NITERÓI/RJ
Min:   Max:

PF faz operação contra suposto plano de atentado ao presidente Bolsonaro

Um homem foi preso após postar vídeos e fotos em redes sociais mencionando o ataque

Presidente Jair Bolsonaro

Valter Campanato/Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) realizou uma operação neste domingo (1º) para apurar um suposto plano de atentado contra o presidente da República, Jair Bolsonaro. Segundo a PF foram cumpridos dois mandados judiciais de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal, após um suspeito ser preso na última sexta-feira. O plano teria sido postado em uma rede social. 

A operação deste domingo ocorreu em duas cidades de Minas Gerais: Três Corações e Alfenas. A investigação teve início após um homem ser preso, na última sexta-feira (29). Em uma rede social, ele postou vídeos e fotos, mencionando o suposto plano de atentando contra Bolsonaro.

No dia, o presidente estava visitando a Escola de Sargentos das Armas (ESA) de Três Corações, durante a solenidade de formatura do curso de sargentos. De acordo com a Polícia Federal, o suspeito preso trabalhava como terceirizado na ESA.

Ainda segundo a PF, o plano configura crime contra a segurança nacional e a pena varia de 3 a 10 anos de reclusão. A investigação tramita em segredo de Justiça. 

Scroll To Top