NITERÓI/RJ
Min:   Max:

Afastamentona Baixada

A Câmara Municipal de Queimados aprovou, nesta terça-feira (8), o afastamento do prefeito Carlos Vilela de suas atribuições, por nove votos a favor, seis contrários e uma abstenção. Vilela está afastado pelo período de 180 dias, enquanto decorrerão as investigações que vão apurar o que motivou a falta de repasse de R$ 48 milhões ao PreviQueimados e da não cobrança de débitos do ISS de cinco empresas. O vencedor das últimas eleições pode ainda tentar uma medida judicial para tentar evitar o afastamento. A notícia parece ter surpreendido o prefeito do município da Baixada. Segundo a coluna de Berenice Seara, de O Extra, ele não sabia da existência de uma comissão processante neste sentido na Casa Legislativa.

Scroll To Top