Aplicativo Mais Trabalho RJ já soma mais de 50 mil usuários

Ferramenta auxilia trabalhadores e empregadores no preenchimento de vagas de emprego - Foto: Divulgação

Rio de Janeiro
Tpografia
  • Mínimo Pequeno Médio Grande Gigante
  • Fonte Padrão Helvetica Segoe Georgia Times

O aplicativo Mais Trabalho RJ, do governo do estado, está completando seis meses com números bastante expressivos: 50.179 currículos cadastrados, entre os quais há 543 pessoas com deficiência. Mais de 20.000 vagas de emprego foram oferecidas por 923 empresas. Em vigor desde dezembro de 2021, a ferramenta se soma a outras iniciativas do Governo do Estado, visando diminuir o desemprego no Rio de Janeiro, melhorar a qualificação da população e aumentar as chances de novas oportunidades de trabalho.

De acordo com levantamento realizado pela Secretaria de Trabalho e Renda, desde ontem, estão sendo oferecidas 4.159 vagas, com destaque para as funções de vendedor de comércio varejista, atendente de lojas e mercados, operador de caixa, auxiliar de escritório, faxineiro, repositor de mercadorias, recepcionista em geral, estoquista, vendedor em domicílio e assistente administrativo.

Os municípios que mais tiveram currículos cadastrados nos últimos seis meses foram Rio de Janeiro, Volta Redonda, Barra Mansa, Araruama e Angra dos Reis. As vagas disponíveis no Mais Trabalho RJ são captadas por profissionais das Casas do Trabalhador, instaladas em diversos municípios das oito regiões do estado, e podem ser acessadas através do aplicativo.

Criado para atender a população fluminense em busca de inserção ou recolocação no mercado de trabalho, o Mais Trabalho RJ confere maior agilidade ao processo de intermediação de mão de obra. Encurta as distâncias entre quem procura e quem oferece oportunidades de emprego, utiliza a compatibilidade de perfis e um sistema de geolocalização, que busca oportunidades e candidatos próximos ao local da vaga e de residência.

Muitos são os casos de trabalhadores e empregadores que obtiveram sucesso no uso da ferramenta. A Casa do Trabalhador de Araruama tem como exemplo a história da Larissa Pillar, que vale a pena ser contada: deficiente auditiva, ela estava morando na rua com a família até que soube da inauguração da Casa do Trabalhador na cidade, na região das Baixadas Litorâneas do RJ. Ali ela obteve auxílio para utilizar o aplicativo, conquistou uma oportunidade de emprego e hoje trabalha como embaladora em um mercado local.

"Agradeço aos funcionários da Casa do Trabalhador que me ajudaram a conseguir esse emprego", comentou Larissa.

A ferramenta conta, ainda, com um time de profissionais capacitados para esclarecer possíveis dúvidas, de forma totalmente virtual. Esses agentes também fazem a busca ativa por trabalhadores que se encaixem no perfil desejado pelas empresas parceiras.

As vagas do Mais Trabalho RJ se somam às oportunidades de emprego oferecidas através do Sine RJ. Importante lembrar que os interessados devem manter seus currículos atualizados, de forma a aumentar suas chances de convocação.

Disponível em duas versões, uma que atende ao empregador e outra voltada para o trabalhador. Para quem ainda não conhece o Mais Trabalho RJ, basta consultar a loja de aplicativos do seu celular, baixar a versão indicada - trabalhador ou empresa - e realizar sua inscrição. É fácil, rápido e seguro.