Inverno, a estação do pôr do sol

No inverno, nuvens mais altas influenciam no resultado dos últimos raios de sol, colorindo o céu. A atmosfera está mais seca, o que também ajuda a induzir a formação da paleta de cores mais quentes - Foto: Divulgação/Giulia Paes Lemos

Niterói
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

Nesses dias de inverno o céu tem presenteado os niteroienses com belíssimos pores do sol, como este fotografado ontem de um prédio da UFF, no Gragoatá. Segundo meteorologistas, os dias mais frios, curtos e secos, com sol mais baixo e nuvens mais altas, além de menos radiação solar, oferecem as melhores condições para apreciar esses espetáculos da natureza, porque as cores do pôr do sol baseiam-se na forma como a luz entra e viaja pela atmosfera.

Partículas de poeira e poluição também ajudam a dispersar a luz solar, reduzindo a quantidade que chega ao solo. Com isso a intensidade das cores é menor, fazendo sobressair os tons mais quentes, como os vermelhos e os laranjas.