uma forma mais organizada. Vamos criar as 'rotas vermelhas' que serão trechos onde teremos ônibus gratuitos para transportar a população. Vamos criar para isso a empresa Municipal de Transportes, para reorganizar os fluxos e integrar melhor os bairros. Hoje a passagem da cidade é uma das mais caras do país e a gente precisa começar a mudar essa situação", explicou Dimas aos moradores.
 
Dimas conversou também com os comerciantes e se mostrou bastante satisfeito com a receptividade e prometeu uma gestão de planejamento e parcerias.
 
"Eu nunca fui vereador, deputado ou prefeito, mas eu tenho experiência de gestão pública e me especializei nessa área. O orçamento de São Gonçalo precisa de planejamento adequado. Eu sei que é possível, se cortar gastos e investir em prioridades dá para fazer muita coisa. O que não pode é a cidade ficar parada, estagnada. Eu e Marlos estamos assumindo o compromisso de buscar parcerias, projetos e recursos para São Gonçalo. Os governantes do estado e do governo federal precisam respeitar a nossa população. Somos a segunda cidade mais populosa do estado e merecemos muito mais investimentos", explicou o candidato que tem apoio dos prefeitos Fabiano Horta de Maricá e Rodrigo Neves, de Niterói.

Hospital Estadual Alberto Torres serviu de laboratório para a série - Foto: Divulgação

 A temporada especial da série Sob Pressão encerra terça-feira (13) à noite, na Rede Globo. Chamada de Plantão Covid em homenagem aos profissionais da saúde que atuaram e atuam na pandemia, esta edição especial da série foi gravada em estúdio com todos os cuidados sanitários exigidos pelo atual momento.
 
Mas as edições anteriores foram diferentes. Embora baseado no livro ‘Sob Pressão - A Rotina de Guerra de Um Médico Brasileiro’, o Hospital Estadual Alberto Torres, administrado pelo Ideas em São Gonçalo, serviu de referência para a produção e foi um dos locais para realização de laboratório (período em que os protagonistas observam na prática o papel que terão de viver na ficção), além de inspirar pelo menos uma das histórias da série.
“O Hospital Alberto Torres, em São Gonçalo, é uma referência”, disse à época do lançamento da primeira temporada, em 2017, o autor da série, o cineasta Jorge Furtado. O Alberto Torres foi um dos hospitais onde a atriz Marjorie Estiano fez laboratório para interpretar seu papel de cirurgiã-vascular. 
 
Durante o período de preparação, Marjorie acompanhou as emergências do Heat e do Hospital Municipal Miguel Couto, na Zona Sul do Rio, e ficou impressionada com a rotina da saúde pública brasileira, assim como a entrega dos profissionais da área. "O médico é quase um super-herói, ele não tem recurso nenhum para trabalhar. Ver aquilo no dia a dia é muito mais mobilizador, afeta muito mais do que quando você lê a respeito", comentou na época.
 
Todas as histórias dos pacientes que estão na série vieram de casos reais. Mas uma foi especial – e considerada a mais incrível – saiu do Hospital Alberto Torres: a de uma mulher com uma bala de fuzil no coração. "Aconteceu no Hospital Alberto Torres. Chegou uma mãe com uma criança de colo, elas tinham ficado no meio de uma troca de tiros. Ela se virou e recebeu um tiro na região axilar, entrou numa veia e foi migrando até o coração. Ela chegou, de fato, andando até o hospital. É um caso extraordinário até para a gente, é difícil entender", relatou o autor do livro que deu origem à série, o cirurgião Márcio Maranhão. A impressionante história de Apolônia, personagem interpretado pela atriz Zezé Motta na primeira temporada, que chega andando ao hospital com uma bala no coração foi contada por um ex-chefe do cirurgião. 
São histórias da vida e dos bastidores dos hospitais que inspiram a ficção e são verdadeiros show da vida e sucessos de audiência. Seus protagonistas – tanto da ficção e especialmente da vida real – merecem nossos aplausos.
 
 
 
 
ResponderEncaminhar

O prefeitável também esteve em seu comitê pela manhã, no bairro de Vista Alegre - Foto: Divulgação

Capitão Nelson (Avante), candidato a prefeito de São Gonçalo, reservou algumas horas do dia, nesta quinta-feira (8), para se reunir com funcionários de algumas empresas da cidade. O prefeitável também esteve em seu comitê pela manhã, no bairro de Vista Alegre.

Ao meio dia, o candidato ao Poder Executivo municipal visitou uma empresa em Guaxindiba. Na oportunidade, conversou com empresários e funcionários da fábrica. Por volta das 15h45, Capitão Nelson visitou outra empresa, desta vez no bairro do Rocha. Por lá, também se reuniu com funcionários.

“Segurança e desenvolvimento econômico são temas que estão ligados diretamente. Precisamos expandir o Programa Segurança Presente, que foi uma conquista que tive enquanto deputado estadual, em nosso município. Desta forma, iremos atrair investidores para a nossa São Gonçalo e, consequentemente, aumentar a arrecadação de nosso município”, disse Capitão Nelson, em conversa com empresários.

Durante a noite, o ex-deputado estadual e vereador licenciado participou de reuniões com moradores dos bairros de Nova Cidade, Brasilândia e Jardim Catarina. O dia de compromissos de Capitão Nelson terminou com corpo a corpo no bairro de Alcântara.

