19
Sáb, Set

Após 10 anos, Hospital São Judas Tadeu é reaberto em Itaboraí

Unidade, que estava fechada há dez anos, foi reaberta e está recebendo investimentos de R$ 40 milhões - Foto: Rogério Santana / Governo do RJ

Itaboraí
Typography
  • Smaller Small Medium Big Bigger
  • Default Helvetica Segoe Georgia Times

O governador Wilson Witzel inaugurou nesta segunda-feira (10) o Hospital São Judas Tadeu, em Itaboraí, com 30 leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), com respiradores, destinados ao tratamento de vítimas da covid-19. O hospital, que estava fechado há dez anos, foi reaberto mediante assinatura de um termo de cooperação entre Estado e prefeitura. O investimento é da ordem de R$ 40 milhões.

O hospital - que estava abandonado por apresentar problemas estruturais, elétricos e hidráulicos - foi totalmente revitalizado. A previsão é de que possa funcionar, em sua totalidade, com até 150 leitos, no fim deste ano.

"A unidade ficará como um legado para a população, o que é ainda mais importante pelo momento que estamos atravessando, de uma pandemia. Com os investimentos feitos, Itaboraí poderá ampliar o número de cirurgias eletivas e criar um grande complexo materno-infantil", afirmou o governador, que esteve no evento acompanhado dos secretários de Estado de Saúde, Alex Bousquet; e de Cidades, Juarez Fialho; além do prefeito da cidade, Dr. Sadinoel Souza.

Em seu discurso, o governador abordou ainda o êxito da política de isolamento social adotada no Estado do Rio de Janeiro:

"A Universidade de São Paulo divulgou estudo na sexta-feira (7) mostrando o Rio de Janeiro como um ponto azul no mapa do Brasil, com redução do número de mortos e de contágio pelo novo coronavírus. Enquanto isso, as regiões de Sul, Sudeste, Centro-Oeste e Nordeste estão como pontos vermelhos", disse.

Durante a cerimônia de inauguração, o prefeito agradeceu o empenho do governador.

"Wilson Witzel foi o governador que mais investiu no município de Itaboraí nos últimos 30 anos", explicou Dr. Sadinoel Souza, lembrando que os investimentos na cidade chegaram a R$ 200 milhões.

Segundo o secretário de Saúde de Itaboraí, Júlio Ambrósio, o hospital representa uma grande melhoria não só para o município, como para outras cidades da região, como Tanguá, Rio Bonito e Silva Jardim.

"Antes, só tínhamos o Hospital Desembargador Leal Junior, que já estava sobrecarregado e, por isso, é muito importante essa inauguração, com a abertura de leitos para Covid. Com isso, teremos a oportunidade de retomar as cirurgias", afirmou.

O hospital revitalizado terá os leitos regulados pelo Governo do Estado, que também repassou oito ambulâncias à prefeitura.

"O São Judas Tadeu vai ser uma importante unidade hospitalar para atendimento dos pacientes de Itaboraí e de toda a região. A primeira fase ficou excelente e agora vamos trabalhar em parceria com a prefeitura para concluir as obras do hospital", ressaltou o secretário de Estado de Saúde, Alex Bousquet.

O secretário de Estado de Cidades, Juarez Fialho, destacou a retomada dos investimentos na saúde da região.

"Após passar esse momento difícil de pandemia, o Hospital São Judas Tadeu terá três centros cirúrgicos e vai cuidar da retaguarda, permitindo que toda a rede de atendimento funcione de maneira mais efetiva", destacou Juarez Fialho.

Inscreva-se através do nosso serviço de assinatura de e-mail gratuito para receber notificações quando novas informações estiverem disponíveis.