21
Qua, Out

Delegacia de Rio Bonito prende casal por tortura e cárcere privado da própria filha

Eles mantinham a vítima em cárcere privado e botavam panos nas janelas, para que ninguém os visse - Foto: Arquivo/Agência Brasil

Regiões
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

Policiais da 119ªDP (Rio Bonito) prenderam, nesta quarta-feira (10), um casal por tortura qualificada pela lesão corporal grave, cárcere privado e ameaça. A prisão aconteceu em Tanguá, Região Metropolitana do Rio de Janeiro.

De acordo com os agentes, a investigação concluiu que o homem instigava a própria companheira a agredir a filha dela, de 22 anos. Eles mantinham a vítima em cárcere privado e botavam panos nas janelas, para que ninguém os visse. Além disso, no momento das agressões, ligavam o som em volume alto para os vizinhos não ouvirem.

Ainda segundo os agentes, os criminosos também ameaçavam de morte o irmão da vítima, para que ele não denunciasse o fato a polícia. A vítima sofreu lesões na cabeça e nos joelhos e está hospitalizada. Contra os dois foi cumprido mandado de prisão pelos crimes.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.