Uma das unidades iluminadas é a Clínica da Família do Mutondo - Foto: Divulgação

A Secretaria de Saúde de São Gonçalo iluminou unidades com a cor rosa para alertar para a prevenção do câncer de mama, segundo tipo de câncer que mais atinge as brasileiras. Uma das unidades iluminadas é a Clínica da Família do Mutondo, que funciona agora até às 20 horas.

De acordo com a subsecretária de Atenção Básica, Maria Auxiliadora Rodrigues, a ação faz parte da mobilização mundial do Outubro Rosa. “São Gonçalo não poderia ficar fora deste movimento. Nossa cidade tem um equipamento exclusivo para tratar da saúde da mulher, que é o Espaço Rosa, e este mês estaremos participando da abertura do 1º Centro de Oncologia na cidade”, ressalta.

O Movimento Outubro Rosa ocorre em todo o mundo. O nome remete à cor do laço que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades na prevenção da doença. Para chamar a atenção, monumentos, prédios públicos, pontes e teatros, entre outros, são iluminados de rosa.

Diagnóstico -- O câncer de mama ainda não pode ser prevenido, mas sim diagnosticado o mais cedo possível. Para isto recomenda-se que as mulheres conheçam seu corpo desde que apresentem o crescimento das mamas na adolescência. O autoexame das mamas, hoje em dia, deve ser chamado de autocuidado, e pode ser feito pelo menos uma vez ao mês.

Após os 40 anos, a mamografia começa a ser um exame importante para a detecção da doença e recomenda-se que seja feito pelo menos uma vez por ano.

Candidato seguiu sua agenda de campanha nesta quinta-feira - Foto: Divulgação

O candidato à prefeitura de São Gonçalo, Roberto Sales (PSD), fez gravações no Hospital da Mãe, no Colubandê, em São Gonçalo, que está com obras inacabadas.

"Quero acabar com essa covardia de só conseguir marcar exames e consultas com rapidez apenas quem conhece alguém na prefeitura ou algum político próximo. Saúde e segurança são prioridades em meu governo", disse.

Após gravações, fez duas lives, uma com tema em proteção animal  e outra voltada a questão de segurança pública em São Gonçalo.


Ao final, também contou  com o palestrante politico Fernando Melo, professor da primeira escola de conservadorismo no País, sobre os conservadores do município.

Candidato cumpriu mais um dia de campanha nesta sexta-feira - Foto: Divulgação

Dimas Gadelha do PT cumpriu a agenda de campanha desta sexta-feira, em caminhada pelo bairro do Rocha. Em conversa com os moradores, ele explicou o plano de governo e as 13 metas da gestão que incluem dobrar o número de vagas nas creches, garantir o ensino profissionalizante e oferecer bolsas de estudos para o ensino superior.


"Temos metas bem arrojadas. E garanto que será possível executá-las. Vamos dobrar o número de vagas nas creches e também vamos tratar com dignidade as creches conveniadas que passam sufoco pra receber, mesmo estando prestando um serviço que é de obrigatoriedade do governo municipal. Se as famílias tiverem local adequado para deixar seus filhos, principalmente as mães, vai aumentar a oportunidade de ir para o mercado de trabalho e ampliar a renda da família. Sem falar que as crianças desde cedo em contato com a aprendizagem também irão se desenvolver melhor nos estudos, aprendendo a ler mais cedo, por exemplo", explicou.


As metas do candidato da coligação "São Gonçalo Pode Mais", Dimas Gadelha que tem como vice-prefeito o advogado Marlos Costa, também prevêem a criação de Cinco mil vagas em cursos profissionalizantes e oferecer quatro mil bolsas de ensino superior para alunos das escolas públicas. São metas bem arrojadas, mas se a gente souber aplicar bem os recursos da Educação vai ser possível", garantiu afirmando que tem como exemplo os programas de ensino da cidade vizinha Maricá.

Candidato à reeleição teve dia intenso de campanha - Foto: Divulgação

O prefeito e candidato à reeleição à Prefeitura de São Gonçalo, José Luiz Nanci (Cidadania), levou as suas principais propostas para um segundo governo até os moradores e comerciantes do bairro Venda da Cruz na manhã desta quinta-feira (08). À tarde Nanci despachou na prefeitura e à noite participou de três reuniões com lideranças politicas.


Ao longo do canal que corta o bairro, Nanci garantiu que o município continuará fazendo a limpeza dos rios e seus afluentes, apesar do serviço ser uma obrigação do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), para evitar alagamentos e enchentes em dias de chuvas mais fortes.


 "Atuamos na limpeza dos rios, canais e afluentes que cortam toda a nossa cidade. Não podemos esperar pelo Governo do Estado, apesar de ser uma obrigação deles. Mas temos responsabilidade e sabemos que centenas de pessoas contam com este serviço para não sofrerem em dias de temporal" explicou Nanci.


O candidato destacou que o bairro ganhou uma escola, uma creche e uma sala de leitura, além de área de convivência com aparelhos de ginástica e uma Clínica da Família. Todos os equipamentos ficam juntos ao Condomínio Residencial Venda da Cruz, entregue à população pelo prefeito José Luiz Nanci em 2017.   

Mais Artigos...

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.