NITERÓI/RJ
Min:   Max:
Panorama RJ

Por dentro das Casas Legislativas, por Lucas Schuenck. [email protected]

Mais de nove mil atendimentos

Em seis meses de trabalho, mais de nove mil atendimentos às mulheres no Estado do Rio foram feitos

Divulgação

Março é o mês da mulher, mas a Patrulha Maria da Penha - Guardiões da Vida da Polícia Militar, presente nos 92 municípios do Rio está e estará ao lado delas o ano inteiro. Já são seis meses de trabalho e os resultados são bastante positivos para garantir a proteção da mulher vítima de violência. Nesse período, já foram realizados mais de nove mil atendimentos no estado.

Segundo o balanço do primeiro semestre de atuação, foram feitas 7.055 fiscalizações de medidas protetivas, com 2.037 visitas de acompanhamento, domiciliar e assistência à mulher vítima. O total de mulheres inseridas no programa e acompanhadas através de Fiscalização de Medida Protetiva de Urgência é de 3.517. Foram efetuadas 88 prisões de autores de violência contra a mulher, a maior parte por descumprimento de medida protetiva.

A Região Metropolitana concentra o maior número de casos de violência contra mulher. O município de Magé registra o maior número de mulheres atendidas no período: 464. Apesar de ser alto, é na região da Tijuca, na cidade do Rio de Janeiro, atendido pelo 6º BPM, que se registra o menor número de atendimentos do estado todo: 193.

Na área do 4º CPA (Comando de Policiamento de Área), São Gonçalo (7º BPM) registrou 292 ocorrências. A Patrulha de Niterói (12º BPM) efetuou 290 atendimentos e 8 prisões no período. Já em Itaboraí (35º BPM) foram aplicadas 226 medidas protetivas de urgência e efetuadas 7 prisões. Na Região dos Lagos (25º BPM), só em Cabo Frio há registro de aplicação de 191 medidas protetivas e duas prisões.

O Rio de Janeiro foi o primeiro estado a implantar o programa completo. Em todos os batalhões de área e em 3 UPPs há equipes dedicadas para o atendimento.

"O principal objetivo do programa é evitar a reincidência dos casos de violência doméstica, evitando o feminicídio. Temos notado um número cada vez maior de vítimas que procuram o programa", destaca a major da Polícia Militar Cláudia Moraes, da Coordenadoria de Assuntos Estratégicos e coordenadora do programa Patrulha Maria da Penha.

ACRJ e BB em Niterói

A Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ) e o Banco do Brasil (BB) lançam em Niterói, nesta quarta (11), a campanha "Vem que dá", voltada para negociação de dívidas das empresas sediadas no estado fluminense. A ação conta com o apoio do Sebrae Rio e da Fecomércio. O acordo de cooperação técnica para a campanha foi assinado na última semana, na sede da ACRJ, pela presidente Angela Costa e o presidente do BB, Rubem Novaes.


Descontos de 92%

Durante a campanha, que vai até 27 de março, o BB vai oferecer propostas pré-aprovadas, com descontos de até 92% para liquidação à vista, de acordo com as condições do cliente e das operações de crédito. Também haverá possibilidade de pagamento a prazo em 36 prestações mensais fixas.


Palestras

Para divulgar as possibilidades de negociações serão realizadas palestras até o dia 17 deste mês. Os municípios que receberão a iniciativa serão Rio de Janeiro, Nova Friburgo, Petrópolis, Teresópolis, Duque de Caxias, Niterói, Volta Redonda, Três Rios, Itaperuna e Campos. No dia seguinte aos encontros, os empresários terão atendimento personalizado e agendado na entidade local onde foi realizada a palestra.


21 mil

Ao todo, 21 mil clientes PJ do Banco do Brasil estão aptos a participar das renegociações, que atenderão ainda sócios e coobrigados pessoa física para a negociação de suas dívidas.

Combate à tuberculose

O Estado do Rio terá uma Política Estadual de Controle e Eliminação da Tuberculose. É o que estabelece a Lei 8.746/2020, de autoria da deputada Martha Rocha (PDT), sancionada pelo governador Wilson Witzel. "O estado é o primeiro do Brasil em óbitos e em casos de tuberculose multirresistente. São 1044 novos casos a cada ano. Essa lei é de extrema importância, já que, no século XXI, a doença já está eliminada em muitos países", justifica a autora. Entre os objetivos da norma estão a redução da mortalidade e da transmissão da doença e a participação social na formulação de políticas públicas, além do incentivo à qualificação de profissionais especializados, entre outros.

45 PLs para as gonçalenses

O vereador Claudio Rocha (PSDB) apresentou 45 PLs voltados para o público feminino

O vereador Claudio Rocha (PSDB) apresentou 45 PLs voltados para o público feminino

Divulgação

O vereador gonçalense Claudio Rocha (PSDB) apresentou 45 projetos de leis voltados para as mulheres na noite da última segunda (9) durante realização de sessão solene no plenário da Câmara Municipal. O evento contou com a participação de profissionais femininas que atuam no município e trabalham para que as mulheres tenham seus direitos respeitados.

Capacitações em Niterói

O Senac Niterói lança novos cursos de qualificação profissional neste primeiro semestre nas áreas de gastronomia, saúde, hotelaria, idiomas e eventos. A maioria das aulas iniciam ainda em março. Entre as novidades, há turmas de culinária japonesa: sushi e sashimi, para quem busca uma especialização gastronômica; Inglês Básico 1, para quem precisa iniciar conhecimentos no idioma; organizador de eventos, para quem pretende trabalhar com festas, cerimoniais; entre outros.


Inscrições

Informações sobre valores e documentação podem ser obtidas no site www.rj.senac.br, pelo e-mail: [email protected], nos telefones (21) 3214-1717 ou WhatsApp (21) 99434-3546. As matrículas são realizadas diretamente na unidade.

Rubro-negras solidárias

O paciente Gabriel Ataíde aprovou a visita das jogadoras

O paciente Gabriel Ataíde aprovou a visita das jogadoras

Mauricio Bazilio/SES

Seis jogadoras do time feminino do Flamengo visitaram, na última segunda (9), pacientes mirins do Hospital Estadual da Criança (HEC), em Vila Valqueire, na Zona Oeste do Rio. O HEC, vinculado à Secretaria de Estado de Saúde, recebe casos de média e alta complexidade, oferecendo cirurgias gerais, ortopédicas e neurocirurgias, tratamentos oncológicos e transplantes hepáticos e renais.

Scroll To Top